Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

1 mês para o casamento

Falta cerca de um mês para a data do casamento em Sintra e pouco mais de uma semana para oficializar as assinaturas no civil em Londres. Ainda não estou em estado nervoso, mas sem dúvida que sinto mais pressão para tratar dos detalhes que ainda estão por fazer. 

 

Esta coisa da organização de um casamento tem muitas mais políticas do que aquilo que pensei. Ou é relativamente a pessoas que estavam à espera de ser convidadas e que não foram, e que como tal levaram a mal. Ou pessoas que pensavam ser convidadas para a despedida de solteira mas que não foram e que também levaram a mal. Argh!! Tipo, pensem lá bem nas vezes que efectivamente demonstram interesse para se encontrarem com os noivos, ou há quanto tempo os conhecem, que percebem logo o porquê dos convites ou falta deles. E depois não é só isso. Um casamento é caro e um casamento é stressante! Não se trata apenas de convidar as pessoas que representam mais para nós e que vemos mais, mas também uma questão de decisões relativas ao orçamento ou o quanto confiantes nos sentimos por nos estarmos a casar em frente a um largo número de pessoas. Parece que as pessoas por vezes não têm essa sensibilidade de se aperceber de que há outros factores que afectam decisões como a dos convites para tais eventos, que não estão necessariamente relacionados com o quanto gostamos delas. 

 

Enfim, o resultado é que já tive umas chatices desse género. Mas agora que já estamos mais próximos do evento, ao menos ninguém estará a pensar mais nos convites e já devemos ter passado essa fase. Espero! Agora é mais a parte do planeamento das mesas. É a minha mãe que gostava que eu colocasse os primos solteiros junto às minhas amigas solteiras - Sim, claro, vivendo em países distantes isso é que ia resultar logo em casamento. Ou tentar colocar os grupos que se conhecem, juntos, mas claro que existe sempre uma ou outra pessoa que não cabem na mesa e é a decisão de os manter separados do resto do grupo ou dividir grupos.

 

Ando nessa fase de planeamento das mesas de momento. Está complicado mas isto lá haverá de ir ao sítio. 

Screenshot 2019-07-17 at 22.30.02.png

Tenho que agradecer ao Casamentos.pt pelo sistema de organização de mesas deles porque nem quero pensar nos milhentos rascunhos que ia ter que fazer à mão se essa fosse a minha única alternativa.

 

Entretanto vai ser já o casamento oficial para a semana que vem!! Para esse dia decidimos não fazer qualquer festa porque senão era mais uma coisa que tínhamos que convidar ou deixar de convidar. Não posso mais com convites. Fica assim simples, entre nós e as nossas testemunhas seguido de umas bebidas no pub apenas com outros amigos locais que estejam disponíveis no dia. 

 

Agora a decisão que tenho que fazer é a de mudar ou não mudar de nome. Eu quero adicionar o nome do meu futuro marido, mas não queria retirar o meu sobrenome. No entanto aqui no Reino Unido simplesmente substituem os últimos nomes em vez de adicionarem em cima. Então parece-me que a situação de alteração de nome será um pouco mais complicada nesta situação. Se alguém já tiver tratado disso e adicionado o nome por cá em vez de substituir agradecia que comentassem para indicar como foi o processo. 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.