Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Próxima paragem - debaixo da ponte

Bem, para a próxima é melhor estar calada. Afinal a probabilidade de viver debaixo da ponte neste momento é altamente mais provável do que viver nesta nova casa para onde me quero mudar. Porquê? Porque ao fim da tarde recebi um email da agência a dizer que após verificação das referências, o meu processo para me candidatar a viver naquela casa não tinha sido aprovado. Isto porque a minha actual agente disse, quando lhe perguntaram, que não me voltaria a alugar a casa visto que eu estou a sair antes do mínimo de 6 meses. 

 

Nem queria acreditar que o meu processo tinha sido negado. Ela disse-nos que podíamos sair a qualquer momento desde que dessemos 1 mês de aviso. Por isso porque é que agora me vai fazer isto?? 

 

Telefonei logo para a agência para falar sobre o assunto mas a pessoa responsável já não estava lá. mandei-lhe um email detalhado a explicar a situação e a dar a carta de referência da senhoria anterior. Amanhã volto também a tentar ligar de manhã. Agora a situação é mesmo dependente se eles são flexíveis com a situação da averiguação das referências ou se não. 

 

E ainda mais estranho é que a mim enviaram um formulário para a minha patroa responder, telefonaram para a agente actual e telefonaram para a minha amiga que eu tinha dado como a referência de carácter. Ao meu flatmate, no entanto, eles nem sequer o trabalho dele contactaram e mandaram-lhe também um email hoje a dizer que o seu processo tinha sido aprovado {#emotions_dlg.serious}

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    LondonCalling 13.06.2013

    Olá anonimo...eu diria que as pessoas são tão ou mais sérias que em portugal. Em portugal tens um taxista que leva um turista ate a baixa por 50€.
    tens construtores que te vendem uma casa com problemas estruturais.
    So não tens a mesma situação no mercado de arrendamento porque é uma sorte arranjarem alguém para arrendar a casa. Com o credito facil como existia e sobretudo as leis que defendem o inquilino e penalizam o senhorio nenhum senhorio te passa a perna ou arrisca uma valente multa. Aqui tens o mercado liberal...se não queres há quem queira. é uma dor de cabeça, mas tb é a razao porque tens casas com seculos de vida que não estão a cair aos bocados (como em lisboa). Era bom que fosse um meio termo.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 14.06.2013

    Sim, eu sei, mas faz-m confusão a falta de solidariedade e principios, que tb existe em portugal no mercado de venda/compra, etc, etc. No geral são coisas que me fazem impressao, por exemplo porque é que a senhoria da Tuga Em Londres lhe passou a perna? Não podia ter sido correcta? É isso que me desilude, não é que eu seja inocente ou inexperiente, mas tenho mm pena que nos comportamos todos como máquinas impessoais, sem qq tipo de real interaccao com o outro. Percebem? E isso é no mercado imobiliário, é no banco, é nos serviço. Cada um de nós devia olhar mais para o outro e não estar sempre só a fazer contas do que vai render mais (a nós ou à impresa que servimos)
    Enfim é só um desabafo.
  • Sim mas nao acho q as coisas sejam preto ou branco.
    So li por alto mas a tuga emmlondres parece ter saido antes do tempo e violando assim os termos do contracto. N sei como as coisas ficaram mas o sonhorio podia por lei obrigar a pagar as rendas de 6 meses e n o fez.
    Se te puseres no lado do senhorio, que tem de perder tempo e dinheiro a arranjar novos inquilinos, ele é o prejudicado e esta no direito de dizer a quem lhe perfunte que n redomenda esta pessoa porque n respeitou os termos do contracto...
    Se veres do lado dele foi a tuga em londres q n foi "solidaria" e que n soube "olhar para o outro".
    (Se bem que se perfuntas a mim eu n o faria...é sempre bom sair a bem para n correr o risco de alguem partir a casa )

    Falando do que se passou cmg.
    O meu ex senhorio fez umas obras para limpar e pintar paredes cheias de humidade. Algo q me tinha queixado, que tinha a ver com probs estruturais do edificio, e que o senhorio se ia mostrando receptenvo em tentar resolver. Ms so o fez qd sai...e qd recebeu a factura achou demais...e como eu era quem la morava achou no direito de ficar com o meu deposito para cobrir metade das despesas.
    Se me colocar nos pes dele, o inquilino foi o causador daquilo pq qq um q respires naquela casa causa aquilo...
    Ms estando do meu lado achei q ele se estava a aproveitar.
    Especiamente qd eu tinha visto q a tinta q usavam era plastica...e tinham varias camadas dela a descolar da parede como se fosse papel...o que me fez crer q ele pintava por cima sempre q o damp aparecia. E q qd me disse q nunca tinha visto aquilo estava a mentir.
    Logo, de certa forma, os 2 teem razao. Depende é quem veste a pele de quem.
    Felizmente descobri q ele n tinha colocado o meu deposito num deposit scheme...e que por lei podia ter de me pagar uma multa 3x o deposito. Um email bastou para ele acalmar. Tive sorte.
  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 19.06.2013

    Pois mas essa não era a situação. Ela tinha-nos dito que podiamos sair quando quizessemos desde que dessemos 1 mês de antecedência de aviso. Nós perguntamos-lhe primeiro se podiamos ir antes de dar o notice. Ela disse que sim. Portanto a partir desse momento não deveria fazer queixas de nós já que não se queixou conosco sobre o assunto. Enfim, mas já está. Agora só espero que efectivamente isto se resolva e que ela nos devolva o depósito. Quanto à tua situação, se eram problemas estruturais do edifício não existe razao para os inquilinos terem que pagar metade das despesas. Isso tem a haver com as condições/idade da casa. A casa é suposta estar em boas condiçoes de habitaçao e paredes com humidade podem causar más doenças por isso não é nada um bom ambiente onde viver. Esse tipo de situações são mesmo da responsabilidade do senhorio. Não do inquilino a não ser que fosse comprovado que por neglig~encia do inquilino, este tivesse feio algo que levasse ao aumento de humidade da casa.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.