Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

A minha festa de aniversário de "mau gosto"

Este ano decidi que a minha festa de aniversário seria temática, e o tema escolhido foi o mau gosto! Isso mesmo, foi uma "bad taste party" cujo objectivo é que todas as pessoas venham ou vestidas com roupas que não fiquem bem, não combinem ou que estejam mesmo relacionadas com piadas de mau gosto. Se bem se lembram das notícias à uns anos atrás de quando o Príncipe Harry foi vestido de Nazi para uma festa, o que criou imensa polémica, essa festa era uma "bad taste party".

E assim foi. Criei o evento, convidei os meus amigos, comprei um vestido às bolinhas que juntei com umas meias acima do joelho às riscas de várias cores, coloquei uma maquiagem exagerada e uma quantidade de outros acessórios, e estava pronta para a festa de ontem à noite.

A festa foi em minha casa já que, afinal "house parties" são as minhas favoritas. Cozinhei croquetes de atum, croquetes de carne, pataniscas de bacalhau, salame de chocolate e bolinhos de coco; decorei a casa com papel higiénico colorido de parede em parede (afinal é uma festa de mau gosto pelo que há que decorar a condizer com o tema); enchi a sala de balões (que também acho de mau gosto) e preparei uns chapéus feitos de papel para que as pessoas que não viessem vestidas ao tema (há sempre dessas pessoas) usassem. Nos chapéus de papel escrevi num "I don't do bad taste", noutro "Bad taste is not in my dictionary", noutro "No one told me this was a themed party" e mais outros chapéus com frases semelhantes. Depois foi esperar que os convidados chegassem e não demorou muito tempo até que a casa estivesse cheia de pessoal a cantar e dançar (coitados dos vizinhos). Houve claro quem não viesse vestido ao tema, como eu tinha imaginado (os chapéus foram um sucesso) mas a grande maioria veio vestida a rigor.

Tivemos várias pessoas vestidas à "chunga Britânico", mais conhecido como "chav", outros vestidos com roupas extremamente coloridas, um mafioso, várias saloias, austriacos com os calçõezinhos de pele, e um padre muito pouco cristão, além de muitos outros. E foi mesmo o padre "pouco cristão" que ganhou o prémio da melhor (ou pior) roupa de mau gosto (que foi uma competição que também tinha organizado de forma a incentivar os convidados a ser originais para ganharem o prémio). Acho que em vez de explicar o porquê do padre ter ganho o prémio é melhorem verem por vocês próprios a foto do vencedor no momento em que desembrulhava (estava embrulhado em papel de jornal) o seu prémio:

 

O vencedor da festa de mau gosto

 

Como podem ver, ele utilizou uma piada de muuuuito mau gosto, daí merecer ser o vencedor. Tendo em conta que o prémio também foi de muito mau gosto, ficou adequado ao vencedor.

 

De forma geral a festa foi super divertida e uma óptima forma de ter celebrado mais um aniversário. Cheguei a ter uma grande lista de música Portuguesa na minha playlist (obrigada por todas as dicas que deram), mas no final, os Tugas meus amigos queriam era ouvir pimbalhada e eu só lá tinha no meio da música Portuguesa uma única música pimba que era "A Garagem da vizinha" do Quim Barreiros. Lá foi essa a música Portuguesa que acabamos por dançar (diga-se de passagem, bem adequada à temática da festa). Ficam algumas fotos da festa:

 

Chavs "in da house"

 

Algumas mascaras originais

 

I don't do bad taste

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 05.10.2009 22:23

    Pois é um tipo de festa divertida sim. Fica a ideia que pode ser que um dia destes também queiras fazer uma festa temática por aí ;-)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.