Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Go-Karting e escalada em Londres

Sábado foi dia de Go-karting, num evento que já estava há muito combinado com algum pessoal do trabalho.Como o local mais próximo e mais barato ficava localizado no "cú de judas" entre Heathrow e Slough numa zona chamada Colnbrooks, foi para lá mesmo que fomos. Depois de uma longa viagem em transportes públicos para chegar lá finalmente encontrei o F1K onde já estavam a maioria dos meus colegas. Após colocados os fatos e respectivo equipamento fomos para a pista onde começamos logo a acelarar à grande.

Para além de uma pequena experiência de go-karting na pista de uma escola secundária da Póvoa de Varzim, e da mini pista de karting que havia no Colombo, ainda nunca tinha estado em nenhuma corrida de go-karting mais "à séria" e organizada.

Quando estava a entrar para o meu carro pensei "bem, ainda nunca ouvi falar de ninguém que tivesse morrido por andar de go-karting, é porque deve ser seguro, por isso posso acelarar à vontade". E foi o que fiz. A sensação de querer ultrapassar e não deixar que a pessoa que vem mesmo atrás nos ultrapasse dava uma óptima adrenalina, mas tal o foi que também fui a única que tive um acidente na pista Bem, deixei-me levar pela corrida e a certa altura quando um dos meus colegas me ultrapassou eu achei que não podia deixar as coisas assim por isso carreguei ainda mais no acelarador mesmo antes da curva, o que obviamente não foi nada boa ideia porque me espetei na barreira laterar. Claro que os carros e barreiras são todos bem protegidos com borrachas por isso não houve males maiores, mas que doeu, doeu. Os árbitros pararam logo a corrida e vieram-me perguntar se estava bem e se não queria sair do carro, mas claro que não queria sair! Agora ali no meio da parte boa, queriam que eu fosse parar? Nem pensar! Lá continuei, mas desta vez com mais cuidado nas curvas, claro.

No final da corrida tivemos direito a pódio, medalhas e espumante, e eu mal queria acreditar quando anunciaram o 1º lugar que era MEU!

 

 

Escusado será dizer que os meus colegas após a fase de choque inicial por terem sido mais lentos do que eu, começaram logo com aquelas desculpas típicas masculinas "ah e tal, como és mulher deixamos-te passar". Deixaram-me passar uma ova! Mas se os faz sentir melhor, então que digam o que quizerem. Hehe!

Saídos do edifício dirigimo-nos para o pub local, bem típico Inglês, onde nos deparamos com uma banda a tocar durante grande parte da noite o que foi uma supresa bastante agradável.

 

 

 

 

Hoje, foi o dia de usar um voucher para escalada que me foi oferecido nos anos por um casal amigo que costumam fazer escalada com alguma frequência. Então por volta das 12h dirigimo-nos para o WestWay, um centro de desportos localizado entre Holland Park e Sheperd's Bush no Oeste de Londres. Eu ainda nunca tinha feito escalada por isso ao início tudo me parecia um pouco complicado, mas com um bom instrutor que é esse meu amigo, rapidamente estava a subir as várias paredes que haviam no centro (OK, nos percursos mais fáceis). Adorei a experiência!

 

 

A utilização de algumas técnicas para a subida é essencial, e isso é que tornou a escalada ainda mais interessante. Aprendi algumas, mas quando, no final, fui tentar uma das paredes com um grau de dificuldade mais avançado, mesmo usando os suportes de todas as cores diferentes (geralmente deverá subir-se utilizando os apoios de uma só côr) não consegui passar do meio da parede. Sem dúvida que é necessário bastante treino para conseguir escalar esse tipo de paredes. A experiência foi muito boa e, para quem estiver interessado, os preços ficam a £9.50 por um dia ou £40 ao mês. Sei que existe ainda outra zona de paredes de escalada em Londres dentro de um casteleto perto de Manor House e Finsbury Park, mas não conheço mais nenhum outro local onde se possa fazer escalada.

Sem dúvida que aconselho a quem ainda nunca tiver experimentado.

O resultado deste fim-de-semana tão activo é que estou agora com uma grande nódoa negra no queixo (sim, no queixo!! Nada que uns quilos de base em cima não resolvam) e uma ferida nas costas

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.