Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Mas será que esta tralha toda nao tem fim?

Desde segunda-feira que ando a fazer malas. Uma média de 2 horas a fazer malas por noite e não é que ainda me falta metade do roupeiro, metade da cómoda, as coisas da casa de banho e da cozinha? Uff! Tenho malas e malas, sacos e sacos e mesmo assim ainda não está tudo empacotado para o dia das mudanças amanha.

 

E o pior é que 70% das coisas todas que tenho, raramente ou nunca uso! Mas porque é que eu guardo tudo??? É que cada vez que encontro algo que não uso 'a muito tempo - "ah, mas isto tem esta cor, que fica bem se eu usar com aquela saia". Ou "estes colares comprei-os para uma festa de máscaras por isso é melhor ficar com eles que assim numa próxima festa semelhante já nao preciso voltar a comprar" ou "estes sapatos preciso para quando for a uma gala" (que quase nunca vou e da ultima vez que fui tive que comprar uns 'a ultima da hora numa loja de caridade de qualquer maneira, portanto, mesmo que os tenha guardados em casa, só me servem para ocupar espaço).

 

Mas desta vez tenho feito mesmo um esforço para me livrar do máximo possível. Ainda mais como o novo apartamento vai ser bem mais pequeno que a casa actual, não tenho muita opção senão dar muitas das minhas coisas para caridade. 

 

E o problema de fazer esta escolha acerca do que deixar para trás é que também passo imenso tempo a olhar para cada coisa. Há coisas que guardei que me deixam muito nostálgica, e perco imenso tempo a olhar para elas e a pensar no ontem em vez de efectivamente andar a empacotar coisas.

 

Enfim, mas não deixa de ser giro olhar para essas coisas que me fazem lembrar determinados momentos - essas sim vale a pena guardar - o pedaço de papel em que tinha escrito a morada do Stefan (meu amigo de Erasmus) em Tower Bridge, que foi o primeiro local onde morei (durante 2 semanas) quando vim morar de vez para Londres; a agenda onde tinha as marcações das minhas entrevistas de emprego, de actividades a fazer num dos meus empregos e datas de house parties,...

 

Bem, agora só faltam as últimas arrumações e amanha lá chamamos uma quantidade de amigos para nos virem ajudar com a mudança. Com temperaturas máximas de 4C amanha e possibilidades de chuva nao me parece ser o dia mais agradável para mudanças mas, pode ser que com a ajuda deles tudo se faca relativamente rápido.

2ª mudança de casa em 3 meses.

Finalmente, é amanhã que vou poder sair deste apartamento para a nova casa. Mas já quase que não ía ser amanhã. Isto claro, porque com o azar que eu tenho tido, as coisas não se resolveram de forma nada fácil também para esta nova casa.

O problema foi mesmo com a agência imobiliária que, inicalmente tinha-nos mentido relativamente à mobília que ía ficar na casa (que afinal muita não fica) mas o pior foi mesmo nesta quarta-feira quando fomos à agência para assinar o contrato e, uma vez lá, descobrimos que existe uma cláusula da qual não tinhamos ideia anteriormente. Já sábiamos que o contrato era suposto ter a duração de 16 meses, mas o que o agente me tinha dito era que se quizessemos sair antes bastava encontrar novos substitutos e estava o assunto resolvido. Mas afinal não é bem assim. O facto é que se ambos decidirmos sair da casa antes do fim dos 16 meses teremos que pagar 10% do restante que falta de renda até ao final do contrato. Oquê???? 10%?? Devem estar mas é doidos se pensam que eu alguma vez ía aceitar uma cláusula dessas. Resultado, saimos da agência sem assinar nada e ficou a promessa de que o agente ía falar com o senhorio e resolver o assunto. Escusado será dizer que para resolver o assunto tive que andar a trocar imensos mails e telefonemas com o agente que o homem não queria ceder nem por nada. Como estavamos a ver a coisa mal parada achamos por bem recorrer a um plano B e recomeçar à procura de nova casa em casa do outro senhorio não concordar em retirar a cláusula dos 10%. Ora lá andei eu novamente, 2 dias antes da data em que era suposto mudar-me (e isto já tendo encontrado a casa à mais de 1 mês) novamente a ver casas. Também acho que isto é preciso ter um azar impressionante! 

Felizmente hoje (sexta-feira) o agente lá percebeu que eu estava a falar a sério quando disse que não ía assinar o contrato se não retirasse aquela cláusula, e lá surgiu com uma nova alternativa, à qual nós concordámos. 

Lá fomos assinar finalmente o contrato à agência ao fim do dia, e desde as 19h até às 23h entreti-me a fazer as malas. Pior que tudo - as malas ainda não estão totalmente feitas. É impressionante a quantidade de coisas que eu consegui enfiar dentro deste pequeno quarto. 

Bem amanhã lá vou para a minha nova casinha. Estou tão entusiasmada finalmente!! grande diferença com a minha última mudança de casa à 3 meses atrás. Tinha passado parte da noite anterior ao dia da mudança no jardim a relembrar os bons momentos passados naquela casa durante o primeiro ano em que lá estive. Que pena que as coisas não continuaram a correr assim, mas sem dúvida que as boas lembranças foram mesmo muito boas. Senti uma grande nostálgia ao deixar aquela casa e um certo vazio ao chegar a esta nova onde não conhecia quem cá morava.

Hoje o cenário é totalmente oposto. Se me lembrar de experiências desta casa, à excepção de algumas noites de longas conversas com o Michael, de restante só tenho más lembranças deste apartamento.

Agora neste novo apartamento o único problema vai ser mesmo a falta de internet durante pelo menos as duas primeiras semanas :-S Vou vendo mails e talvez dê para postar alguns textos escritos na noite anterior quando eu estiver no trabalho, mas de certeza que vou sentir a falta da internet estas duas semanas. Também de certeza que só me vai fazer bem. A ver se leio mais livros em vez de passar as noites enfiada em frente ao portátil.   

Nova saga da busca ao "housemate"

Em finais de Novembro já tinha andado à procura de uma nova pessoa para morar cá em casa para substituir o Austriaco no.2 que se mudou para Hackney (uma zona má de Londres) nessa altura. Encontramos o Richard, 34 anitos que mais parece ter 25, grande rapagão que está mesmo no quarto da frente junto à porta de entrada  o que acho perfeito para proteger a casa.

 

Nessa mesma altura em que o Alois decidiu mudar-se, o Anthony tinha dito que também ía sair já que ía comprar casa com a namorada. E comprou,.. quando voltei de férias de natal ele já não estava mais cá a viver em casa. Então claro que temos andado deste então à procura de um novo housemate para o substituir. Mas como se isso não chegasse, caiu-me uma bomba em cima - a minha housemate Irlandesa, a Mags, também disse que se ía mudar já que vai haver um quarto vago em Fevereiro na casa de uma amiga dela e por isso vai aproveitar para se mudar para lá.

 

Isto é assim, de repente parece que toda a gente se quer mudar cá de casa, mas isto não é por acaso, tem uma razão muito específica, e essa razão chama-se STEFAN, o Austriaco no.1 que, quiça terá algum laço familiar com Hitler.

 

É que parecendo que não, é sempre ele a arranjar as discussões todas. É sempre ele a discordar com tudo, tem que sempre ser tudo à maneira dele, e é preciso estar ali a bater o pé com ele para o rapaz ouvir. Nem sei como já ando há dois anos e meio a viver no mesmo espaço com ele, já que o rapaz tem mesmo uma atitude muito má, grande parte das vezes.

 

Já na casa onde moravamos anteriormente com mais uma rapariga, quando saimos da casa ela disse que não queria mais morar com ele. E tinha ela muita razão! O que vale é que já estou tão habituada a lidar com aquela peste que qualquer coisa que ele me diga com que eu não concorde, não lhe satisfaço a vontade de forma nenhuma. Ele pode ser muito teimoso mas eu também sou. Nem sei como é que a namorada o atura mas também ela é um bocado amalucada por vezes, por isso lá se devem entender. O que lhe vale é que o rapaz é giro que senão acho que nem a namorada o aturava.

 

Bem, mas já desperdicei muito tempo a falar do Austriaco, o que interessa é mesmo que com estas mudanças vai parecer que vou estar a viver num local completamente diferente com estes novos housemates. Para o quarto do Anthony já arranjamos substituto. Chama-se Jonathan e é um Inglês estagiário de 24 anos. De todo o pessoal que vimos (e vimos muita gente que estes anúncios do Gumtree.com funcionam sempre que é uma maravilha) ele foi o que teve a concordância geral entre mim, o Stefan, a namorada Americana dele (Kerrie) e o Richard. Por acaso tive pena que até tive aqui um Português a ver o quarto e o rapaz pareceu-me muito porreirinho. Acabadinho de chegar do norte de Portugal veiu cá fazer um estágio em Psicologia. Ele era mesmo o tipo de tuga assim com barbicha, mesmo típico do pessoal de psicologia, com quem eu iria beber um copo ao Bairro Alto, assim do género calmo e simpático. Claro que eu consigo tirar-lhe logo a pinta porque ele é Português e assim as coisas tornam-se muito mais fáceis para mim. Soube imediatamente que era boa pessoa e que se ía dar bem conosco. O Richard também concordou comigo, e o Stefan até que gostou do rapaz, mas a parvalhona da Americana virada para o lava loiças, de costas para mim já que não me queria dar a cara, disse que não gostou muito dele. Estúpida! Não deve ter gostado do facto dele ter a barbicha, se calhar achou-o parecido com um muçulmano (eles acham sempre isso dos homens com barba) ou assim e teve medo que a fosse atacar. É mesmo parvinha a miúda, coitada. Claro que o Stefan depois já estava mais do lado dela e a dizer "ah, e tal, ele não tem um emprego, está só a estagiar. Depois não consegue pagar as contas e é um problema,..." Enfim, lá se foi a minha hipótese de morar com um Tuga cá em casa. Conclusão, acabamos por ficar com o Jonathan que se vai mudar no próximo fim-de-semana.

 

Entretanto como tivemos tanta procura decidimos anunciar o quarto da Mags ao mesmo tempo e assim também já tivemos candidatas a mudar-se cá para casa em finais de Fevereiro. Já reduzimos a lista a 3 candidatas e em princípio no fim-de-semana iremos escolher entre uma delas.

 

É trabalho árduo ver tantas pessoas, mas também se conhecem umas personagens interessantes. A mais característica que nos calhou desta vez foi mesmo a primeira rapariga que veiu ver o quarto. Chegou vestida de casaco justinho de cabedal, leggings (collants sem pé que agora se usa muito mas não sei o nome em Português) e botas por cima dos leggings. 50kg de maquilhagem na cara e pelo menos umas 20 sessões de solário nas últimas três semanas. Mas com um corpito muito jeitoso e muito bonita. Sem dúvida que era simpática, isso não se questiona, mas talvez fosse também exageradamente estrovertida, exageradamente excitada e tudo mais. Começou logo a contar-nos como naquele dia tinha passado o dia todo na televisão. Pois, porque ela tinha-me dito ao telefone que era actriz. Então perguntamos-lhe para que programa, e ela disse que estava na Nuts TV. Para quem não sabe o que é a Nuts TV, estão a ver aquele programa que costumava dar na televisão Portuguesa chamado "Nuticias"? Pronto, é do mesmo género. Para quem não conhece o Nuticias, estão a ver a Playboy?......

 

Claro que o Stefan arrebitou logo a orelhinha e adorou a novidade. Principalmente quando ela disse que tinha uma amiga que também estava à procura de um quarto e por isso até podiam ficar as duas cá em casa já que íam haver 2 quartos vagos. Depois de ela sair ainda encontrou o Richard lá fora que estava a acabar de chegar que também ficou mais que contente com a ideia de ter duas actrizes da Nuts TV a viver na mesma casa que ele.

 

Resultado, no dia seguinte aparentemente o Stefan disse a toda a gente no atelier que tinha uma rapariga da Nuts TV a querer ir morar com ele; já o Richard, andou a ver videos da Nuts TV com um colega que passou a tarde a dizer que quer começar a frequentar a nossa casa, e quando o Anthony soube também disse que queria voltar a morar cá em casa.

 

Homens!!! Cada um pior que o outro! Claro que nesta situação eu e a Americana unimos forças e "NO WAY" que aquela rapariga ía voltar a pôr os pés cá em casa! Escusado será dizer que apesar de já termos escolhido o Jonathan, eles ainda mencionam de vez em quando em como gostavam que a rapariga do Nuts viesse ficar com o segundo quarto já que ela era "tão simpática".

 

Com tudo isto os últimos dias têm sido um stress, mas finalmente já estamos a chegar ao final de mais uma saga da procura aos housemates. O Stefan parece que também já anda mais calminho ultimamente. Segundo parece, ele está muito contente por o Anthony e a Mags mudarem de casa, até porque assim ele vai poder ir para o quarto grande com a namorada. E eu vou mudar para o quarto do Stefan que foi o que eu sempre quiz, que tem as duas janelas para o jardim. Muito bom mesmo

 

A casa, lentamente vai ficando mais calma e agora com novo pessoal e mudança de quartos também vamos ter como que uma lufada de ar fresco na casa, o que acho que vai fazer com que o pessoalmente esteja mais animado novamente. Veremos,...