Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Há dias...

Eu sei que estou em Londres, uma das cidades com melhor vida nocturna a nível mundial, mas neste momento estava-me mesmo a apetecer ficar pela noite de Lisboa.

Hoje deu-me para sintonizar a emissão online da Mega FM que é coisa que muito raramente faço, e de ouvir muitas das músicas que pela rádio têm estado a passar só me fez lembrar as boas noitadas em algumas discos Lisboetas com os meus amigos.

Sim, claro que muita da música que passa pelas discotecas Portuguesas também passa pelas Londrinas, mas não todo o tipo de música. E dou-me com saudades daquela combinação animada das discos Portuguesas entre músicas Americanas e Inglesas, com algumas Portuguesas, Brasileiras, Africanas e latinas. Tenho saudades de toda essa combinação, da noitada Portuguesa até às 5h, de ir comer um pão com chouriço depois à 24 de Julho, de conduzir para casa quando a IC19 está quase vazia e posso guiar sem parar ao som da minha música. 

Hoje queria estar aí...

Luzes natalícias em Regent St. e fogos de artifício

Já tive a oportunidade de passar pela Regent Street e ver como estão as luzes de Natal este ano e basicamente, estão practicamente iguais às do ano passado. Não tenho a certeza se foi em Regent Street ou se era em Oxford Street onde aquelas estrelas estavam colocadas o ano passado, mas lembro-me de já as ter visto em 2008. Como já é habitual, as decorações estão simples possivelmente para poupança de custos, logo desengane-se quem vem a Londres nesta altura a pensar que vai ver decorações espectaculares, porque não as são. No entanto, o facto de que cada loja tem as suas próprias decorações ajuda a que as ruas fiquem melhor enfeitadas e com um ambiente mais natalício.

Aqui fica uma foto da entrada de Regent Street, de quem está do lado de Picadilly Circus:

 

 

Entretanto, com os fogos de artifício de ontem à noite, deram-se por terminadas as celebrações da "Bonfire Night" em celebração do dia de Guy Fawkes que já aqui tinha mencionado. Agora os próximos serão mesmo só para o ano novo. Ficam aqui com um pequeno vídeo dos fogos de artifício que fui ver na quinta-feira passada (dia de Guy Fawkes) em Clapham Common:



Uma pequena curiosidade que reparei no outro dia ao ver televisão é que o novo anúncio do telemóvel Nokia N97 intitulado "get to the good things" em que basicamente um rapaz anda à procura de direcções para chegar a uma festa numa casa e consegue obtê-las através da aplicação de mapas do seu Nokia N97, se passa numa cidade muito parecida com Lisboa. Então lá fui eu fazer uma pesquisa no Google e encontrei a versão inteira do anúncio em que as dúvidas que eu tinha relativamente ao anúncio ser passado ou não em Lisboa foram eliminadas no momento em que vi a imagem do Elevador de Santa Justa. Imagino que o mesmo anúncio passe em Portugal, certo?

Versão que passa no Reino Unido:

Get to the Good Things with N97

Versão inteira:


Quatro dias em Portugal vistos pelos olhos de uma emigrante

  • É preciso que eu vá para Lisboa para que passem a haver dias de verão em Londres e dias de inverno em Lisboa;
  • Adoro o nova estação do Rossio e a forma como aproveitaram o antigo parque de estacionamento para colocar umas esplanadas agradáveis;
  • A baixa de Lisboa nunca perde o seu encanto;
  • Ao ler as revistas da sala de espera do meu dentista, tipo Caras e afins, apercebi-me de que não conheço 70% das "celebridades" lá mencionadas;
  • A Núria Madruga está muito mais gira hoje em dia do que quando era adolescente;
  • O novo Centro Comercial Dolce Vita é semelhante ao Westfield em Londres na organização dos corredores e nas lojas que lá tem, com a diferença de que me pareceu um pouco pior frequentado;
  • Os centros comerciais brotam como cogumelos - o Fórum Sintra vai ser já o próximo;
  • Ainda não acredito que tenha passado a minha primeira noite em Portugal num Irish pub em cascais onde fui servida por um empregado em Inglês;
  • Não há nada como a comida da mãezinha para uma pessoa se deliciar,... e engordar;
  • como tinha saudades das noites na esplanada do café do Sr. Virgílio;
  • Conduzir por volta da meia-noite em plena Serra de Sintra numa zona sem iluminação, com nevoeiro e a chover com tal força como já não via acontecer à alguns anos, é uma experiência não muito aconselhável;
  • O Bar do Guincho está remodelado por dentro e continua bem agradável, mas é de evitar os shots de leite quente com chocolate e rum aquecido;
  • Mas que raio de moda é essa dos fios grandes e peludos com imensas fitas feitas tipo de lã?!
  • Soube tão bem apanhar o solinho do campo no domingo;
  • Descobri do que é constituído cada ramo da "apanha da espiga" e qual o significado dos seus elementos:
    • três espigas de trigo - para que nunca falte o pão
    • três raminhos de oliveira - para que nunca falte o azeite
    • três videiras - para que nunca falte o vinho
    • três rosmaninhos - para que nunca falte a lenha
    • três flores amarelas (não me lembro do nome) - para que nunca falte o ouro
    • três flores brancas tipo margaridas pequeninas - para que nunca falte a prata
  • Os travesseiros da Piriquita de Sintra continuam divinais;
  • Como me sabe tão bem conduzir sozinha ao som da minha música.

 

Diário das férias em Portugal 2008 - parte II

Dia 2

Como não podia deixar de ser, a nossa primeira visita turística foi mesmo por Lisboa. Começando por Belém, fiz o roteiro dos monumentos históricos da zona, dirigindo-me depois para o centro da cidade. Visto o Terreiro do Paço, Rua Augusta (onde não podemos deixar de parar para fazer umas comprinhas) e baixa, dirigimo-nos então para o Castelo de São Jorge.

Sinceramente adoro a vista do Castelo e a quem nunca foi é altamente aconselhável. De cada vez que lá vou não posso deixar de me maravilhar com a vista sobre a cidade que parece cada vez mais bonita.

Já de noite lá estava na dúvida sobre o que raio estaria aberto e a bombar a uma quarta-feira?? Acabei por me decidir pelo básico e levei a Celine às Docas. Começando pelo bar Seven Seas, que estava a abarrotar por ser noite da Festa da Playboy, não pude deixar de reparar que a população que frequenta aquele bar é maioritariamente adolescente.

Não só eram adolescentes como, estranhamente, os rapazes tinham todos grandes semelhanças com o Cristiano Ronaldo. Cabelinho curtinho cheio de gel, camisinha ou t-shirt bem apertada e um brilhinho na orelha? Então mas isto agora é uma nova moda? Ou sou eu que estou a frequentar os sítios errados?

 

Dia 3

OK, a Celine já está pronta para ir fazer mais roteiros turísticos por isso tenho que parar por aqui novamente. Esta rapariga cansa-me de tanta "sight seeing" e praia e discotecas. Uiii