Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

2ª mudança de casa em 3 meses.

Finalmente, é amanhã que vou poder sair deste apartamento para a nova casa. Mas já quase que não ía ser amanhã. Isto claro, porque com o azar que eu tenho tido, as coisas não se resolveram de forma nada fácil também para esta nova casa.

O problema foi mesmo com a agência imobiliária que, inicalmente tinha-nos mentido relativamente à mobília que ía ficar na casa (que afinal muita não fica) mas o pior foi mesmo nesta quarta-feira quando fomos à agência para assinar o contrato e, uma vez lá, descobrimos que existe uma cláusula da qual não tinhamos ideia anteriormente. Já sábiamos que o contrato era suposto ter a duração de 16 meses, mas o que o agente me tinha dito era que se quizessemos sair antes bastava encontrar novos substitutos e estava o assunto resolvido. Mas afinal não é bem assim. O facto é que se ambos decidirmos sair da casa antes do fim dos 16 meses teremos que pagar 10% do restante que falta de renda até ao final do contrato. Oquê???? 10%?? Devem estar mas é doidos se pensam que eu alguma vez ía aceitar uma cláusula dessas. Resultado, saimos da agência sem assinar nada e ficou a promessa de que o agente ía falar com o senhorio e resolver o assunto. Escusado será dizer que para resolver o assunto tive que andar a trocar imensos mails e telefonemas com o agente que o homem não queria ceder nem por nada. Como estavamos a ver a coisa mal parada achamos por bem recorrer a um plano B e recomeçar à procura de nova casa em casa do outro senhorio não concordar em retirar a cláusula dos 10%. Ora lá andei eu novamente, 2 dias antes da data em que era suposto mudar-me (e isto já tendo encontrado a casa à mais de 1 mês) novamente a ver casas. Também acho que isto é preciso ter um azar impressionante! 

Felizmente hoje (sexta-feira) o agente lá percebeu que eu estava a falar a sério quando disse que não ía assinar o contrato se não retirasse aquela cláusula, e lá surgiu com uma nova alternativa, à qual nós concordámos. 

Lá fomos assinar finalmente o contrato à agência ao fim do dia, e desde as 19h até às 23h entreti-me a fazer as malas. Pior que tudo - as malas ainda não estão totalmente feitas. É impressionante a quantidade de coisas que eu consegui enfiar dentro deste pequeno quarto. 

Bem amanhã lá vou para a minha nova casinha. Estou tão entusiasmada finalmente!! grande diferença com a minha última mudança de casa à 3 meses atrás. Tinha passado parte da noite anterior ao dia da mudança no jardim a relembrar os bons momentos passados naquela casa durante o primeiro ano em que lá estive. Que pena que as coisas não continuaram a correr assim, mas sem dúvida que as boas lembranças foram mesmo muito boas. Senti uma grande nostálgia ao deixar aquela casa e um certo vazio ao chegar a esta nova onde não conhecia quem cá morava.

Hoje o cenário é totalmente oposto. Se me lembrar de experiências desta casa, à excepção de algumas noites de longas conversas com o Michael, de restante só tenho más lembranças deste apartamento.

Agora neste novo apartamento o único problema vai ser mesmo a falta de internet durante pelo menos as duas primeiras semanas :-S Vou vendo mails e talvez dê para postar alguns textos escritos na noite anterior quando eu estiver no trabalho, mas de certeza que vou sentir a falta da internet estas duas semanas. Também de certeza que só me vai fazer bem. A ver se leio mais livros em vez de passar as noites enfiada em frente ao portátil.   

14 comentários

Comentar post