Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Os transportes públicos em Londres

Antes de qualquer explicação e se só tiverem tempo para fazer uma leitura rápida deste post, o que precisam de saber para se movimentar em Londres facilmente é que podem fazer o download da applicação para o telemóvel CityMapper. Este app é excelente para vos dar as indicações de horários e transportes que precisam de apanhar para chegar de A a B, e funciona em muitas cidades no mundo.

 

Vou começar por falar do London Pass que é vantajoso para quem vem em turismo e pretende visitar vários monumentos. Depois passo a descrever os diferentes meios de transporte individualmente e os seus preços incluíndo a diferença entre um travelcard em papel e um travelcard através do oyster card. Notem que, apesar da data deste post inicial ter sido colocado em 2009, actualizei o post e todos os preços a 30 de Dezembro de 2017.

 

London Pass

 

Para quem vier a Londres em turismo e pretender visitar bastante da cidade incluíndo monumentos onde se paga entrada, a vossa melhor opção poderá ser o London Pass. Este cartão combina o seguinte:
  • Entradas em mais de 80 principais atraccoes turísticas de Londres: por exemplo a Torre de Londres, a Ponte de Londres, a vista do Shard, Windsor castle, Catedral de São Paulo, passeios de barco, The Shakespeare’s Globe, Jardim zoológico, Visita ao estádio do Chelsea FC, entre muitas mais. Lista de todas as atracções principais aqui.
  • Possibilidade de passar à frente das filas
  • Guia da cidade
  • Descontos em restaurantes, bares, cinemas e em várias lojas
  • Travelcard entre as zonas 1-6 se pagarem £15 mais por dia para um adulto ou £6 por dia para uma criança (entre 5 a 15 anos) em adição ao valor do preço do London Pass.
Basta terem a intenção de visitar pelo menos 2 a 3 atracções turísticas das que se geralmente pagam para que compense terem este London Pass.
 
 
 
Preços do London Pass
 
London Pass 1 dia
London Pass 2 dias
London Pass 3 dias
London Pass 6 dias
Adultos
Criancas
Adultos
Criancas
Adultos
Criancas
Adultos
Criancas
£66
£49
£91
£69
£109
£79
£149
£109
 
Podem comprar os vossos London Pass online a partir de Portugal ou do vosso país de origem que estes serão enviados para vossa casa antes de viajarem para que assim que chegarem a Londres possam logo comecar a usá-lo e, geralmente conseguem melhores preços se comprarem online do que se comprarem em Londres no vosso hotel ou agência de Turismo. 
 
Os diferentes transportes de Londres
Para se movimentarem em Londres existem as seguintes opções de transporte:
  • Autocarro
  • Eléctrico
  • Metro
  • Comboio
  • DLR (Docklands Light Railway)
  • Overground
  • CrossRail (abertura de todas as linhas em Dezembro de 2019)
  • Táxi
  • Minicab
  • City Santander Cycles
Vamos então analisar cada um destes meios de transporte:
 

 

Autocarro (Bus)

A rede de autocarros de Londres pode levar-vos literalmente a todos os cantos da cidade. Está muito bem organizada, os autocarros geralmente são frequentes, principalmente durante os dias de semana e durante as horas de ponta, e geralmente o percurso não sofre muitos atrasos já que a cidade tem a maioria das estradas preparadas com as vias exclusivas para transportes públicos, de forma a evitar perdas de tempo no trânsito. A maioria dos autocarros, tradicionalmente os vermelhos, têm dois andares, embora também existam autocarros curtinhos só de um andar.

 

Como saber que autocarro devem apanhar?
Basta dirigirem-se à paragem de autocarro mais próxima e na maioria das paragens encontram um mapa da zona com todas as paragens de autocarro localizadas nas proximidades indicadas com uma letra. Para saberem qual a letra da paragem onde estão olhem para o topo do posto da paragem. Junto ao mapa da paragem de autocarros encontram também uma listagem de localidades e os números dos autocarros que vão para essas mesmas localidades, assim como as letras da(s) paragens de autocarro nas proximidades onde podem apanhar o autocarro pretendido. Sabendo a letra da paragem onde se encontram será então fácil de se situarem no mapa e identificarem a direcção para a qual devem ir. 
 
Autocarros Nocturnos
Existem dois tipos de autocarros que podem apanhar durante a noite. Os autocarros que funcionam durante 24horas e os autocarros Nocturnos (que se identificam com a letra "N" em frente ao número da rota do autocarro nas paragens e nos próprios autocarros. A diferença principal entre os autocarros que funcionam 24horas e os Nocturnos é que, os nocturnos podem sofrer pequenas alterações na sua rota nocturna relativamente à diurna, enquanto que os autocarros 24h efectuam sempre a mesma rota. Atenção que o tempo de espera pelos autocarros nocturnos é geralmente muito superior ao dos autocarros diurnos (pode variar entre cerca de 15 minutos a 45 minutos de espera).
 
Preço dos bilhestes de autocarros e eléctricos
O preço dos bilhetes geralmente aumenta no 1º de Janeiro de cada ano, e a partir de 2 de Janeiro de 2018 os bilhetes em 'Pay as You Go' (com o vosso cartão de débito wireless ou o Oyster Card) é £1.50. Com esse preço podem mudar de autocarro durante 1 hora mas não pagam mais por isso. Passam o cartão à mesma ao entrar no segundo autocarro, mas a tecnologia indentifica o vosso cartão e não vos desconta novamente num segundo autocarro ou eléctrico durante essa primeira hora. Além disso, ao usarem vários autocarros durante o dia, o máximo que vão pagar vai ser £4.50. Em alternativa ao 'Pay as you Go' podem comprar um passe de autocarros (funciona também em eléctricos) para 7 dias por £21.20
 
 
Metro (Underground/ Tube)
 
Existem 48 estacões em 6 zonas de metro distintas e espalhadas por 12 linhas de metro.
As zonas de metro estão demarcadas para classificar diferentes preços dos bilhetes de metro sendo que a zona 1 envolve o centro da cidade, e as restantes zonas formam-se por círculos em torno da zona 1, sendo que a zona 6 será portanto aquela que está localizada na periferia de Londres a norte, sul, este e oeste.
Dentro das estacões de metro existe sempre boa sinalização da direcção pretendida assim como das diferentes interligações de metro pelo que facilmente irão conseguir orientar-se.
 
Horários do metro de Londres
Os horários dependem de estacão para estacão e de linha para linha, no entanto, para as estacões centrais de Londres, em média, o primeiro metro do dia inicia a sua rota por volta das 5:30h e o último metro da noite termina por volta das 24:30h. Aos fins-de-semana as linhas Victoria, Picadilly, Central, Jubilee, Northern e partes do Overground estão em funcionamento durante toda a noite. Verificar quais as estações que estão abertas de noite no site da TFL. Para informações exactas do horário do metro a partir da estacão pretendida vejam os horários aqui
 
 

Preço dos bilhetes de metro de Londres (também válidos para o DLR, comboios e Overground) 

Os preços variam dependendo das zonas onde necessitam de viajar. Por quantas mais zonas tiverem que passar para chegar ao vosso destino, independentemente de pararem ou não nas zonas intermédias, têm que pagá-las a todas.
Se estão de passeio por Londres apenas por alguns dias, aconselho comprarem apenas bilhetes para as zonas 1 e 2 já que dentro dessas zonas encontram o suficiente número de atracções e locais para visitarem durante alguns dias. Daí uma das razoes pela qual aconselho no post que escrevi sobre acomodação em Londres para ficarem alojados dentro destas zonas. Assim evitam pagar desnecessariamente a viagem para outras zonas de Londres.
 

Bilhete 1 viagem ( Pay as you Go off-peak)

Price Cap* 1 dia

Travelcard 7 dias

Travelcard Mensal

zona1-2

zona 3-4

zona 5-6

Off-peak (zonas 1-2)

Oyster Card (zona 1-2)

Oyster Card (zona 1-2)

£2.40

£2,10

£3.10

£6.80

£34.10

£131

 

- Não existem travelcards diários com o Oyster card mas existe o “Price Cap” que limita o preço diário descontado do cartão ao valor indicado desde que usem os transportes off-peak, ou seja, a partir das 9:30h de segunda a sexta. Durante o fim-de-semana podem viajar a qualquer hora. Se tiverem que viajar antes das 9:30h da manhã,  o bilhetes indivíduais ficam um pouco mais caros.
Para mais informações sobre bilhetes descontados para jovens e estudantes ou para preços de outras zonas ver no site oficial da tfl.
 

 

Comboio (Train/ Overground)
 
Fazendo a ligação entre o centro de Londres com zonas onde não existe o metro assim como para localidades fora da cidade o melhor meio de transporte será o comboio. Embora existam muitas estacões de comboios no centro de Londres, as principais estacões terminais sao as seguintes:
  • Victoria Station – Faz a ligação com a zona a sul de Londres e tem comboios directos para o aeroporto de Gatwick. Também aqui se podem apanhar autocarros de longa distancia (coach) para os aeroportos de Gatwick, Luton, Stanstead e Heathrow.
  • Waterloo Station e London Bridge Station – Fazem ligação com a zona a sul de Londres e a partir de London Bridge também se podem apanhar comboios para o Gatwick Airport, embora a partir de Victoria Station o comboio seja mais rápido.
  • Liverpool Street Station – Faz ligação com a zona a este e nordeste de Londres inclusívie para o aeroporto de Stanstead. Também podem apanhar aqui autocarros de longa distância para esse aeroporto.
  • Kings Cross/St. Pancras Station – Faz a ligação com a zona a norte de Londres inclusívie para o aeroporto de Luton.
  • Paddington Station – Faz a ligacao com a zona a oeste de Londres inclusívie para o aeroporto de Heathrow.
Horários dos comboios 
Para verificarem horários e preços de bilhetes para localidades fora e dentro das zonas, dirijam-se ao site da National Rail.
 
 
DLR (Docklands Light Railway)
 
Esta é a rede de transporte pública mais moderna de Londres. Uma espécie de comboio eléctrico que pode operar automaticamente sem o auxílio de motorista que, de momento encontra-se presente no este de Londres fazendo ligações inclusivie para o grande centro de exposições EXCEL e para o London City Airport (de momento nao existem voos para Portugal a partir deste aeroporto).
 
Horários do DLR
Podem aceder aos horários do DLR a partir dp site do Transport for London.
 
 
Crossrail / Elizabeth Line
 
Estes vão ser os novos comboios a alta-velocidade que atravessam Londres e tornam o caminho entre certas zonas suburbanos e o centro muito mais acessível, o que está previsto tornar essas zonas suburbanas muito mais atraentes para residentes. No momento em que escrevo (Dezembro 2017) as principais linhas ainda se encontram em construção. Está aberta a linha entre Liverpool Street e Shenfield e está previsto para Maio de 2018 abrir a linha entre Paddington e Heathrow. Finalmente em Dezembro de 2018 está planeada a abertura da terceira linha do Crossrail que liga Paddington a Abbey Wood, e as três linhas do crossrail vão passar a ser chamadas de Elizabeth Line. Em Dezembro de 2019 está planeada a total abertura de todas as linhas do Crossrail que vão permitir fazer a ligação desde o Oeste de Reading e Heathrow, através do centro da cidade e até às zonas a Este de Shenfield e Abbey Wood. Para mais informações, dirijam-se ao website do Crossrail.
 
Preço do Crossrail
Um bilhete de crossrail vai custar o mesmo que as tarifas do metro de Londres.
 
 
Taxi (Taxi/Black cab)
 
Os táxis de Londres são facilmente reconhecidos pela sua cor preta (se bem que também existem noutras cores) e linhas arredondadas. O seu interior é muito espaçoso sendo acessíveis para pessoas em cadeiras de rodas e podem sentar até 6 pessoas mais bagagem. Aceitam-se pagamentos com cartão nestes táxis assim como dinheiro. Quando estão disponíveis têm uma luz amarela acessa no topo e basta fazerem sinal na rua para o táxi parar. Em alternativa também encontram facilmente táxis à porta das estações de comboio ou de grandes hotéis 24 horas por dia.
Podem chamar um táxi a qualquer momento através da aplicação de telemóvel Gett 

 

Preço dos Táxis
Os preços das viagens sao contabilizados com um taxímetro e geralmente demora cerca de 1-2 minutos para o taxímetro atingir as £5, mas uma vez que este valor é alcançado, o taxímetro começa a contar um pouco mais lentamente. Este tipo de transporte é aconselhável para pequenas distâncias, mas em caso de longas distâncias como, uma ida ao aeroporto aconselho reservarem um mini-cab/Uber ou semelhante.
 
 
Minicab 
 
Os minicabs são táxis de empresas privadas cujos automóveis tem um aspecto normal como se de qualquer carro se tratasse mas têm que ter um autocolante geralmente na traseira do carro a dizer “Licensed Cab”. Se não virem nenhum tipo de identificação no carro e no motorista (eles também têm que ter um cartão a confirmar que são motoristas com licença) nao aceitem viajar com eles por razões de segurança. Estes minicabs não têm taxímetros e o preço é portanto estabelecido no início da viagem para levar um certo número de passageiros do ponto X ao ponto Y independentemente do tempo que a viagem demorar. Geralmente estas empresas de mini cabs encontram-se um pouco por toda a cidade como sendo lojas nas ruas de comércio, e podem ir lá dentro reservar o taxi ou então tenham convosco um numero de telefone de uma empresa de mini cab e sempre que precisarem é so contactarem essa empresa. Frequentemente também costumam estar motoristas de empresas de minicabs à porta das discotecas.
Também podem instalar a aplicação Kabbee que vos permite fazer a comparação de preços de várias companhias de minicabs e marcar um.
 
Uber 

O Uber opera em Londres de momento, mas está em disputa com o Transport for London se tem o direito de estar a trabalhar como efectua de momento, portanto é possível que o seu estado altere ao longo do ano. Ao chamarem um carro através da aplicação Uber, estão efectivamente a alugar o serviço de transporte a uma pessoa que tenha um carro privado e que alugue os seus serviços de vostransportar de A para B. O Uber de momento funciona muito bem em Londres sendo que os carros são rápidos a chegar e mais baratos que a maioria. Mais sobre o Uber neste post.

 

Santander Cycles

 

Existe uma rede de bicicletas "Santander Cycles" espalhadas pelo centro da cidade que podem facilmente utilizar. Para aceder a uma bicicleta pagam £2 para acesso (que têm que pagar com o vosso cartão de crédito ou débito nas máquinas junto à zona das bicicletas) e podem utilizar a bicicleta gratuitamente durante 30 minutos. Se utilizarem entre 30min e 1h30 pagam mais £1 e o preço vai aumentando consoante o tempo que a estiverem a utilizar. Podem ver todos os preços aqui.

 

Agora que já estão definidos os tipos de transporte disponíveis vamos então olhar para as hipóteses do tipo de bilhetes a tirar:
 
Oyster Card
Este é um cartão tipo o “Lisboa Viva” para quem conhece. Basta tocar no sensor amarelo da entrada do metro, autocarro ou de outro transporte público para poderem entrar nos transportes.
Podem adquirir um Oyster card a partir de qualquer bilheteira do metro e irão cobrar-vos um depósito de £3 pelo cartão. No entanto, se devolverem o cartão em qualquer bilheteira do metro no fim da vossa estadia, as vossas £3 de depósito são devolvidas. Os pagamentos para os transportes podem ser efectuados ou nas bilheteiras ou nas máquinas automáticas no metro (muito fáceis de utilizar).
Com o Oyster Card existem dois métodos de pagamento para o uso dos transportes:
  • Travelcard: Podem pagar por um travelcard de uma semana, um mês ou um ano que vos permite usar qualquer transporte público como acima mencionado as vezes que quiserem, dentro das zonas para as quais pagarem e durante o período de tempo pago.
  • Top-up/Pay as you Go: Podem colocar o dinheiro que quiserem no cartão e cada vez que entrarem num transporte público, ao passarem o cartão pelo sensor será-vos-á descontado do cartão o preço dessa mesma viagem. Apesar de não existir um travelcard de menos de uma semana através do Oyster Card, há no entanto o chamado “price cap”, ou seja, ao longo do dia vai sendo retirado dinheiro do vosso Oyster Card, e quando esse valor atingir um certo valor diário (ver preço diário nas respectivas tabelas de preços que indiquei acima), o Oyster pára de retirar dinheiro do cartão e podem continuar a andar de transportes o resto do dia que não vão pagar mais por isso. Outra vantagem é que, se por acaso não chegarem a atingir o limite diário para que o Oyster pare de contar, então o dinheiro que restar que tiverem dentro do cartão ainda continua a ser válido para os próximos dias, ao passo que o travelcard uma vez que passa a data de validade não tem mais uso.

Em alternativa ao Oyster Card, também podem utilizar o vosso cartão de débito ou crédito com funcionalidade wireless para pagar o vosso transporte em função Pay as you Go.

 
 
Espero que este post vos ajude a perceberem melhor como funcionam os transportes públicos de Londres e qual o tipo de bilhetes que vos irá compensar mais. Os preços aqui indicados foram actualizados no dia 30 de Dezembro de 2017.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 03.04.2009 16:35

    Ola Ana, como expliquei no post, off-peak representa "fora da hora de ponta", ou seja se só viajares a partir das 9:30h da manha fica muito mais barato. O que significa que quando estiveres em Londres fica-te mais barato ficares na cama mais um bocadinho
    Eles fazem isto para incentivar os turistas, idosos e criancas a viajar fora da hora de ponta que já está congestionada o suficiente com as pessoas que vao de manha para o trabalho. Aos fins-de-semana e feriados nao há hora de ponta por isso e sempre mais barato. Ja podes acordar mais cedo nesses dias se quizeres. **
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.