Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Manifestacoes confrontam o encontro dos G20

O encontro dos G20 vai ter lugar já no dia 2 de Abril em Londres tendo como principais objectivos estabilizar os mercados financeiros, aplicar reformas e reforcar o sistema economico e financeiro global e consequentemente levar a um crescimento sustentavel da economia a nível global. Dada a gravidade da actual crise financeira, este ano este encontro dos G20 foi alargado para além dos líderes políticos dos países pertencentes ao G20 aos líderes dos bancos centrais, ministros das Financas, representantes da Tailandia e Etiopia, representante do NEPAD (New Partnership for Africa's Development), Ban ki-Moon - o secretário geral das Nacoes Unidas e José Miguel Barroso que como sabem é o Presidente da Comissao Europeia. Dado o seu alargamento, o encontro deste ano está a ser reconhecido como o London Summit.

Aproveitando este encontro de líderes mundiais vários grupos de activistas principalmente sindicatos, grupos de pacifistas, associacoes de caridade, grupos ecologicos, grupos anti-pobreza e anarquistas juntam-se para fazer várias manifestacoes antes e durante o London Summit em várias zonas da cidade. No passado sábado a manifestacao "Put people first" já decorreu e amanha junto 'a embaixada Americana terá lugar a manifestacao "Yes we can" que segundo os organizadores se refere a "Sim nos podemos acabar com a guerra em Gaza e libertar a Palestina, retirar as tropas do Iraque e do Afeganistao, criar trabalho e nao bombas, e parar de enviar armas para Israel." Também amanha numa das zonas financeiras de Londres haverao outras manifestacoes contra o capitalismo em que há a possibilidade de "atacar" os banqueiros que lhes passarem pela frente já que estes grupos responsabilizam os banqueiros pela actual crise economica em que nos encontramos. Ja no dia 2 grupos de Anarquistas entre outros prometem fazer várias interrupcoes ao proprio encontro do "London Summit".

Os jornais só tem falado nestes eventos nos últimos dias e já houve uma circular a passar pela escritório onde trabalho na semana passada a avisar que vai haver seguranca redobrada no nosso edificio durante os dias em que decorrerem estas manifestacoes, inclusivie uma das entradas vai ser encerrada; pedem-nos para trazer o passaporte ou outra forma de identificacao para além do habitual passe de entrada no edificio já que todas as pessoas a entrar vao ter que ser propriamente identificadas; vao fechar a porta das traseiras de entregas de mercadoria; pedem a todos os trabalhadores no edificio para se vestirem de forma mais casual e viajarem de transportes públicos para o trabalho amanha e no dia seguinte para evitar que grandes carros atraiam atencao indesejada.

Chicaaa! Com isto tudo o pessoal até fica nervoso ao ler o aviso a pensar o que raio poderá acontecer amanha. Como a minha empresa nao pertence 'a banca nao temos nada a haver com o assunto mas trabalhando na zona aparentemente somos tambem "um alvo", mas suponho que estas sejam apenas precaucoes extras e que no fundo nao haverá qualquer problema, se bem que já só se fala nos corredores como ninguém vai estar nada ansioso pelo dia de amanha. A ver vamos...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.