Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

E já lá vão 2 anos

Vão 2 anos que me mudei para esta casa. Em celebração, fiz uma refeição completa de 3 pratos, abri o Prosecco e enviei uma mensagem congratulatória ao grupo de Facebook que tenho com os meus vizinhos do prédio, visto que, na sua larga maioria, terão todos se mudado para os respectivos apartamentos na mesma altura que eu, já que o edifício era novo, e que saiba, ainda ninguém vendeu o seu apartamento. Acho que eles apreciaram a mensagem positiva já que, é um facto, que cada vez que comunicamos através do grupo, é geralmente para nos queixarmos de algum problema que a associação que trata do edifício ainda não resolveu. Mas problemas à parte, estamos num edifício bem localizado, onde podemos ir a pé para imensas zonas muito interessantes, e o apartamento possibilita o espaço e condições necessárias para me sentir confortável. Não há razões para me queixar. OK, talvez não me importasse se não tivesse que ver o apartamento dos vizinhos do edifício oposto ao meu, e por isso conhecer um pouco mais deles do que aquilo que gostaria, mas tudo bem. Já estou habituada. 

 

Aqui fica em celebração de mais um ano nesta casa. 

IMG_6188.JPG

 

1º Aniversário na nova casa

Mal posso acreditar que já passou um ano desde que me mudei para o meu apartamento. Há exactamente um ano atrás, por esta hora (20:30h) estava eu no IKEA de Edmonton duvidosa sobre as várias opções de mobílias que tinha visto, com o meu namorado chateado a dizer que eu me tinha que despachar que já estava mais que farto de estar ali  Claro que acabei de sair de lá só mesmo quando fecharam a loja e nos mandaram embora, mas saí sem tudo aquilo que queria e, com a pressa, ainda acabei por trazer umas coisas de que mais tarde me arrependi. 

 

Eventualmente aos poucos e poucos lá fui encontrando as coisas que queria e hoje, um ano mais tarde, sinto-me confortável nesta casa e consegui decorá-la da forma que mais ou menos imaginei ao início. No entanto, ainda não está tudo. Faltam principalmente alguns quadros na parede e um tapete para a sala, mas tenho que ter uma nova onda de energia para voltar a andar à procura deles. 

 

Mantenho-me contente com a decisão de ter comprado em 'shared ownership' e recomendo para quem está na dúvida se essa será uma boa opção. No meu caso ainda não vi qualquer factor negativo relativamente a ter comprado em 'shared ownership' em vez de por inteiro, e bem sei que é uma dúvida que balança muitas pessoas, quando se encontram na fase de comprar casa. Valorizo tanto a localização que tenho a certeza que não iria ter gostado tanto de viver numa casa equivalente mas que fosse totalmente minha, numa zona mais distante onde o valor total da casa fosse mais alcançavel para mim. 

 

No primeiro dia em que fui buscar as chaves e entrei no meu apartamento pela primeira vez, sentei-me no chão da varanda com uma garrafita de vinho branco. 

nova-casa-celebrar.JPG

Um ano depois, estou a celebrar na mesma varanda com um copo de gin e tónico, com a diferença que desta vez já não me tenho que sentar no chão.

1-aniversario-casa.JPG

 

Quem quer pagar 1300€ por mês por um pequeno T0 em Londres?

Hoje uma colega minha veiu ter comigo e perguntou-me se eu não me importava de ir com ela à assinatura do contrato de arrendamento do seu novo apartamento para fazer de testemunha, já que este era um requisito do senhorio. Eu claro que disse que não me importava e la fui eu encontrar-me com ela perto da estação de Vauxhall (por sinal esta é uma das zonas onde existe uma comunidade Portuguesa em Londres) para irmos lá à sua nova casa.

 

Ela já andava à procura de casa à quase dois meses e estava a ser extremamente dificil de encontrar algum sítio minimamente razoável e dentro de um preço aceitavel. Sim, é que ela já andava a viver à 1 ano num apartamento com 10 outras pessoas onde estava a alugar um quarto com a irmã e a pagar o balurdio de cerca de 800€ por mês!!!! E isto só a alugar o quarto, já que tudo o resto (pequena cozinha e casa de banho) era partilhado com as restantes pessoas da casa). Bem, aquilo devis ser uma balburdia. Enfim,se for para estudantes até é engraçado. Eu também quando era estudante queria era estar com muita gente e sempre em festa. Mas agora já a trabalhar e ainda ter que tar a viver com tanta gente, epá isso é que não é nada agradavel. Ainda mais pagando esse balurdio! Sim, até está dentro dos preços normais de Londres, mas não quando se está a viver naquelas condiçoes!

 

Bem, ela lá percebeu que aquilo viver assim não era nada boa ideia e decidiu ir procurar novo apartamento. Desta vez queria um apartamento de um quarto onde só ela e a irmã íam viver. Procurava por tudo o quanto era lado, quer dizer, também ela quer viver entre a zona 1 e 2 de Londres, ou seja, as zonas mais centrais de Londres, por isso claro que isso não ía ajudar nada no preço. Muito pelo contrário! E ela bem verificou isso, principalmente porque queria viver na zona norte do Tamisa, ou seja, relativamente mais segura e onde existem zonas melhores em termos de aspecto até das ruas, das casas, etc do que no sul. Portanto, também por isso a zona norte fica mais cara. 

 

Parece incrivel ospreços que pequenos apartamentos ou até pequenos estúdios conseguem atingir nestas zonas de Londres, mas por mais feio que fosse o pequeno apartamento ela não conseguiu encontrar nada abaixo das £240 por semana, ou seja, 355€ POR SEMANA!

 

Estava ela um dia a falar-me dos seus azares na procura por nova casa quando eu lhe sugeri para procurar em Vauxhall. É que Vauxhall ao menos continua na zona 1 do metro, logo bastante central. é imediatamente a sul to Tamisa logo, ainda tem influências do norte, não é uma zona muito perigosa, até tem grandes supermercados ali perto, bares, bons restaurantes Portugueses e tudo o que precisa ali ao pé, por isso a localização até é bastante boa e é definitivamente mais barato. Ela lá seguiu o meu conselho e fez uma pesquisa pela internet e o primeiro apartamento que viu anunciado em Vauxhall foi aquele que foi assinar contrato hoje comigo como sua testemunha.

 

O apartamento é grande o suficiente para as duas e até tem uma sala espaçosa. Talvez a decoração não seja das melhores, mas isso sempre se pode melhorar e ao menos fica pela módica quantia de cerca de 1300€ por mês. :-P Uma pechincha, heim? mas enfim, a dividir pelas duas irmãs fica menos mal. O pior é quando de facto é alugado a uma pessoa só! Isso é que deve ser complicado! E esta valor em libras chega a às 900 e tal, logo não soa tao mal como quando se pensa em Euros.

 

Resumo do blog de hoje para quem estiver interessado em procurar casa em Londres: pense duas vezes e se à segunda vez ainda quizer vir morar para cá que não tenha problemas de ir morar para as zonas 3, 4, 5 e 6 de Londres, porque a distância ao centro pode ser bastante mas o preço que se poupa na habitação compensa muitas vezes.