Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Más notícias

Ontem recebi um e-mail da estagiária que está a trabalhar comigo com o mesmo título deste post. Fui logo ler o que era, mas imaginei que fosse algo relacionado com a impossibilidade de ela voltar ao trabalho. 

 

Começou por dizer que tinha recebido péssimas notícias de que a mãe dela tinha tido um acidente e estava no hospital por isso ela teve que lá ir visitá-la. Ao chegar ao hospital apercebeu-se que a mãe estava em coma com hemorragias cerebrais e que o médico não lhe dava mais que 3 dias de vida. Ao ler esta parte apetecia-me logo chorar. Não podia ser um tipo de notícias piores, e nem consigo bem, nem quero, imaginar o quanto difícil deve ser para alguém receber notícias deste género.

 

Ela continuou com o email de forma que eu achei um pouco estranha. Ela disse que pede imensas desculpas porque imagina o inconveniente que isto me possa causar já que ela não vai poder vir ao trabalho pelo menos durante esta semana, mas que ela até está disposta a trabalhar semanas extra no verão se fôr necessário. - O inconveniente que isto é para mim???? A mãe dela está a morrer de uma forma horrível. Só o facto de ela se ter conseguido lembrar de que me tinha que enviar um e-mail para avisar que não vinha trabalhar já é bom. Eu nem sei se numa situação desse género eu conseguia pensar direito em coisas prácticas como essa. Mas dizer que é um inconveniente para mim...

 

Acho que isto reflecte um pouco as diferenças culturais das pessoas. Ela sendo Holandesa, talvez tenha tido uma educação mais racional em que os sentimentos são segunda prioridade, não sei. De qualquer forma espantou-me mesmo ela ter colocado essa palavra no e-mail. Claro que lhe respondi a dizer para ela só voltar quando se sentisse preparada, mas quase que aposto que voltará mais tardar na segunda-feira da semana seguinte. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.