Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Dentista de urgência em Londres

Era meia-noite, tinha acabado de lavar os dentes e estava a passar com o fio dental quando sinto algo estranho - tinha-me caído a restauração de um dos dentes onde já tinha feito uma desvitalização. Resultado, um dente todo aberto 7 horas antes de eu ter que sair de casa para ir para o aeroporto apanhar o meu avião para Marrocos. 

 

O meu Inglês diz-me - olha, lá vais ter que ir ao dentista a Marrocos.  Ora claro que não estava cheia de vontade de ir tirar tempo das minhas poucas férias para ir tentar encontrar um dentista num país estranho onde nem tenho bem noção da qualidade dos profissionais da área dentária. Pesquisei no Google por 'urgency dentist London' e apareceu-me logo uma clínica em Baker Street que me atendeu imediatamente (também me parece ser a única com serviços a 24 horas por dia). 

 

Uma hora mais tarde, estava eu a ser atentida por esta dentista Portuguesa, muito simpática e atenciosa, de nome Juliana Brito, que foi a minha salvação naquele momento.

 

Pelas 2:30h, estava de volta em casa com o dente cheio, mas a carteira bem mais leve Custou-me um total com todos os custos da urgência, ser após meia-noite etc, etc, £850! Ouch!!! Acho que isto de abrir uma clínica dentária de 24horas é que é mesmo um muito bom negócio, porque o paciente numa situação desesperada não pode fazer mais nada senão aceitar o preço. Felizmente tenho seguro dentário, o que espero que me cubra pelo menos por metade da consulta, mas mesmo assim, é caríssimo. De qualquer forma, olhem, é melhor do que ficar com o dente aberto e ter tempo de aparecerem infeções, por isso ao menos houve uma hipótese. 

Estás confortável na tua secretária em pé?

No outro dia um dos meus colegas decide optar por fazer umas mudanças na secretária dele. - "I'm doing my standing desk" - diz ele. Fiquei sem perceber muito bem o que é que ele queria dizer com aquilo, até ao momento em que ele terminou as suas mudanças e continuou a trabalhar. Foi este o resultado:

 

Standing desk
Pois, tal como o nome indicava, ele criou uma secretária onde pode estar a trabalhar de pé. O objectivo? Razões de saúde e fitness, diz ele. Aparentemente esta é a nova moda dos escritórios pelo mundo que surgiu como forma de evitar a vida sedentária que tantos levamos. De acordo com o website Smithsonian, os benefícios de utilizar uma secretária de pé são os seguintes:
  • Reduzir o risco de obesidade
  • Reduzir a possibilidade de terem diabetes tipo II e outros problemas de metabolismo
  • Reduzir o risco de doenças cardiovasculares
  • Reduzir o risco de cancro
  • Aumentar a esperança média de vida

OK, essas podem ser todas boas razões, e claro que todos sabemos que nāo é positivo levarmos uma vida sedentária, mas daí a passar o dia a trabalhar levantado? Então eu que tenho que escrever imenso durante o meu trabalho, estar para ali a teclar de pé? E depois não estás bem de pé de um lado, e tens que passar o peso para a outra perna. Essa coisa de passar todo o peso do corpo para uma das pernas durante horas também não pode ser bom. É como estar a pedir para que apareçam varizes nas pernas. Que tal, comer-se comida saudável, fazer corridas, ir ao ginásio, trocar o carro por transportes e caminhadas? Não? Bem, cada um com a sua, mas a mim é que não me apanham numa secretária de pé como situação permanente.