Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

E foi tempo de mais uma despedida

O grande problema de ser emigrante e sairmos do nosso país é que os nossos novos amigos no país de chegada terão tendência para também terem o mesmo espírito de aventura e, ou serem também eles emigrantes, ou quererem experimentar a vida no estrangeiro eles próprios.

Pensamos que são as pessoas que deixamos para trás no país de origem que estão sempre a despedir-se, mas na verdade, quem vai ter muitas despedidas somos nós próprios. Principalmente numa cidade como Londres, que atraí milhares de pessoas temporariamente. Aqui, ao investirmos em grandes amizades, arriscamo-nos a que dentro de algum tempo essas pessoas decidam seguir outro rumo, caso não sejamos nós próprios a fazê-lo. 

Despedir-me de recentes amizades ou conhecidos aqui por Londres já me aconteceu várias vezes, mas infelizmente por duas vezes tive que despedir-me de grandes amigas.

 

A primeira foi a Celine, que já apresentei aqui no blog como a turista de Lisboa a quem fiz de guia durante a semana passada quando ainda estava em Portugal.

Já lá vai mais de 1 ano que a Celine decidiu partir de malas e bagagens de volta para França. O pior é que alguns meses antes ela tinha-me dito que nunca voltaria para a aldeia na Bretanha onde cresceu, mas afinal foi lá mesmo perto que ela foi parar de volta em França. O que me faz concluir que "nunca podemos dizer nunca", já que às vezes a nossa vida dá uma reviravolta da qual não nos encontravamos nada à espera e tudo o que julgavamos certo pode mudar num instante.

Lembro-me de ter ficado tão triste quando deixei a Celine na estação de Liverpool Street que tive que chorar ali mesmo, sozinha, no meio da estação. Uma criança que me tinha visto chorar, vem direito a mim, e estende a mãozinha na qual tinha um chocolate. Era para mim, para eu me sentir melhor.

 

Agora, no fim-de-semana antes de eu ir de férias para Portugal foi a vez da Ana, a minha amiga Espanhola, fazer a sua festa de despedida já que decidiu voltar para o seu país de origem. Desta vez lembrei-me de preparar uns presentes para a despedida dela que servissem como uma recordação dos 3 anos que viveu em Londres. Fiz-lhe um vídeo que continha um apanhado de várias fotos e vídeos de várias festas e passeios que marcaram a sua passagem por Londres, que ela adorou. Além disso, em vez de todos os amigos que foram à festa, assinarem um cartão de despedida, assinaram uma bandeira de Inglaterra. Acho que são aquele tipo de presentes de despedida que não custam nada a fazer mas que têm tanto significado pelas boas lembranças que nos vão trazer. Apesar da Ana estar agora de férias em Itália, ainda volta para a próxima semana por uns dias antes de apanhar o seu avião de vez para Barcelona, o que me deixa contente. 

 

Por vezes custa viver numa cidade em que as pessoas que se conhecem estão sempre em constante mudança e grandes amizades podem ser interrompidas a qualquer momento. Talvez por isso saba tão bem voltar a Portugal para o conforto da família e amigos dos "velhos tempos" que parece estarem lá sempre prontos a nos receberem de volta. 

 

Ficam algumas fotos da festa de despedida da Ana:  

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 22.08.2008

    Olá, muito obrigada pelo teu comentário ao blog
    Quanto ás minha experiencia Erasmus de facto nao coloquei nenhum post aqui ainda sobre isso, mas irei faze-lo. Agora nao posso estar a contar a história toda de como foi a experiencia mas assim que tiver mais tempo eu escrevo um post dedicado a isso. De qualquer forma e de forma resumida - ADOREI!! Foram sinceramente os melhores 6 meses da minha vida até agora. Pontos positivos - quase tudo, o pais, as pessoas, as diferencas de cultura, os novos amigos, as festas, as poucas disciplinas, os exames relativamente fáceis, a residencia de estudantes, os outros estudantes erasmus, a experiencia em si... Pontos negativos - o facto de que quando voltei a portugal ainda tive que fazer 3 cadeiras em exame porque nao me era permitido fazer mais do que 4 cadeiras em Londres e no total em portugal nesse semestre tinha 7.
    Aconselho vivamente Erasmus e a grande maioria de pessoas que conheco que fizeram erasmus tb adoraram as respectivas experiencias. Quanto á lingua em que sao efectuados os exames será o Ingles por cá como é logico mas se fores para outro país geralmente tens a opcao, sendo aluna estrangeira, de teres as aulas e exames ou na lingua desse país ou em Ingles. Ja na minha univ em Portugal também havia uma turma que tinha as aulas sempre em Ingles, e era nessas aulas que íam os alunos erasmus.
    Espero que a informacao ja tenha ajudado um pouco. Vai aparecendo sempre e se tiveres mais questoes estas 'a vontade para perguntar.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.