Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

A importância do ambiente que nos envolve

Todos sabemos que o ambiente que nos envolve durante o dia-a-dia é importante para a forma como nos sentimos, mas tornou-se mais importante ainda num ano como este, que temos estado no mesmo ambiente durante o dia, todos os dias. 

 

Apesar de ter apenhas um quarto, eu gosto muito do meu apartamento. Adoro a forma como o decorei com pequenos detalhes, cores e estilos que me fazem sentir bem e contente por estar junto a coisas bonitas. Durante estes anos que tenho estado a viver aqui, o meu apartamento apresenta-se como aquele local de calma e relaxe onde sabe bem chegar ao final do dia, fechar a porta, e deixar para trás qualquer stress que tenha decorrido durante o dia.

 

Este ano, no entanto, as coisas estão diferentes. O meu apartamento deixou de ser o local de santuário onde volto ao final do dia para relaxar, e transformou-se no local onde passo o meu tempo permanentemente. Durante o primeiro lockdown, talvez não o tenha sentido tanto porque estava sem trabalhar, portanto, sempre variava mais a minha localização entre os poucos espaços do apartamento, e também fazia passeios mais frequentes. Mas agora, que estamos a passar pelo segundo lockdown as coisas são diferentes. Acordo no meu quarto, e passo o dia sentada a trabalhar no meu quarto, também conhecido como 'o meu escritório'. Ainda mais como o trabalho tem sido intenso, mal tenho tido tempo de parar para almoçar, e tenho estado em média a trabalhar até às 20h. Portanto, restam-me cerca de 3 a 4 horas entre a cozinha e a sala para estar noutro ambiente até ser hora de dormir e voltar ao quarto novamente. E a intensidade de estar neste mesmo espaço continuamente está a demonstrar os seus efeitos. Comecei a sentir uma certa claustrofobia por este mesmo ambiente constante, e o meu Inglês concorda. Como tal, decidimos que chegou o tempo de fazer uma mudança. 

 

Ao contrário do que estão a fazer muitas pessoas, nós não pensamos ir mudar para uma casa grande no campo, mas apenas queremos uma casa maior não muito longe da zona onde vivemos actualmente. Definitivamente a próxima casa tem que oferecer a possibilidade para ambos trabalharmos de casa, sem nenhum ter que estar a trabalhar no quarto. Essa separação é crucial, mesmo que seja para uma zona no quarto ao lado, mas preciso de sentir qualquer diferença. Espero que também não tenha que trabalhar de casa permanentemente durante muito mais tempo, mas como acredito que a vida de trabalho se vai tornar muito mais nómada depois deste ano, quero ter a possibilidade de trabalhar de casa numa zona separada do quarto. 

 

Como tal, já começamos a nossa procura e vimos algumas casas. Acho que para já, vimos cerca de 15 casas, e dentro delas, consideramos a hipótese de fazer uma oferta em duas delas. Mas ambas tinham desvantagens que acabaram por ter mais peso quando começamos a pensar melhor no assunto e desistimos da ideia em ambos os casos. Digamos que não tem sido propriamente fácil. Tem havido sempre qualquer coisa que não é certa na casa, e é importante dar ouvidos há nossa intuição, que não queremos acabar por nos arrepender por nenhuma decisão repentina. 

 

Depois ainda teremos que também vender o apartamento actual que, por ser em 'shared ownership' o meu contrato não me permiti alugar. E tenho o problema de não ter o certificado EWS1 para este edificio, mas essa é outra história que posso contar noutro post. Mas para já queremos tentar encontrar a propriedade certa para onde nos mudarmos e depois trato da situação da venda desta. Só espero conseguir encontrar a tal nova propriedade mais cedo do que mais tarde. 

 

Screenshot 2020-11-15 at 21.13.53.png

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 22.11.2020

    Pensei nisso. Ajudaria em termos de espaço, mas não ajudava em termos de ter um segundo ecrã facilmente acessível, a não ser que alugasse uma secretária permanente, mas isso seria caro infelizmente.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.