Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Os últimos preparativos para o casamento

Tenho estado já quase duas semanas sem escrever um post porque, enfim, vou-me casar, e isto dá muito mais trabalho de organizar do que aquilo que eu esperava. OK, eu sabia que ia dar trabalho, mas eu já tinha as coisas importantes bem encaminhadas. Mesmo assim, há sempre algo que falta, sempre algum e-mail que tenho que escrever, alguma folha de excel que tenho que preencher, algum convidado com dúvidas a que tenho que responder. Acho que só vai parar mesmo daqui a uma semana quando estiver na minha mini-lua de mel e já toda a festa tiver terminado. 

Com todas as coisas que foram acontecendo durante a minha preparação para o casamento, eu ate que tinha imenso material para uns posts interessantes que poderiam vir a ser úteis para outras noivas, mas não tenho tido o tempo e agora o dia já está quase a chegar! Por isso vou antes sumarizar-vos o que se tem passado:

 

Os convidados

Houve pessoas que estavam à espera de ser convidadas para o casamento e não foram. E as pessoas têm que perceber e aceitar a nossa decisão. Tive o caso de que pessoas que assumiram que iam ser convidadas e começaram a fazer comentários como 'onde vamos à despedida de solteira' e falar sobre como sempre quizeram ir a Portugal etc. - Ahhhh isso não se faz! Até achei um pouco mal-educado fazerem esse tipo de insinuações mas eu quero ter no meu casamento os meus amigos e amigos do meu noivo, não quero ter os amigos dos amigos. Fez-me sentir um pouco mal, sem dúvida, porque imagino que essas pessoas também tenham ficado um bocado sentidas, mas este é um dia único e é importante sentirmos o amor das pessoas à nossa volta, e não ter aquela sensação que estamos a actuar para uma audiência. 

 

O vestido

No dia em que comprei o vestido, eu chorei de alegria de tão emocionada que estava por o ter encontrado. O problema é que devia ter deixado de seguir designers de vestidos de noiva no Instagram e afins - fica a dica! Isto porque ao continuar a ver vestidos de noiva a torto e a direito, claro que haveria de ver alguns mais bonitos do que o meu. Vi um, vi dois, vi três,... até que comecei a pensar duas vezes se gostava mesmo do meu vestido. Ora entenda-se que comprar um vestido de noiva não é bem a mesma coisa que comprar um vestido da Asos em que se manda para tráz e devolvem o dinheiro. Portanto ficam duas dicas importantes:

  1. investiguem bem a variedade de vestidos que existem antes de se decidirem por um
  2. uma vez que comprarem o vestido, não olhem para mais nenhum!

 

A Quinta

Eu gosto muito da quinta, mas o que não gosto nada é da capacidade de organização da organizadora de eventos da quinta. Ela é péssima!! Digo-vos, eu já organizei muitos eventos na minha vida profissional e nunca que deixei um cliente ou até fornecedor com mais de um dia ou dois de espera para receber uma resposta minha. E ela tem demorado 2 e 3 e 4 semanas sem responder! A parte triste é que nem sequer estou a exagerar. E sim, acredito que esteja muito ocupada, mas houve uma vez, depois de eu já lhe ter mandado um segundo email para relembra-la de responder, em que eu lhe pedi, a uma quinta-feira, para por favor me enviar pelo menos a informação das medidas de uns papéis que tinha que imprimir para caber no espaço que ela tinha até ao fim-de-semana. Eu pedi POR FAVOR, e disse que mesmo que não pudesse responder a mais nada, que pelo menos me respondesse a isso. E sabem o que ela fez? Nada! Não respondeu até à semana seguinte depois de eu telefonar para a quinta e falar com a patroa dela. Tive azar porque a organizadora que estava nesta quinta antes era óptima mas ela saiu e entrou esta rapariga totalmente inexperiente que claramente não vai ter uma longa vida profissional no ramo de organização de casamentos. Eu até que tenho sido relativamente calma com a situação, mas imagino que outras noivas não tenham a mesma paciência do que eu. 

 

O Prosecco

Prosecco é oficialmente (estou a oficializar) a minha bebida alcoólica favorita e, como tal, eu  quero ter Prosecco no meu casamento, nem que seja só para o cocktail. Prosecco claramente ainda não é muito popular em Portugal, que quando mencionei que era o que queria para o cocktail a organizadora da quinta disse-me que podia pagar por Espumante.  Não, minha amiga, não está a perceber, eu quero Prosecco, não quero Espumante, nem Champagne, nem Cava, eu quero Prosecco. São completamente diferentes. Lá consegui negociar que podia trazer o meu próprio Prosecco, tudo OK. Então vem a parte em que a minha mãe me está a ajudar a escolher o Prosecco que está à venda em Portugal e ela pergunta-me quantas garrafas acho que vão ser preciso e antes que eu possa responder diz - "ora eu estava aqui a fazer contas que cada garrafa dá para 5 copos, como são 120 pessoas, 24 garrafas chega bem."  E agora o que é que eu respondo a isso? - "mãezinha, na sexta-feira estava com mais 4 amigos e nós bebemos 4 garrafas, logo, sendo que vão haver pelo menos 80 estrangeiros no casamento precisamos pelo menos de umas 75 garrafas + umas 10 para os Portugueses que também vão querer provar". Acho que isso não ia cair lá muito bem, por isso achei melhor não dar essa lógica.

Eu bem sei que Prosecco é sempre uma das bebidas mais consumidas nos casamentos a que tenho ido pelo Reino Unido por isso não queria ter uma quantidade tão limitada que acabe logo no primeiro copo, mas consegui acordar com a minha mãe ficarmos pelas 40 garrafas que também não vão dar para muito, mas ao menos é o dobro do número inicialmente sugerido. 

 

A primeira dança

Como eu gosto muito de dançar foi um dos requisitos que indiquem ao Inglês no dia em que ele fez a proposta de casamento, que queria praticar uma dança para o casamento. Ele concedeu, e temos andado em aulas de dança Blues desde o início do ano e, agora mais próximo da data, começamos a coreografar a dança. Acho que está OK mas ainda há uns quantos ajustes a fazer. Digamos que pode correr muito bem ou muito mal, ainda não sei. A ver...

 

Ainda tenho detalhes em falta, coisas a combinar, um discurso a decorar para não me atrapalhar no dia, e outros quantos afins. Tenho a sensação de que esta semana vai passar a fugir e que o dia do casamento vai ser chegar e terminar num abrir e fechar de olhos, mas vou tentar aproveitar cada minuto, cada momento.

Para todas as pessoas que desejaram felicidades para o casamento por aqui, pelo Instagram e pelo Facebook desde o dia em que assinámos os papéis oficiais, o nosso muito obrigada! 

70b8878e-c644-43c5-9e9f-f94a7f2594b3.jpg

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.