Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Conta bancária em Londres - acessível ou pesadelo burocrático?

Temos uma rapariga nova na empresa. Começou na semana passada no mesmo dia em que eu vim de férias. Também está a trabalhar comigo no departamento de Marketing e por isso também tenho oportunidade para falar mais com ela e conhecê-la melhor desde início. Ela é Belga e está fresquinha no país. Só tinha chegado a Londres um dia mesmo antes de começar a trabalhar conosco.

 

Como é nova no país vejo-a a passar por todas aquelas situações desconfortáveis do início por que eu também tive que passar. Vale-lhe que já conhecia imensos Belgas que estão também a viver em Londres por isso, ao menos, não passa pela fase do "não ter amigos". Muito pelo contrário, aquela rapariga tem jantares e saídas todos os dias. Enfim, lá está a aproveitar a agitação do início de querer visitar tudo e aproveitar a noite Londrina e tudo mais.

 

Também teve a sorte de ter uma conhecida Belga que tem cá casa numa zona espectacular de Londres e onde a deixa ficar a viver por uns meses a preço de amigo.

 

A única coisa em que ela não teve mesmo sorte, mas isso é inevitável é a chatisse para conseguir abrir uma conta bancária em Inglaterra.

 

Pois a situação de estar em viver num apartamento só para ela que é de uma senhora amiga que, por sinal, não está sequer no país, não ajuda mesmo nada com a prova de que ela tem uma residência o que é essencial para abrir conta bancária.

 

Lembro-me que ao início eu ainda tentei ir perguntar a vários bancos os requísitos para abrir uma conta bancária, para ver se havia algum que não pedísse tanta papelada e verificações disto e daquilo. Mas não tive muita sorte. Cada banco pedia mais que o outro. O Lloyds então pareceu-me o mais exigente deles todos. Sinceramente após análises consideráveis ao sistema bancário cheguei à conclusão que o HSBC é, sem dúvida o banco onde, estrangeiros conseguem  abrir uma conta bancária mais facilmente. Mesmo assim acabei por não abrir lá porque a míuda da caixa que era uma incompetente lá me conseguiu perder formulários, enervei-me e nãopuz lá mais os pés. Mas geralmente os empregados são mais profissionais do que isso por isso, mesmo assim é o HSBC que aconselho a quem acabou de chegar ao país e não tem conta bancária. Foi também o banco que aconselhei a esta nova rapariga da empresa e ela lá vai tentar conseguir abrir conta com eles. A razão porque é tão moroso abrir conta tem a haver com a papelada que eles exigem incluíndo:

- 2 formas de identificação (geralmente BI e passaporte)

- prova de emprego ou de ser estudante

- prova que tem residência (geralmente pedem a conta tipo da água ou luz recente endereçada para a morada e com o nome da pessoa que vai abrir a conta). Geralmente isso é um problema porque quem quer abrir uma conta geralmente está há pouco tempo no país e ainda não teve tempo para receber contas para casa. Por isso o que HSBC tem bom que os outros bancos não permitem é uma prova alternativa de mudar na residência, por examplo uma carta escrita pelo senhorio a provar que mora lá juntamente com uma carta da conta do "council Tax" endereçada ao nome do senhorio para essa casa para provar que a pessoa que está a escrever a carta é, de facto, o senhorio. 

 

Portanto à que tratar desta papelada para quem quer abrir uma conta no por cá. Este é um país muito burocrático por isso, há só que ter paciência com os ingleses. A maioria das pessoas poderão pensar que, para abrir uma conta devia ser preciso apresentar BI e ter dinheiro para lá colocar dentro mas os Ingleses coitados, gostam de complicar as coisas, o que é que se há-de fazer?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 24.02.2010

    Exacto. As contas basicas sao favoraveis para conseguir uma rapidamente sem burocracias.Mas depois quando estiveres ca ha mais tempo poderas aceder auma conta normal.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.