Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Mas que erro que fiz!

Lembram-se de ter falado à uns poucos posts atrás acerca de umas entrevistas que andava a fazer para contratar uma pessoa especialista em escrita (não sei se existe algum melhor termo em Português para "Content Specialist"?)

 

Pois bem, eu lá encontrei uma candidata, fiz-lhe uma oferta e ela começou na semana passada. Ao chegar ao fim da semana apercebi-me do erro que fiz! - Elá é péssima!!! Não, não estou mesmo nada a exagerar. Como é que posso ter deixada passar uma pessoa péssima em escrita   na entrevista, também não sei explicar muito bem O que sei é que fiz um grande erro ao tê-la contratado e agora sinto-me péssima por isso. 

 

Não só ela tinha experiência como escritora para a BBC, como pareceu ser uma pessoa confiante e, claro está, pedi para fazer um caso de estudo exemplo para eu poder verificar o nível de escrita dela e o seu caso de estudo foi o melhor de entre as candidatas. OK, não era perfeito, mas estava bem escrito e achei que o resto poderia ser facilmente explicado e ela teria a capacidade para melhorar. 

 

Depois, tenho que confessar também que ela veiu recomendada por outra colega minha. E, apesar de não me ter sentido influenciada pelo assunto, agora olhando para trás, acho que se não tivesse sido recomendada por uma colega eu não a teria contratado já que senti que haviam ali umas coisas que não batiam bem certo. Foi o facto de ter sido recomendada, foi o facto de ela ser a mãe de um filho deficiente, foi o facto de ela precisar de emprego, foi o facto de ela querer muito esta oportunidade. foi tudo isso combinado que me influenciou. 

 

Claro que agora culpo-me por não ter pensado duas vezes; culpo-me por não ter tomado a minha decisão baseada em factores mais profissionais; mas acho que a experiência tem sido o má o suficiente nestes últimos dias para aprender que nunca mais volto a ser tão ligeira na minha escolha no futuro. 

 

Porque é que a qualidade de trabalho dela não é boa? Bem, porque simplesmente os textos dela não sao fluídos, não contêm toda a informação necessária, não são atraentes, contêm alguns erros gramaticais - sim, erros gramaticais! E eu bem sei que faço alguns em Português, mas eu não sou uma escritora profissional como ela supostamente é, e estou aqui a escrever rapidamente no meu blog pessoal onde infelizmente não tenho o mesmo tempo para ter o rigor de escrita que alguém que o fizesse profissionalmente teria que ter. 

 

Mas pior que tudo, mas mesmo muito mau é que ela escreveu o nome da minha empresa errado. Duas vezes!  as duas vezes no mesmo caso de estudo onde também tinha o nome da empresa escrito correctamente. Isso simplesmente denota uma falta de atenção inacreditável por parte de uma "profissional". 

 

Com isto tudo passei o fim-de-semana chateada a pensar no assunto. Eventualmente na segunda falei com ela sobre isto, apresentei-lhe as minhas preocupações e levei-a passo a passo sobre todos os erros que fez e a forma como o devia superar. A ideia é dar-lhe a oportunidade para melhorar e corrigir os seus erros até ao final da semana. O objectivo que lhe deu para o final da semana era o de fazer 8 casos de estudo. Até agora ainda só fez 2, e ainda nenhum dos dois está bom. 

 

Hoje de manhã ela telefona-me a dizer que não se está a sentir bem e que tem que ficar em casa. A sério?!? Cá para mim ela só quer arranjar uma desculpa para não conseguir acabar os 8 casos de estudo no final da semana e eu assim dar-lhe mais outra semana de pagamento para ela acabar os 8. Nao me parece que isso vá acontecer. 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tuga em Londres 07.05.2013 09:07

    Ela já saiu. Foi essa a solucao. Apesar de te-la treinado mm assim ela nao foi lá por isso nao valia a pena continuar. Foi pena.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.