Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Onde é que estavas no 11 de Setembro?

Ja passaram 8 anos e o 11 de Setembro tornou-se uma daquelas datas marcantes sempre alvo de comentários, dúvidas, lembrancas, questoes, fúria, angústia, ou trazendo diferentes sensacoes e opinioes entre pessoas espalhadas pelo mundo.

É uma daquelas datas que nao se esquece, um daqueles momentos que pareceram irreais e que leva a que a questao "o que estavas a fazer no 11 de Setembro?" seja uma constante quer em conversas entre amigos ou principais líderes políticos.

Eu lembro-me bem o que estava a fazer - Sentada na minha secretária do quarto a escrever cartas, toca o telefone. Era o meu primo: "Liga já a televisao", diz-me ele. "Estao a atacar o World Trade Centre". Rapidamente ligo a televisao e ainda vejo ao vivo o segundo aviao a despenhar-se na torre. Depois vieram os gritos das pessoas que estavam na rua junto 'as camaras. Eu olhava, mas nao acreditava. "Só pode ser um filme", pensei. Mudei de canal, mas em todos os canais as imagens eram as mesmas. Nao era um filme. Era real, e estava a acontecer naquele momento, do outro lado do mundo.

Continuo espantada a olhar para o ecra e de repente noto algo a cair dos altos andares dos edificios. Sao pessoas! Estao a atirar-se por decisao própria porque sabem que vao morrer e preferem o suícidio rápido e imediato saltando do edifício a morrerem queimados.

A angústia que aquelas pessoas devem ter sentido naquele momento deve ter sido indescritível. Eu olhava para a televisao em panico e gritava para a televisao "O que é que estao a fazer? Nao saltem!", como se eles me conseguissem ouvir. "Porque é que nao correm para sair do edificio?", pensei. Mais tarde, apercebi-me que o número de pessoas a tentar sair do edifício pelas mesmas escadas de emergencia era demasiado grande para que todas conseguissem sair, principalmente aquelas que trabalhavam nos andares superiores. O que é que eu faria se estivesse na situacao deles? Tentava escapar com a possibilidade de ser consumida pelo fogo a meio das escadas ou saltava? Nao sei. Acho que só quem esteve em tal situacao compreende a sensacao e decisoes tomadas.

Nao só foi um momento devastador na história mundial mas uma licao sobre a mentalidade e reaccao humana em situacoes extremas como esta. Um dia a recordar.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.