Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

"House party" ou "Festa em casa"

Uma das melhores formas de me divertir e conhecer novas pessoas em Londres é, sem dúvida, através de uma "house party". As house parties em Londres são, em muito, parecidas com as festas Americanas que tanto se vêm nos filmes. Basicamente alguém que queira dar uma festa em casa manda uns e-mails a convidar pessoas que, por sua vez convidam outras pessoas e todos trazem bebidas (o anfitrião não pode dar de beber àquela gente toda portanto, tem mesmo que ser cada um trazer o seu e, na festa, toda a gente bebe as bedidas de todos).

 

Adoro "house parties" porque:

- existe a possibilidade de conhecer um n'umero de pessoas grande num curto espaco de tempo;

- ao contrario de quando se conhecem pessoas num bar ou disco, as pessoas que se encontram numa house party sao amigos de amigos, logo tornam-se de maior confianca;

- o ambiente 'e de total festa e toda a gente mete conversa com toda a gente;

- 'e muito mais barato do que sair para um bar ou discoteca;

- no pior caso de se estar completamente bebado ou muito longe de casa pode-se sempre ficar a dormir l'a at'e ao dia seguinte.

 

Este fim-de-semana fui a uma destas festas. Começou logo bem quando, estava eu dentro do elevador do metro de Elephant & Castle, quando vem um grupo a correr para apanhar o elevador. Quando olho para um dos rapazes, reconheço-o. Ele olha para mim e também me reconhece. Era um ex-colega meu de trabalho que já não via à mais de um ano e meio. O amigo que estava com ele, como me viu com sacos de bebidas na mão perguntou-me onde é que eu e a minha amiga íamos e respondi-lhe que íamos a uma house party. Ele vira-se e pergunta "vão à houseparty do Andre?" E eu: "Sim. Vocês também vão para lá?" E eles claro que íam. Grande coincidência até porque o meu ex-colega não conhecia o Andre. Esse amigo dele é que o conhecia mas convidou o meu ex-colega e mais outro pessoal para virem também à festa. Por vezes Londres parece uma cidade mesmo muito pequena. A coincidência de tal acontecer é impressionante.

 

Bem, lá fomos para a festa que já estava a começar a bombar quando lá chegámos, mas que passado uma hora, nem mais uma pessoa cabia ali dentro de casa. A abarrotar desde a entrada, passando pela sala, cozinha e até ao jardim onde estavam os fumadores. Mas mesmo assim a abarrotar foi espectacular. Talvez só não tenha sido tão espectacular para os anfitriões da festa no dia seguinte porque, muito copo, prato e bebida foi partido naquela casa. Até o casal apanhado a ter sexo na casa de banho, lá deve ter deixado os seus indícios menos agradáveis pó pessoal que mora na casa.

 

Uma coisa que sempre achei uma certa piada nestas festas é que acaba-se de conhecer pessoal novo mas que, como a certa hora já tá tudo com mais alcool no sangue do que qualquer outra coisa, tornam-se de repente, os nossos melhores amigos e temos conversas profundas sobre tudo e mais alguma coisa, e trocamos números de telefone no final prometendo voltarmos a encontrar-nos muito em breve,... O facto é que no dia seguinte só pensamos na dor de cabeça, lembramo-nos que conhecemos alguém na noite anterior mas que nunca mais as vamos ter até à próxima house party, isso se os chegarmos a ver.

 

Bem isso também não é totalmente verdade que já conheci em festas anteriores pessoas com quem continuei sempre a manter contacto, no entanto, não é uma coisa muito comum. E quase de certeza que não vou manter contacto com nenhuma das pessoas que conheci e troquei números de telefone neste sábado passado. Bem, hum,... a não ser que veja alguns na house party para que fui convidada para a próxima semana na casa desse meu ex-colega.

 

Adoro house parties! Aqui fica " Merrymaking at my place" do Escocês Calvin Harris, que reflecte muito bem como são as house parties no Reino Unido.

 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Carol 18.03.2013

    Estou na Italia, em Milao. Na proxima semana vou para Londres, morar por um tempo, mas tenho que encontrar trabalho rapidamente. Sou formada em Letras portugues-italiano mas nao falo ingles, portanto, com certeza terei dificuldades. Tenho 21 anos e vou morar com meu marido, que é italiano. Ele conhece poucas pessoas e é apaixonado pelo Brasil. Gostariamos de fazer amizade em Londres para facilitar a nossa louca mudança!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.