Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Ajudar quem precisa apoio durante a quarentena

Como não estou a trabalhar nesta altura, e não me encontro na categoria de pessoas com maior risco do Covid-19 tenho oferecido a minha ajuda como voluntária para quem estiver a precisar por não poder sair de casa ou precisar de falar com alguém. 

 

Neste momento ofereci a minha ajuda para dois grupos de voluntariado - o Covid-19 Mutual Aid grupo da minha zona local, que basicamente consiste em estarmos disponíveis para ajudar vizinhos. Existem grupos destes um pouco por todo o Reino Unido e podem encontrar o vosso grupo local na página do Covid-19 Mutual Aid UK

 

O segundo grupo a que ofereci ajuda é o grupo de voluntários de apoio ao NHS que também podem oferecer o mesmo tipo de ajuda através de uma aplicação que nos alerta para quando alguém na zona local precisar de alguma forma de ajuda - buscar compras, medicamentos ou fazer um telefonema a quem se sinta só ou apenas queira falar com alguém. Podem encontrar informação sobre oferecerem-se como voluntários no site da aplicação GoodSam. Ao oferecerem-se como voluntários para o NHS passam por verificações de identidade como medidas de segurança mas passado uns dias será dado o acesso à aplicação. Recebi acesso ontem e instalei hoje a aplicação. Basta colocar o meu perfil como disponível na aplicação e, quando alguém necessitar de ajuda irei receber um alerta através da aplicação mas até agora ainda não recebi alertas.

 

No entanto, tive a minha primeira experiência de voluntariado esta semana através do Covid-19 Mutual Aid grupo da minha zona local. Esse grupo funciona através do WhatsApp. Os voluntários do grupo espalharam vários panfletos em toda a zona local com o número que as pessoas devem ligar caso necessitem de apoio,  e o administrador do grupo que acede a esse número, passa a informação para o grupo de Whatsapp mais próximo da pessoa em questão (existe um só número para a zona toda local, mas vários pequenos grupos de whatsapp que cobrem as variadas ruas). Quem estiver nesse grupo e disponível no momento, oferece ajuda e o administrator passa os detalhes de contacto da pessoa que pediu auxílio. A partir desta semana começamos a receber pedidos de ajuda mais frequentes e para já ajudei um rapaz na minha rua que já está isolado à duas semanas por ter condições de saúde que o colocam na categoria de alto risco que precisava que alguém lhe fosse fazer umas compras ao supermercado.

 

Em termos de trocas de dinheiro, a situação mais eficiente é quando o voluntário se dispõe a pagar pelas compras e depois passa os detalhes bancários e recibo à pessoa que precisa de ajuda para lhe poder fazer uma transferência bancária. Claro que nem todos poderão facilmente fazer transferências bancárias online, mas para já, não houvi falar de qualquer problema relativamente a pagamentos de compras.

 

Ambos os grupos parecem muito bem organizados e, ao se basearem na nossa zona local também é uma forma de que os próprios voluntários se exponham o menos possível na rua. 

 

Achei boa ideia deixar aqui esta informação para quem também estiver interessado em se voluntariar ou em pedir ajuda, saber que existe forma de o fazer através da vossa comunidade local de forma a evitar os dias de espera pelas entregas dos supermercados e afins. 

mutual-aid-local-groups.png

Quantidade de grupos locais do Covid-19 Mutual Aid Group

1 comentário

Comentar post