Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Pimbalhada e frango assado no centro Londrino

O dia de Portugal foi à cerca de duas semanas mas que se desengane quem pensa que o dia de Portugal só se celebra no nosso país. Em Londres, todos os anos por esta altura a comunidade Portuguesa organiza-se e encontra-se em festa para a celebração deste grande dia.

 

Eu ainda não tinha visto a anunciarem nada sobre essa festa este ano até que um dos meus "housemates" (tenho que usar o estrangeirismo já que não há tradução à letra e é um bocado demorado dizer "uma das pessoas que mora comigo") me disse que já tinha visto um anuncio junto ao Kennington Park (é lá que todos os anos se celebra o dia de Portugal) relativo ao festival que ia ter lugar no domingo, dia 10 de Junho e que ía contar com uma grande CELEBRIDADE Portuguesa. Claro que não se lembrava do nome dessa celebridade, mas eu fiquei logo mais entusiasmada e sem dúvida não podia faltar ao festival!

 

Ora lá fui eu no domingo dia 10 ao Kennington Park a este encontro entre Tugas que estava absolutamente a abarrotar!! Cá fora, e afixados à cerca do Kennington Park estava o anúncio do festival com a presença da GRANDE CELEBRIDADE Portuguesa de que o meu "housemate" falou - a Tuxa ou Nuxa ou que raio lá era (e não, não é A Nucha, é mesmo outra qualquer de que nunca tinha ouvido falar). Só pelo nome fiquei logo ansiosa pelo momento em que ela iria entrar em palco :-S Também afixados à cerca estavam posters da Maddie pedindo por informações. Claro que no festival do dia de Portugal, principalmente em Inglaterra o anúncio acerca da Maddie não podia faltar. Mas isso é assunto para outro post.

 

Bem ía eu procurar a entrada quando reparei que haviam filas enormes. Bem é que apesar da entrada ser gratuita ainda tinhamos que passar por um segurança para nos revistar. Basicamente revistavam os homens e às mulheres deixavam passar mas não sem antes fazer a pergunta: "Tem alguma arma ou bomba consigo?" Ora pois está claro que vale mesmo a pena eles fazerem essa pergunta porque se eu tivesse uma arma claro que ía dizer que sim :-S Enfim, é daquelas coisas como quando se vai fazer check-in eles fazem a pergunta se metemos alguma faca na mala ou deixamos alguer meter lá alguma coisa por nós. Será que se alguém alguma vez de facto estiver a levar algo ilegal na mala o vai dizer no momento do check in? Não me parece!

 

Enfim, lá dentro estava mesmo uma multidao, muitos com t-shirts ou bones de portugal mas mesmo os que não tinham identificavam-se que eram portugueses. Basicamente o espaço dividia-se por barraquinhas dos comes e bebes distribuidas à volta do terreno, muitas cadeiras e mesas no centro e ao fundo à frente lá estava o palco. Portanto basicamente muito parecido com os festivais universitários com a pequena diferença de que as barracas em vez de venderem cerveja, vendiam frango assado e a música em vez de ser Rock era Fado.

 

Bem, lá decidi me ir envolver com o ambiente começando por ir a uma das barraquinhas dos comes e bebes. Ora fila novamente, cada barraca estava cheia de pessoal à volta sem se perceber muito bem onde é que a fila começava e acabava, se é que havia fila, o que achei que de facto até não havia, por isso simplesmente me meti lá pró meio. Lá finalmente pedi o choriço que ía dividir com a amiga que foi comigo mais um pão saloio (diziam eles que era saloio, mas feito em Londres, isto de saloio não deve ter muito). Enfim, lá veio o chouricinho assado na brasa e com cheirinho de frango à mistura já que isso é que havia a mais. Ora para nós as duas, pensava eu que vinha um chouriço inteiro, mas claro que não.  As nossas £2,50, ou seja 3,70€ deram-nos para 6 rodelinhas de chouriço. Mas enfim, ao menos de pão ficamos bem servidas com umas outras 6 fatias mas também nos levaram £1,70.

 

Enfim, lá nos fomos entreter a comer um pouco mais afastadas da multidão de Portugueses e dos estrangeiros curiosos que também por lá andavam a deliciarem-se com o belo do frango.

 

Cá existe a famosa cadeia de franchising de restaurantes chamada Nando's que é supostamente uma cadeia Portuguesa já que o simbolo é o galo de barcelos, tem à venda o belo do pastel de nata e bolo de arroz, para beber só há marcas portuguesas à venda e para comer é frango assado com piri piri. Digo "cadeia supostamente portuguesa" porque ao menos é isso que se dá a entender se bem que, de facto, o dono é Sul Africano, mas enfim, pormenores. Com nessa cadeia só se come frango, no festival do dia de Portugal só lá se vê frango a assar, basicamente ficamos catalogados como os principais adoradores de frango da Europa, ou talvez até do mundo!

 

Enfim, a tarde continuou e do fado passou, claro está, para a pimbalhada que isso é que não podia faltar, principalmente tendo em atenção que a maioria das pessoas que ali estavam tinham todas sotaque de quem tinha vindo das várias aldeias e vilas de Portugal do norte, sul e ilhas, que são os locais onde geralmente as celebridades da música pimba têm maior sucesso.

 

Escusado será dizer que, por coincidência, no momento em que começou a música pimba foi o momento em que eu achei que estava na hora de me ir embora. Ainda dei uma voltinha pelo festival antes de ir e foi interessante ver como haviam lá muitas crianças Portuguesas já da primeira geração Inglesa da familia. Infelizmente a maioria tinha o sotaque Inglês dos "chavs". Por chavs entenda-se aquele tipo de pessoas Inglesas geralmente da classe baixa ou média/baixa que costumam usar muitos termos de calão o que em Português seria o equivalente ao tipo de pessoas que dizem "Tão, meu dread, tá-se?" Enfim, claro que esse não é o caso de todos, mas infelizmente era o da maioria que ali estava relativamente à geração mais nova.

 

Acho que infelizmente a maioria da comunidade Portuguesa em Londres não transmite muito bem as coisas que Portugal tem de melhor. A ideia que têm dos Portugueses ainda passa um pouco por aquela cena do filme "Love Actually" no final em que a familia inteira e vizinhos vão a correr atrás do Colin Firth para o verem pedir a mão da Lucia Moniz em casamento.

 

Bem, foi um dia diferente e claro que foi divertido, ainda mais tive a oportunidade de falar mais um pouco de Português o que sabe sempre bem. Só tive foi imensa pena de não ter ficado lá para ver a Tuxa ou Nuxa a cantar, mas mal posso esperar para saber quem será a celebridade a vir cantar para o ano que vem.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.