Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Será que a história se volta a repetir?

Os leitores mais atentos, talvez se lembrem da experiência por que passei numa das casas onde vivi, onde um dos meus flatmates mudou a namorada para viver lá em casa sem ter avisado ninguém. Pois é, estou a suspeitar que a história se está a repetir agora. No início do verão, a minha mais recente flatmate perguntou-nos a mim e ao meu outro flatmate se não nos importavamos que o namorado dela ficasse por cá a viver um mês, enquanto ele não tinha a residência de estudante dele. Nós dissemos que não teria qualquer problema. Afinal, era só um mês, não custa nada ajudar o rapaz e ele até é calminho e simpático, por isso tudo OK. Mas, isto era por um mês. Passado esse primeiro mês ele lá saiu, mas vinha frequentemente cá ficar a casa. Agora, tenho estado a prestar atenção ao assunto e, nas últimas duas semanas, acho que ele só não ficou cá em casa 1 ou 2 noites. - "Ora, tem a santa paciência, minha amiga, mas não achas que o teu namorado já está a prolongar a estadia um pouco em demasia? Ou ele já está mesmo de mala e cunha a viver cá?" Acho que chegou o ponto de falar com ela sobre o assunto já que ela não diz nada sobre isto. 

 

Uma coisa é verdade, e também parte da razão que tenho adiado falar com ela sobre o assunto - é que o rapaz não me faz quase nenhuma diferença por estar cá porque quase nunca o vejo. Ao início chateava-me um bocado porque era um bocado desarrumado, mas ao que parece o meu outro flatmate falou com ele sobre a desarrumação e ele agora, simplesmente não deixa rasto. De qualquer forma, não deixa de ser mais uma pessoa a tomar banho, que vai querer o aquecimento ligado durante o dia porque ele está a estudar portanto passa mais tempo em casa que qualqer outro de nós. E isso tudo claro que vai calhar nas nossas contas. Alguém dos custos associados, acho que a única coisa em que ele me chateia mesmo é que me bebe o café todo e não repõe. Típico!

 

É chata esta situação já que, mais uma vez, vou ter que ser a má da fita que vai pedir explicações por o rapaz estar cá a viver sem consento prévio. Enfim, faz parte das relações a viver com flatmates. É assim,... há que lidar com a situação.