Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Corações e tigres

 Londres é inacreditável nesta altura. Só se vêm corações por tudo quanto é lado. Todas as lojas estão cobertas de vermelho, coraçõezinhos, florinhas,... eles bem sabem como facturar com o dia dos Namorados, sem dúvida. 

Entretanto amanhã (ou melhor dizendo hoje, visto já passar da meia noite) é também o dia oficial do ano novo Chinês. As celebrações em Trafalgar Square só decorrem no domingo seguinte do dia 28 mas amanhã já vai haver muita animação por China Town portanto, se passarem por lá devem ver festejos um pouco por todo o lado pela população local. 

Este ano de 2010 é o ano do Tigre no calendário Chinês que é, portanto, o ano de todas as pessoas que nasceram em 1998, 1986, 1974, 1962, 1950, 1938, 1926.

Dia de São Valentim em Londres

Coraçõezinhos, balões, cartões e flores são os símbolos representativos do Dia dos Namorados que inundaram todos os restaurantes, pubs, discotecas, parques e quaisquer outros locais potencialmente românticos de Londres durante o dia de ontem. A partir do momento que se saía de casa era quase impossível não encontrar um dos "sinais" que relembravam a celebração do dia dos namorados. Principalmente por ter calhado a um sábado este ano, muitas das pessoas, quer tenham namorado(a) quer não tenham, acabaram por celebrar o dia de alguma forma. As opções variam mas as mais habituais foram mesmo:

  • Típico jantar num restaurante onde estavam disponíveis menus pré-definidos do dia dos namorados cujas mesas têm decorações cor-de-rosa, flores, velinhas e tudo mais a que um jantar romântico tem direito.
  • Festas para solteiros em discotecas, festas de speed dating ou de dating de forma geral.
  • Festas anti-são valentim geralmente em bares e pubs para todos aqueles que não querem saber falar de florinhas e pétalas de rosa espalhadas pelo chão.

Eu? Fui a uma "house party" cuja temática era o dia de São Valentim, o que basicamente significava que tinhamos direito a bombons e gomas em forma de coração. Mas também foram esses os únicos sinais relativos ao dia.

Como a casa da festa ficava bem longe da minha zona e da zona de muito pessoal que estava lá na festa, acabamos por deixar prolongar a festa até esperar pelo primeiro metro de domingo. Claro que continuavamos a aguentar a festa muito bem e a partir das 5h da manhã começaram a cozinhar Churros (escusado será dizer que os organizadores da festa eram Espanhóis) para manter o pessoal animado e cheio de energia até chegar a hora do primeiro metro. Quanto estavamos nesta parte da noite, um amigo meu Inglês vira-se para mim e diz - "Nunca vi uma festa aguentar-se até às altas horas desta maneira! Os únicos casos em que vi uma festa maioritariamente Inglesa aguentar-se até tão tarde era porque estava a ser baseada em drogas e álcool. Aqui, numa festa de Espanhóis começam a cozinhar às 5h da manhã. Adoro isto!"