Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

É noite de Halloween

 

Clique para dar mamogramas gratuitos

Este ano o Halloween em Londres está a ser celebrado de forma que ainda nunca tinha experienciado. Talvez por ter calhado a um fim-de-semana e pela temperatura ter estado amena nos últimos dias, parece que a cidade inteira celebrou (ou está a celebrar hoje, visto que hoje é que é a noite oficial) o Halloween.

 

No caminho para a house party a que fui ontem passei por 4 outras house parties ali na zona. E ao voltar para casa, já pelas 4h reparei ao sair da casa onde decorreu a festa, que na mesma rua estavam mais pessoas a sair de duas outras casas com festas equivalentes. Todos muito mascarados, todos cheios de sangue falso, dentes de vampiro, cornichos de diabos, maquiagem de zombies, chapéus de bruxa e uma variedade de tantas mais máscaras que personalisaram na noite de ontem. Depois, quanto mais andava pelas ruas residenciais mais casas com festas se viam das quais me apercebi ou por ainda estarem no auge do som ou porque as pessoas mascaradas estavam a sair lá de dentro. Podia ser de madrugada mas as ruas estavam tão cheias de gente quase como se fosse 10h da noite. Com a pequena diferença que as pessoas com que me cruzava na rua estavam vestidas apropriadamente a Halloween. interessante como este evento teve tantos aderentes este ano e foi muito engraçado cruzar-me com as pessoas na rua a meio da noite todos vestidos de bruxas e vampiros, como se fosse a coisa mais normal do mundo.

 

Escusado será dizer que na sexta-feira, lá no trabalho acabei por me decidir a não levar máscara nenhuma. Ainda houve muitos colegas a levarem mas sinceramente não tive paciência para pensar na fatiota que fosse assim mais apropriada para levar para o trabalho, mas mesmo assim sendo diferente o suficiente para se tornar interessante. Também sabia que se fosse mascarada ía ter que perder tempo a tirar fotos e últimos retoques da máscara, etc., e tempo extra é coisa que não tenho no meu dia-a-dia, por isso achei que seria melhor deixar isso para os meus colegas e dedicar-me a dar-lhes apoio moral.

 

Halloween 2010

 

 

Halloween 2010

 

As fotos em cima foram da festa, mas a de baixo foi mesmo o pessoal do escritório na sexta-feira. Eles dedicaram-se mesmo. Hehe!

 

 

Halloween no trabalho

 

 

A 5ª Cartada Tuga foi assim

 

Desde residentes de longa data ao casal acabadinho de chegar de Lisboa naquele mesmo dia, tivemos um óptimo grupinho no encontro da 5ª cartada que decorreu neste fim-de-semana passado.

 

Como já mencionei antes haverá apenas mais um encontro das cartadas a decorrer em inícios de Dezembro em data a confirmar, mas que muito provavelmente será no primeiro fim-de-semana do mês. Neste último encontro não haverá mais jogatina de cartas porque irá antes ser revelado quem é o vencedor das Cartadas Tugas realizadas até então (eu estou excluída do lugar vencedor pelo que não serei eu). Este encontro irá contar com um jantar num bom restaurante Português de Londres. Ainda não decidi qual pelo que se tiverem sugestões de um bom restaurante Português façam favor de as sugerir.

Ficam as fotos do encontro deste fim-de-semana:

 

 

5ª cartada foto grupo




Há "house parties" que não se esquecem

 

 

Sabem quando têm uma daquelas noites ou dias em que, de alguma forma, aconteceu algo tão bom ou marcante que pensam que nunca irão esquecer essa data? Pois tive exactamente uma dessas noites, ontem.

 

 

Fui convidada para uma house party de despedida de apartamento (visto que os actuais residentes estão de mudanças) em Shoreditch. Como só conhecia um dos residentes e ainda o conhecia mal não sabia o que bem esperar da sua festa ou do seu grupo de amigos, mas logo ao entrar fiquei positivamente surpreendida. Localizado no topo de um edifício em plena Shoreditch High Street. Ao entrar, a mesa de mistura com vinil do DJ logo à frente, no canto; à esquerda três grandes janelas com vista para a High Street; à direita uma sala enorme em open plan com a cozinha. Nada "fancy" ou "posh". Pelo contrário, tudo muito retro, meio desarrumado com "arte" pornográfica a decorar as paredes (segundo os donos da casa, só colocaram aquilo mesmo no dia pela piada para a festa).

 

Enquanto que na minha festa de aniversário eu tive a temática Camden Town para as pessoas estarem mascaradas apropriadamente, nesta festa, muitos dos convidados realmente se vestiam assim naturalmente, mas não só. Entre pin ups, goths, estilos artísticos, até ao pessoal vestido de quem tinha acabado de sair de uma discoteca (e efectivamente esse foi o caso para alguns que apareceram pelas 3h da matina), havia um pouco de tudo por aquela casa. Altamente ao verdadeiro estilo "East London" e Shoreditch (quem conhecer bem as características desta zona percebe exactamente ao que me estou a referir). Foi mesmo uma muito boa festa que, sem dúvida ficou no top 10 ou talvez até no top 5 dos melhores momentos que passei em Londres até agora. Adorei!

 

 

Acabei por ver o sol nascer enquanto dançava junto àquelas grandes janelas, mas mesmo com poucas horas de sono isso não me impediu de acordar bem a tempo para o planeado encontro da 5ª cartada. Juntamos ali um grupo bem simpático de 14 pessoas. No próximo post coloco fotos, mas desta vez não anunciarei os resultados das cartadas porque como vou organizar para o último encontro do ano um jantar num restaurante Tuga, então os vencedores das 5 sessões de cartadas serão revelados nesse jantar a decorrer em inícios de Dezembro (mais próximo da data coloco mais informações).

5ª Cartada - Faltam 4 dias!

 

Clicar para oferecer um mamograma

E aqui fica a lembrança de que o próximo encontro entre pessoal Tuga ou de língua Tuga que vive em Londres e arredores vai ser já no próximo domingo dia 24!{#emotions_dlg.happy} Venham e tragam amigos se quiserem. Se vierem sozinhos, ainda melhor porque começam desde logo a travar novos conhecimentos.

 

Será uma óptima oportunidade para quem é novo na cidade conhecer novas caras e para quem já cá está há muito tempo desenferrujar o Português, trocar ideias sobre Londres, conversar sobre tudo e mais alguma coisa e divertirem-se. Entre dois dedos de conversa, uma pint e um jogo de cartas, novamente espera-se uma tarde muito bem passada. Todos os detalhes encontram neste post. Qualquer dúvida podem deixar um comentário ou enviar um e-mail.

A minha tentativa frustrada da roller stroll

Clique para oferecer mamogramas gratuitos
Os leitores mais atentos do TugaemLondres, talvez se lembrem deste post de 2007? Nessa altura tinha descoberto o grupo de patinagem em linha que se encontra todas as sextas à noite e domingos à tarde no Hyde Park, para irem juntos dar uma volta de patins pela cidade. Participar nestes passeios em grupo é gratuito e tinha ouvido dizer que eram muito bem organizados, tal como pude comprovar pela primeira vez ontem.

Pois é, passados 3 anos, lá finalmente decidi tirar os patins do pó e juntar-me ao grupo de patinagem de domingo à tarde. Fui com uma amiga que já tinha participado anteriormente e que tinha adorado a experiência. Por isso lá me convenci a ir também. Ao chegar à zona em Hyde Park Corner onde o grupo se costuma encontrar, já estavam muitas pessoas também à espera. Quanto chegou próximo das 14h (hora da partida) já se encontravam lá perto de umas 40 pessoas o que é sempre bom. Os organisadores estavam vestidos com coletes amarelos florescentes visto que são eles a tomar conta do grupo e abrir caminho ao longo do percurso ora mandando os carros parar, ora certificando-se de que nenhum membro fica para trás.

Antes do passeio ter início todos os participantes foram chamados em conjunto e explicaram-nos os pontos chave do percurso a percorrer, assim como deram-nos dicas de segurança e indicações gerais. Íamos atravessar a Vauxhall Bridge, depois voltar pela Battersea Bridge, com uma paragem ao decorrer da primeira hora, e ao fim de duas horas estariamos de volta ao ponto de partida em Hyde Park.

Depois do discurso inicial chamaram à parte as pessoas que ali estavam pela primeira vez (que era o meu caso) e disseram-nos que se nós não conseguirmos acompanhar a velocidade do grupo vamos ser convidados a sair, para treinarmos mais sozinhos e voltarmos a tentar na semana seguinte. Foi neste momento que eu comentei à minha amiga como seria mau se alguém não conseguisse acompanhar o grupo. Mal sabia eu o que me esperava...

Com uma espécie de bicicleta a motor com um forte sistema de som que ía à frente e com várias pessoas simpáticas perto de mim que tinha acabado de conhecer, tinha ali todos os ingredientes para uma tarde bem passada. Deu-se início ao passeio e lá fomos nós. Saímos de Hyde Park para a rotunda central com um arco e daí, fomos na direcção do Buckingham Palace. Eu sei que tinha brincado em como seria mau alguém deixar-se ficar para trás, mas o certo é que já a meio da rotunda eu comecei a ver um a um, todos a passarem-me à frente. Quando olho para trás só estava um dos organisadores atrás de mim a lembrar-me de que se eu não conseguia acompanhar o resto do grupo, tinha que sair. Eu não estava a acreditar naquilo. Até posso não andar de patins assim tão frequentemente, mas daí a não conseguir acompanhar todos os restantes era ridículo. Eu estava a fazer tudo certo, deslizava os patins de um lado para o outro, ligeiramente inclinada para a frente, tinha a posição certa para conseguir ganhar velocidade, mas nada disso. Será que sou eu que já não sei patinar? - pensei. Como é que é possível que eu não seja mesmo capaz de ir mais depressa do que estou a ir?. A minha amiga ainda puxou por mim, principalmente quando o organizador dirigiu-se a mim pela segunda vez e disse que tinha que sair. Estava a ser super frustrante, eu sabia que conseguia andar mais rápido que aquilo, mas os meus patins simplesmente não estavam a dar mais e, pelo contrário, parecia que cada vez estavam mais lentos. o grupo já estava quase a chegar à rotunda do Buckingham Palace, e eu ainda estava mais perto de Hyde Park Corner, com a minha amiga a puxar por mim e o organisador a pedir que fosse practicar sozinha. Tive que dizer à minha amiga para ir sozinha sem mim, que não valia a pena. Eu não conseguia mesmo ir mais rápido do que aquilo e não queria que ela perdesse o grupo de vista por causa de mim.

Lá fiquei eu para trás e eles continuaram. Ao parar semi-frustrada à beira do passeio para tirar os patins, de repente vejo uma coisa preta a sair-me por debaixo dos patins. Ahhh, então era por isso que não conseguia patinar - pensei eu - tinha algo entalado nas rodas. Baixo-me para tentar identificar o que era, e tal não é o meu espanto quando vejo que não era algo que tinha ficado entalado nas rodas, mas sim as próprias rodas ali todas desfeitas no chão. 4 das rodas entre ambos os patins tinham-se partido/desfeito completamente. Acho que deixei os patins fechados dentro de uma mochila durante demasiado tempo {#emotions_dlg.barf} Mas enfim, ao menos houve uma razão justificada para aquela lentidão toda. Já não sou a trolha dos patins como fiquei a pensar que era durante uns momentos.

Pesquisas feitas, já sei onde comprar novas rodas e não custam mais que £10 por isso tudo bem. Agora fiquei mesmo com vontade de participar no tal passeio, por isso a ver se resolvo o assunto das rodas rapidamente para uma nova tentativa, espero que menos frustrada.

Prova de vinhos Portugueses no domingo 17 Oct em Londres

Clique para oferecer mamogramas
Acabei de ver na newsletter da TimeOut que está de momento a decorrer o Cheese & Wine festival no Southbank centre que conta com muitos queijos e vinhos bons. Durante o festival vão haver várias provas de  vinhos e amanhã à 1h da tarde a prova de vinhos será de vinhos Portugueses da Casa Leal. Os detalhes ficam aqui: http://www.cheesewinefestival.com/?What's_On

Halloween no trabalho

Hoje à tarde fiquei admirada ao ver que a administradora estava a colar nas paredes de cada escritório um poster com algo que se parecia com um poster de Halloween. Mesmo antes de me levantar para ir ver o que estava lá escrito, já tinha também um e-mail dela com um pdf do mesmo. Concurso de máscaras de Halloween por toda a empresa. O objectivo é que na sexta-feira dia 29 todos levem para o trabalho uma máscara alusiva ao Halloween, tire uma foto e envie para a sede nos Estados Unidos para que o júri, constituído por 4 pessoas, uma delas sendo a minha chefe, escolha a máscara mais original.

Bem, sem dúvida que a ideia até está engraçada e vai fazer com que essa sexta-feira seja muito pouco aborrecida, mas por outro lado, mascarar-me de Halloween durante o dia e enviar a foto para os chefes verem, tem muito que dar que pensar. A ver vamos se me sinto inspirada no dia para participar. O vencedor ganha um voucher de $150 que até dava jeito para umas comprinhas em Nova York. Problema é que se quero ganhar o voucher tenho que aparecer com algo mesmo muito original no meio das várias centenas de pessoas que são capazes de participar, por isso não sei bem se terei grandes chances com a coisa. Algumas ideias de uma máscara sugestiva?

 

Halloween no trabalho

Porque é que eu gosto de Broadway Market

Clique para oferecer mamogramas
No fim-de-semana anterior apeteceu-me ir passear um pouco pela cidade, mas queria ir a algum local onde nunca tivesse ido antes. Enquanto olhava para o mapa de Londres sem muita sorte em encontrar uma zona onde ainda nunca tivesse estado, lembrei-me de que há relativamente pouco tempo me tinham falado de um mercado muito giro em Hackney. Não me lembrava do nome mas nada que uma pesquisa no Google por mercados em Hackney não tivesse resolvido. Chama-se Broadway Market e, efectivamente, ainda nunca lá tinha estado. Verdade seja dita eu não morro de amores pela zona de Hackney, mas, tal como se diz é "up and coming", e a pouco e pouco esta área de Londres que já foi muitas vezes classificada como uma zona com elevada criminalidade em Londres, está cada vez a atrair mais jovens profissionais para lá irem morar e a criminalidade está a diminuir. Surgem barzinhos giros, cafés, boutiques, novas propriedades e com locais como o Broadway Market (que neste caso já existe há muito tempo) às portas de London Fields ajuda a atrair ainda mais pessoas.

 

O Broadway Market em si é um mimo. Localizado junto ao Regent's Canal, na rua com o mesmo nome, logo à distância apercebi-me de que estava a entrar num local com óptimo potencial pela música que se fazia ouvir de uma das barraquinhas do mercado que vendia CDs e discos de música que não se costuma ouvir nos tops. De cada um dos lados da rua existem lojas mesmo muito giras em que só apetece comprar tudo. Desde lojas de roupa e acessórios vintage, livrarias independentes, lojas de arte e design, e cafés com um aspecto super convidativo para lá entrar com um livro e passar a tarde sentada a ler acompanhada de um daqueles cappuccinos cheios de espuma e muffins saborosos feitos no dia.

 

No centro da rua ficam duas fileiras de barraquinhas onde maioritariamente se vendia comida desde fruta e vegetais a empadas e comida saudável feita na hora, mas também com umas barraquinhas com livros, artesanato, acessórios e roupa.

 

Tudo com óptimo aspecto e um ambiente geral da rua muito agradável. Adorei! A parte menos favorável é que eu queria mesmo sentar-me num café para escrever um bocadinho, mas a maioria dos cafés estavam cheios ou quase cheios e eu queria um bocado de calma. Já estava a pensar ir a algum café mais afastado do mercado, mas foi logo ao atravessar a ponte do canal que me deparei com uma loja de bicicletas por onde me decidi ficar. Sim, leram bem, uma loja de bicicletas. É que lá dentro, metade do espaço era a tal loja de artigos de ciclismo, e a outra metade (se bem que os dois lados se fundiam um pouco com acessórios de bicicletas junto às primeiras mesas) era um café com mesas de madeira e umas janelas muito longas viradas directamente para o canal. Chama-se Lock 7. Muito agradável mesmo. Adorei a minha descoberta.

 

Artista de rua no Broadway market

 

Para chegar ao Broadway Market podem andar cerca de 30-40 minutos desde Liverpool Street, ou então apanham um autocarro na direcção de Hackney Central, e ao passarem por hackney Road, junto à paragem do Haggerston Park, saiam do autocarro e percorram o resto a pé. Melhor ainda é aproveitarem já que estão em Haggerston Park e visitem a Hackney City Farm (mais outra descoberta que fiz nesse sábado). Tal como o nome indica essa é nada mais nada menos do que uma quinta, e qualquer pessoa pode lá entrar e ver os animais - porcos, galinhas, coelhos e outros quantos animais variados. É sem dúvida um bom local para se visitar principalmente para quem tiver crianças, visto que aquela quinta estava cheia de famílias com a criançada toda divertida ao ver os animais ali ao vivo e a cores, bem no centro da cidade de Londres. Passando pelo lado direito do Haggerston park, pela Goldsmith's Row vão ter directamente ao Broadway Market.

 

Notem que o dia de mercado é ao sábado entre as 9h e as 17h. Podem visitar o site do Broadway Market aqui.

Cartadas Tugas - 5ª Cartada

Clicar para dar mamogramas
Preparados para a quinta e penúltima sessão das Cartadas Tugas 2010? Pois esta vai ser já em duas semanas a decorrer no domingo dia 24 de Outubro.

Desta vez o local escolhido é o moderno pub/bar Camino em Kings Cross. Fica localizado a 2 minutos a pé da estação e já temos uma área reservada no nome "Tuga em Londres" na zona do bar. Tem a vantagem de ser um bar mesmo muito giro, com uma área ao ar-livre se estiver uma temperatura agradável e servem tapas Espanholas para quem estiver com fome.

Mais uma vez o objectivo será socializar e desenferrujar o nosso bom Português durante a tarde, e durante cerca de 20 minutos dedicamo-nos ao nosso jogo de cartas do encontro. Este será o penúltimo jogo de 2010, jogo esse que será novamente o Tufa Tufa, porque apesar de já o ter anunciado duas vezes, ainda não o chegámos a jogar. Para já eu estou em primeiro lugar, e eu NÃO quero ser a vencedora já que quero dar o belo do prémio a outra pessoa, portanto, toca todos a vir ao penúltimo e último encontros do ano para me conseguirem passar à frente nas pontuações.

 

Ficam os detalhes do encontro:


Bar Camino
Dia: Domingo, 24 de Outubro

Hora: 15:30h

Local: Camino, 3 Varnishers Yard, The Regent Quarter, Kings Cross, N1 9FD

Como chegar lá: O Camino fica um pouco escondido, mas é muito próximo da estação e não é difícil de encontrar. Ao sairem de Kings Cross (evitem sair do lado de St. Pancras porque se não conhecerem bem a zona é fácil perderem-se) virem para a esquerda no sentido da Pentonville Road. Assim que atravessam a estrada York Road, mantêm-se no passeio do lado esquerdo da Pentonville Road e viram no primeiro beco à esquerda. A entrada do Camino vai estar logo aí à direita. Mapa aqui.

Jogo: Tufa Tufa

 

 

Jogo de cartas "Tufa Tufa"

O objectivo é ficar sem cartas na mão sendo que se deve jogar uma carta de mesmo naipe ou de mesmo valor à carta na mesa. Se não tiver, então tira uma carta do baralho e passa a vez. Existem 5 cartas especiais que são:

 

7: quando jogado força o próximo a jogar outro 7. Se não tiver, deve tirar três cartas e passar a vez. Caso contrário, se também jogar um 7, força novamente o próximo a jogar outro 7 ou então a tirar seis cartas. E assim por diante...


Ás: salta a vez do próximo.


9: força o anterior a comprar uma carta.


Dama: inverte o sentido do jogo.


Valete: pode ser jogado a qualquer momento (excepto sobre um 7) e seu naipe não tem valor. Quando jogado, quem jogou escolhe o naipe da carta que o próximo participante deverá jogar.


Quando estiver apenas com duas cartas na mão, antes de jogar uma delas, tem que dizer "Tufa Tufa". Se esquecer, alguém falará "Tufa Tufa" por si, obrigando-o a tirar três cartas. Se disser "Tufa Tufa" no momento errado, também vai ter que tirar três cartas. Ganha o jogo quem acabar as cartas primeiro. Este é um jogo muito simples e divertido. Semelhante ao Uno, para quem conhece.

 

Se pretenderem vir ao encontro deixem um comentário ou mandem-me um e-mail (encontram o e-mail no meu perfil) a confirmar porque próximo da data terei que confirmar números para a reserva.

 

Se quizerem saber como foram as últimas cartas vejam aqui a 4ª cartada, a 3ª cartada e a 2ª cartada (à 1ª cartada tive uma viagem de última hora por isso não tenho posts sobre este encontro).

 

Até domingo dia 24!

 

O que fazer em Londres em Outubro 2010

Clique para dar mamogramas
E este mês já se começa a notar uma maioria de eventos e acontecimentos a decorrer por entre 4 paredes. Nota-se bem que já entramos no Outono. E, entre 4 paredes também, com a possibilidade de uma estadia no jardim se estiver bom tempo, será o encontro da 5ª Cartada Tuga organizada aqui pelo blog. Mais detalhes sobre este encontro no próximo post.

 

B-Boy championship final O que é? Final do campeonato mundial de break dance. Quando? 10 de Outubro. Quanto? £18.50. Onde? O2 Brixton Academy. Estação? Brixton.

 

BFI London Film Festival O que é? Uma selecção de 197 longas metragens e 112 curtas metragens irão ser apresentados neste festival de filme. Quando? 13 a 28 de Outubro. Quanto? De £7 a £30 dependendo. Onde? Vários cinemas e outros locais.

 

London Graduates Fair O que é? Expo para recém graduados que procuram o seu primeiro ou segundo emprego e terão a oportunidade de contactar directamente com potenciais empregadores. Quando? 19 de Outubro das 12h às 18h. Quanto? Gratuito. Onde? Business Design Centre em Islington. Estação? Angel.

 

Britain's Next Top Model Live O que é? Expo de moda que inclui passagens de modelo, exposições de designers, makeovers, entre muitas actividades que bem definem o mundo glamoroso da moda. Quando? 22 a 24 de Outubro. Quanto? A partir de £18. Onde? Centro de exposições Excel. Estação? Custom House.

 

Cartadas Tugas - 5ª Cartada O que é? Encontro ocasional de expatriados em Londres que partilham a língua de Camões e a boa disposição em comum. Quando? Domingo, 24 de Outubro às 15:30h. Quanto? Gratuito. Onde? Camino, Regent Quarter, King's Cross Kings Cross, 3 Varnishers Yard, London N1 9FD Estação? Kings Cross.

 

Halloween O que é? A noite de Halloween ou noite bruxas é celebrada à estilo Americano pelos, bares, discotecas e casas de Londres, pelo que será fácil encontrar uma festa de máscaras nessa noite. Um exeplo de uma festa de Halloween é realizada na discoteca Scala, no link do título. Quando? 30 de outubro. Quanto? £18.50 Onde? Discoteca Scala, Kings Cross. Estação? Kings Cross

Pág. 1/2