Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Passagem de ano em Vieira de Leiria

Eram meados de Dezembro quando começo a falar com o pessoal sobre a nossa passagem de ano...

E pergunto: "Então este ano comé que é para a passagem de ano"?

A minha amiga responde: "Olha este ano vamos passar a Vieira de Leiria".

Eu: "Vieira de Leiria?? Então e isso fica aonde?"

Amiga: "Pois olha também não sei muito bem, mas acho que deve ser mesmo perto de Leiria."

Eu: "Então mas porque raio de razão é que vamos para lá? O que é que aquilo tem de especial?"

Amiga: "Epá não faço ideia. Isso foram invenções do Marcelo que tem uma amiga que costuma passar lá as passagens de ano e diz que aquilo é muito bom. Só sei que a casa onde vamos ficar fica perto duma rua cheia de bares que é o que interessa."

 

Bem, fiquei naquela, Ok então, vamos! Isso onde é a passagem também não interessa muito.

 

No dia seguinte estava a falar com outra amiga ao telefone e ela pergunta-me onde é que vou passar a passagem de ano.

Eu: "Olha vou para Vieira de Leiria. Já ouviste falar?"

Amiga 2: "Claro que sim! Eu também vou para lá passar a passagem de ano."

Eu: ????????? "Então mas toda a gente vai para lá? Porque é que eu nunca tinha ouvido falar em Vieira de Leiria antes? O que é que aquilo tem assim de tão especial?"

 

Já em Portugal vim a descobrir que não íamos mesmo para Vieira de Leiria mas sim para Praia de Vieira que é um bocado mais à frente e fica junto à praia. Digamos que Vieira de Leiria é a vila (acho que é vila) histórica e mais antiga, e Praia de Vieira é uma zona muito recente com moradias, prédios e hóteis novos (perdoe-me a explicação quem já conhece a zona) maioritariamente uma zona dedicada às férias de verão.

 

 

Parti para a aventura no domingo dia 30 e fiquei por lá até hoje, dia 1. Cheguei à conclusão de que o facto de a minha segunda amiga e eu termos ido ambas alugar lá casa ter sido pura coincidência.

 

Praia de Vieira sem dúvida que deve ter a sua fama já que só se viam grupos de pessoal jovem por tudo quanto era lado que também estavam ali para a passagem de ano tal como nós. A praia é bonita e espaçosa, a localidade tem várias daquelas casas típicas de praia às riscas verticais ora verdes e brancas, azuis e brancas ou vermelhas e brancas, e tinha alguns barzitos, mas nada de muito especial.

 

Viam-se as mesmas caras na zona dos 6 ou 7 bares/discotecas em ambas as noites que lá estive, o que indica que também não estava lá muita gente, mas estava o suficiente para encher aquela ruazinha de bares.

 

 

Tem a vantagem de que parece o Bairro Alto no sentido em que entras e sais nos barzitos sem pagar entrada e grande parte do pessoal fica lá fora com a sua imperial na mão.

 

A coisa é que estando em Praia de Vieira, em pleno centro do país, um bocado perdida no meio do nada, quem estava lá eram de facto só Portugueses (o que é óptimo), ou seja, tocava também nas casas e nos bares/discos as músicas típicas de uma discoteca Portuguesa. Bem, lá havia uma maiorzita que só tocava disco e house (o chamado "Puntz puntz"), mas nós ficamos a maior parte do tempo numa outra em que passava aquilo que o Tuga gosta e que já há algum tempo não dançava em discotecas e tinha saudades de muitas dessas músicas. Ora eram os "Da Weasel", ora era "Helder, o Rei do Kuduru", ora era a "Ivete Sangalo" com as músicas que tanto me fazem lembrar a viagem de finalistas da universidade, ou o "I will Survive" para me fazer lembrar da viagem de finalistas do 12ºano a Lloret de Mar,.... mas aquela música que o DJ até apresentou em ambas as noites como "e agora esta é pa partir a loiça toda" que eu fiquei logo toda entusiasmada e com a dúvida "que música será essa que vem aí agora?" foi nada mais nada menos do que esta:

 

Sim, é verdade, essa música para "partir a loiça toda" como dizia o DJ era nada mais nada menos do que a "Garagem da Vizinha" de Quim Barreiros, mas atenção, em versão REMIX. Esse grande som da "garagem da Vizinha" remix é que não encontrei na net por isso ficou aqui mesmo a versão no seu puro original. 
Com a meia noite da passagem de ano decorrida na praia com tantos outros grupos de pessoal que tiveram a mesma ideia que nós, e depois de termos apreciado o show de artifício, ou melhor dizendo, o rebentar de foguetes, lá fomos nós para mais uma noitada nos bares de Praia de Vieira.
De forma geral acho que a passagem de ano é boa ou má mais pelas pessoas com quem se está do que propriamente pelo local, e eu gostei muito desta passagem de ano o que é o importante, mas gostei também de ter conhecido e passado essa noite em Praia de Vieira.
Ficam os desejos de um óptimo ano de 2008 para todos os Tugas que andam por Portugal e pelo estrangeiro!