Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Manhãs Londrinas

Acordas meio apressado porque sentes que já dormiste mais do que devias e estás atrasado. Olhas para o relógio e já passa meia hora da hora a que tinhas colocado o alarme. 

Desespero - O alarme não tocou! - Ou tocou, mas como estavas tão ensonado, apagaste-o e não te lembras. 

Tomas um duche rápido, vestes a primeira coisa que salta à vista no guarda-roupa, nem tens tempo de tomar o pequeno-almoço e sais disparado porta fora. 

Ao aproximares-te da paragem vês o autocarro a passar à tua frente. Corres o máximo que consegues enquanto carregas com o peso da mala do portátil, mais a mochila do ginásio. Já não está ninguém na paragem, mas o autocarro ali continua - está à tua espera. Continuas a correr e quando consegues atravessar a rua para o lado da paragem acenas com a mão para teres a certeza que o condutor te está a ver no espelho retrovisor. Estás quase a chegar, olhas para a porta do autocarro que se está a fechar e vê-lo partir, 5 segundos antes de teres conseguido chegar junto à porta. 

Estás exausto e frustado por teres perdido o autocarro. Olhas para o monitor com a contagem decrescente dos autocarros, e o próximo é só daqui a 10 minutos. 

Finalmente apanhas o autocarro e consegues chegar à estação de metro - "Due to a passenger alarm at Kings Cross, the Victoria Line has severe delays", - anunciam no metro. - Era só o que mais faltava! Bem sabia que devia ter ido antes pela Picadilly Line. 

Após vários minutos de espera numa plataforma compacta de pessoas que querem chegar ao trabalho, lá aparece o metro. Vem cheio à pinha, mas tu estás tão atrasado que não dá para esperar pelo próximo. Vês que ainda há um espaço com uns 20cm2 no corredor da carruagem e dizes bem alto "could you move down the train please? We also wanna get to work". As pessoas movem-se um bocadinho, mas não o suficiente. Tu entras à mesma na carruagem que já não há tempo a perder, e empurras umas quantas pessoas ao fazê-lo. Uma das pessoas faz um som de desagrado com os dentes semiserrados - "tss".

Antes de chegarem há proxima paragem, há uma pessoa que está ao teu lado que, começa logo "excuse me, excuse me" para a deixarem aproximar-se da porta - Mas será que ela não se apercebe de que há muitas mais pessoas que irão sair nessa próxima estação e, assim ela já não terá que pedir para ninguém se movimentar. 

Finalmente chegas à tua paragem de metro, bastante atrasado; ainda sentes o mau cheiro do senhor que tinha o ante-braço em cima da tua cara e que, obviamente, não tinha tido tempo para tomar um duche de manhã.

Sais do metro, andas 10 metros, houves os passarinhos a cantar no parque porque onde estas a passar , e tens um sorriso na cara - "Ahh, como são agradáveis estas manhãs Londrinas!"

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    raquel 17.02.2012 12:50

    Eu trabalho em Birmingham e antes estive em Edimburgo...Acho que ir para Londres a procura de trabalho e arriscado. Gastas 1000 libras em duas semanas e nao vais conseguir trabalho nesse espaco de tempo sem conheceres nada nem ninguem. Embora com os jogos olimpicos em londres este verao va de certeza existir muito trabalho...mas a longo prazo, a menos que tenhas um curso superior, deverias para uma cidade mais pequena, mais barata e mais facil de conhecer. Edimburgo tem sempre muito trabalho no verao, e pode ser um ponto de partida para ficar no pais por exemplo. Conheco varias pessoas que estao a tirar um curso superior na escocia e so trabalham 20h por semana. Na escocia nao se pagam propinas num undergrad degree e se trabalhares 20h por semana ganhas 500 libras. A renda de um quarto anda a volta dos 250-300 libras. E so tens aulas 3 dias por semana. Ah, e as aulas vao se setembro a marco, o que significa que podes trabalhar durante 6 meses a tempo inteiro e ganhar dinheiro para as aulas. O salario minimo no reino unido sao 1200 libras. Em londres, so um quarto sao 500 ou 600..mais council tax, transportes...nao rende. So da para ir para londres quem ganha mais de 24.000 libras ao ano.
  • Sem imagem de perfil

    Helena Carmo 20.02.2012 15:31

    Olá, Raquel,
    Ando agora à procura de oportunidades no estrangeiro e deparei-me com este blog da Filipa (a quem, desde já, agradeço a partilha de informação sobre o tema). Reparei, também, nas info que deixas e te agradeço igualmente. já anotei as dicas da Filipa, mas perceo, pelo que dizes, que não irei começar com o montante necessário para me manter em Londres (...e não tenho 1000 € poupados, sequer...:)
    Mas Edimburgo é capaz de ser uma possibilidade. Achas que podes dar-me indicação de empregadores ou agências de emprego (permanente, essa é a ideia...). Tenho 44 anos e parece que aqui em Lisboa já estou a apodrecer, em termos de empregabilidade. Sou licenciada em Tradução, mas desde cedo enveredei pelo secretariado e receção (empresas). Será que por aí a sorte poderia sorrir-me? É bem verdade que o inglês precisa ficar um pouco mais fluido (apesar de perceber bem, escrever e não ter grandes dificuldades em fazer-me entender) Grata, mais uma vez, pela partilha.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.