Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Uma noite em Dalston

Ontem a ideia era ir a uma nova noite com uns DJs específicos num bar/discoteca em Dalston de nome Hysteria. Chegámos lá pelas 22:30h e, ao contrário do que é normal nos bares/discotecas Londrinos, este estava quase vazio a essa hora. Gosto do Hysteria porque tem espaço para dançar e bom ambiente de forma geral. Está decorado de uma forma um bocado bohémia e costuma também estar aberto a partir da tarde para café ou pizzas. De facto das vezes que lá tinha passado a noite cheguei mais tarde e o bar já estava cheio. Por isso apercebi-me desta vez que é mesmo um local onde se sair mais tarde. 

 

Decidimos não ficar à espera que aquilo anima-se e fomos antes andar pela Kingsland Road acima na procura de um melhor sítio. A próxima paragem foi o The Nest. Tinha já fila à porta e parecia estar animado lá dentro. Custava £5 para entrar, e a partir das 23h iria passar a custar £7, portanto o ideal seria entrar naquele momento. Perguntámos à promotora qual era o género de música que lá ía passar. Estava a tocar um banda de Indie Rock naquele momento e após a banda a música ía ser electrónica e house. Uma das minhas amigas não gostou nada da ideia já que ela não é nada fã de música electrónica, então lá saímos da fila e continuámos em busca do local onde passar o nosso sábado à noite. 

 

A próxima paragem foi no Moustache Bar, umas portas mais à frente. Era gratuito para entrar mas ao chegarmos lá dentro vimos que estavam lá 5 míudos de 18 anos. Sim, 5! Claro que ainda não ía ser ali que íamos passar a noite também. Continuámos a andar e chegámos ao Ruby's. O Ruby's é um cocktail bar, mas como tinha umas 8 pessoas na fila para entrar achámos que talvez valesse a pena esperar. 5 minutos passaram e algumas pessoas começaram a sair da fila. Perguntei ao segurança porque é que a fila estava assim tão parada. Ele disse que o bar estava mesmo cheio e que no momento estavam só a deixar entrar quando alguém saísse. Ao fim de 10 minutos (ou menos, mas pareceu-me ser prái 10) comecei-me a chatear com a coisa. O casal que estava à frente na fila quando nós chegámos ainda ali estava à espera. Perguntei-lhes se valia assim tanta a pena a espera e eles disseram que sim já que o bar é mesmo muito agradável, mas é pequenino. OK, até pode ser bom, mas de qualquer forma se é assim tao pequeno não ía dar para dançar e nós estavamos com aquela vontade de dançar. 

 

Fomos então para o Birthdays que estava cheio no andar de cima mas vazio no andar de baixo onde fica a pista. Até às 23:30h a entrada era gratuita por isso aproveitámos e ficámos logo por ali. O ambiente era OK, mas tinha muito pessoal nos seus inícios dos 20 anos, por isso também não era ideal como nós já estamos no final da nossa década dos 20 e é sempre preferível estar num local com pessoal mais próximo da nossa idade. De qualquer forma o Birthdays tem várias vantagens noutras alturas visto que costuma ter boas bandas, maioritariamente durante a semana e agora têm um novo restaurante pop-up que é especializado em hamburgueres gourmet, organizado pelos donos do restaurante White Rabbit que é excelente!

 

O Birthdays, no entanto, não era o local ideal ontem à noite por isso passado cerca de 15minutos lá dentro achámos que valia a pena voltar ao Hysteria para ver se já estava mais cheio. Estava, mas não muito. Ainda faltavam muitas pessoas chegar para aquele sítio ficar cheio por isso também decidimos que não valia a pena lá ficar. 

 

Sugeri irmos ao Ridley Road Market Bar do qual gosto muito e que é um bar que geralmente começa a ficar cheio bem mais cedo. Também tem uma boa pista, cocktails excelentes e uma decoração meia tropical que é agradável. Também gosto muito do ambiente que geralmente se sente lá dentro por isso achei que seria uma óptima alternativa. Ao chegarmos tinhamos cerca de 15 pessoas à nossa frente na fila. Também já estava cheio e era a situaçao do saí um, entra um. Também não ficámos. 

 

Já nao estava a achar piada nenhuma à coisa. Passámos pelo Dalston Jazz Bar. Estavam a cobrar entrada e naquela fase já não estavamos com paciencia de pagar para entrar em lado nenhum. Então optámos antes ir para o bar do Vortex que geralmente é gratuito. Entrámos e ficámos. Finalmente! O bar estava com música óptima, o ambiente era simpático. Perfeito para o nosso sábado à noite. Ao começarmos a conhecer pessoas lá dentro perguntaram-me como é que eu conhecia o aniversariante. Informei-o que eu não sabia de aniversariante nenhum e que não fazia parte dessa festa - ao que parece a grande maioria de pessoas que lá estavam eram da festa. 

 

Foi divertido e tivemos aquela sensação de querer mais quando eventualmente o bar fechou. Nesse momento, o tal aniversariante mete-se em cima duma cadeira e convida o bar inteiro para uma after party em casa dele. Claro que acabámos por ir também. Foi literalmente o bar inteiro (OK, talvez não o bar inteiro, mas a larga maioria das pessoas). Melhor ainda é que ele mora num apartamente espectacular junto ao Regents Canal por isso foi bem bom ter acabado a noite numa festa ali. 

 

A noite de ontem estava destinada para ser um falhanço, mas no final tornou-se uma grande noite - pessoas muito simpáticas, música boa, a vista daquele apartamento, perfeito. Por vezes estas noites assim não planeadas tornam-se das melhores. Só é pena não surgirem destas mais vezes. 

 

Em resumo quanto 'a noite de Dalston, sem dúvida que nao faltam bares e discotecas onde ir, mas há que saber onde ir dependendo das horas da noite e do género de música pretendido.

  • Hysteria, The Nest, Alibi, The Nest, Moustache Bar sao todos locais onde ir mais para o fim da noite, a partir das 24h (e a maioria está aberto até 'as 3h). O tipo de música passada é maioritariamente electrónica mas depende das noites.
  • Efe Snooker Club é mesmo um clube de snooker com cerca de 20 ou mais mesas de snooker lá dentro. A decoracao parece saída de uma lenda de Deuses Gregos mas apesar de soar que tem tudo de errado, o Efe até que é um local onde se pode passar uma noite bem divertida. Mas é preciso estar com o espírito para a coisa - música Pop dos charts com alguns Britney Spears misturados, decoracao "cheesy" e muita gente. É preciso experimentar para perceber.
  • Dalston Superstore, Birthdays, Ridley Road Market Bar, Vortex Bar sao bons para comecar com comida ou uma bebida calma mais cedo e depois transforman-se em discoteca mais tarde. Dalston e Birthdays tem música mais electrnica. Ridley Road é mais variado e podem apanhar música Brasileira, Africana, old style 80's pop, e outros estilos. Vortex também é mais variado e depende dos DJs.
  • Shacklewell Arms é um pub muito giro, com bom ambiente que geralmente conta com várias bandas vários dias por semana desde Indie a Metal Rock.

Nada como experimentar e escolherem o vosso favorito.