Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Portugal em foco na TimeOut Londres

Hoje ao abrir a TimeOut deparo-me com uma secção dedicada à Londres Portuguesa.

 

Todas as semanas a TimeOut apresenta uma página dedicada a uma das 270 comunidades representativas em Londres. Esta semana foi a vez de Portugal e claro que não posso deixar de partilhar. Acho que para quem vive em Londres à alguns meses conhece ou já ouviu falar dos restaurantes e pastelarias indicadas nesta secção, e também sabe que a zona de Stockwell é conhecida como 'Little Portugal'.

 

O que eu não sabia é que o 'fish & chips' tinha sido inventado por judeus Portugueses!?! Bem, segundo a BBC os Portugueses judeus trouxeram o peixe frito a Inglaterra, mas não inventaram o prato. O Daily Mail concorda, mas o Wikipedia não especifica a origem. De qualquer forma, é um novo facto interessante. 

 

A TimeOut procura sempre entrevistar um nacional do país em foco que tenha alguma relação com a comunidade em questão, e no caso de Portugal, entrevistaram a Ana Có que é uma das fundadoras do The Little Portugal Project sobre o qual já tinha falado noutro post

Aqui fica o post da TimeOut:

Portuguese London TimeOut

 (clicar na imagem para ver a imagem aumentada)

 

Os primeiros feriados do ano

Estes últimos fins-de-semana têm sido bem ocupados por isso fico mais que contente por ter reservado o dia do feríado de hoje apenas para mim. Ao fim de contas, é tudo muito bom ter planos, e fazer coisas interessantes com os nossos fins-de.semana, mas eu já não paro no trabalho (na semana passado o mais cedo que consegui acabar o trabalho foi às 21h), por isso ter sempre planos atrás de planos, por melhor que soem, simplesmente não me deixam descansar. 

 

Com o feríado prolongado da Páscoa que decorreu à duas semanas atrás fui visitar Copenhaga. Esteve frio e chuva durante uma parte do fim-de-semana, mas deu para conhecer as partes principais da cidade durante os 3.5 dias em que lá estive. Depois no fim-de-semana passado fui a Madrid para a festa de despedida de solteira de uma amiga. Ficámos lá também 3.5 dias. Muito divertido, mas ao chegar a casa por volta das 22h da noite de domingo e ter uma semana com tanto a fazer no trabalho, como tive, não ajudou. 

 

Agora com este fim-de-semana prolongado queria mesmo ficar por Londres. Tinha algumas coisas combinadas, mas certifiquei-me que ao menos hoje, no último dia deste fim-de-semana prolongado, eu não marcava nada com mais ninguém para além de comigo própria. Mas estou satisfeita como este fim-de-semana tem decorrido - relaxado e com alguma diversão pelo meio - a fórmula necessária para voltar ao trabalho amanhã com mais energia. 

 

No sábado tinha planeado ir visitar a nova casa que um casal amigo comprou recentemente no campo. A casa é muito bonita, com imenso potencial (vão ter que renovar a casa por dentro), e tem um espaço exterior enorme com um grande jardim, horta, e zona florestal. É mesmo muito grande, mas enquanto estava sentada naquela sala a falar com eles sobre como as suas vidas tinham mudado, não me conseguia imaginar morar em local semelhante. Não há um café ou restaurante perto da casa e têm que conduzir para chegar à aldeia e pub mais próximos. Para chegar à casa deles vindos da estação, tivemos que passar por uma zona de mato semi-serrado. Perguntei como fazem para vir para casa à noite. Disseram que têm sempre uma lanterna na mala.

Eles viviam no centro de Londres em Islington e, de repente estão no meio do campo, semi-isolados, com o seu jardim e cuidar da filha como as principais actividades que os mantêm ocupados. Lá está, são opções de vida que muitos casais Londrinos tendem a tomar quando começam a ter família. Por mais agradável que possa ser estar a viver no meio de árvores, sentir o ar puro, e ter imenso espaço, mesmo assim, não me sinto interessada em qualquer dia viver no campo. Nunca se sabe se um dia não mudo de ideias, mas para já, imagino que me sentiria totalmente aborrecida na situação em que eles estão. Prefiro ter amigos que vivam no campo e ir visitá-los de vez em quando ou fazer as escapadas de fim-de-semana ocasionais quando sinto necessidade de estar no ambiente calmo e bonito do campo. 

countryhouse.JPG

Sábado no Campo

 

No Domingo uma amiga foi correr a meia-maratona de Hackney por isso andei de bicicleta ao longo do percurso para conseguir dar-lhe apoio durante várias partes do percurso. Quando estava quase a chegar a Hackney Marshes onde terminava a corrida, passei por uma parte do Rio Lee onde ainda nunca tinha estado e fiquei positivamente surpreendida por descobrir uma zona cheia de cafés, restaurantes e bares em frente ao canal que tinham óptimo aspecto e, acabámos por ir almoçar lá com ela depois da maratona. Essa zona faz parte do Queen Elizabeth Park e a morada é Here East, East Bay Lane, Canalside. 

Mais tarde no domingo, o festival de Londres Field Day deu uma festa no Dinerama, o mercado de Street Food em Great Eastern Street/Shoreditch, então passei a noite de sábado por lá com os amigos. 

hackneyhalf.JPG

Achei hilariante este cartaz de apoio a um dos corredores "We love you Paul. Do it for Prosecco!"

east-here-canalside.JPG

East Here, Canalside

dinerama-fieldday-2.JPG

Field Day Party @Dinerama

 

Hoje, bem hoje aqui estou - segunda-feir de feriado relaxada 

Uma noite com os cientistas malucos do Yelp

Ontem à noite fui ao meu primeiro evento do Yelp. Para quem não conhece, o Yelp é um site que permite aos seus utilizadores encontrar e dar a sua opinião sobre os mais variados estabelecimentos, principalmente bares, cafés, restaurantes e outros. Como sabem eu sou uma grande fã de conhecer novos sítios tais como cafés onde poder escrever os posts do Tuga em Londres , locais para um bom brunch, etc. Como tal, muitas vezes utilizo a Internet para encontrar estas pérolas, e muitas vezes o site da Yelp é que me tem ajudado. Como o utilizo tantas vezes para ler opiniões de diferentes pessoas, recentemente decidi fazer o download da aplicação e começar a dar a minha opinião também. 

 

Ao estar inscrita como membro, começo a receber também convites para alguns dos muitos eventos organizados pelo Yelp. Como ainda escrevi sobre poucos locais ainda não adquiri o certificado de Yelp Elite, que é oferecido a todos os que escrevem frequentemente para o site, ajudando a comunidade. Esses membros têm várias vantagens tais como ser convidados para muitos mais eventos, tais como quando um novo bar ou restaurante abre e pretende que os membros do Yelp escrevam sobre o mesmo para ajudar a publicitar o estabelecimento. Estes membros elite são então convidados para ir experimentar a sua comida e bebida gratuitamente para depois poderem escrever sobre o mesmo. No entanto, mesmo assim ocasionalmente o Yelp organiza eventos abertos a todos os membros e ontem foi o caso disso. 

 

O evento era intitulado "Mad Scientist Soiree" e contou com uma grande variedade de estabelecimentos a dar a provar muita comida e bebida. Isso incluíu ter uma classe para aprender a fazer sushi, provar gelado de rum, cocktails, outros gelados, snacks originais, cupcakes e outros bolos, tinham também um zona de jogos de casino, uma zona para tirar fotografia profissional e muito mais. A diversidade foi grande e o único requerimento para podermos ir ao evento, para além de termos que ser membros do site foi ter que ir mascarado de cientista maluco, alusivo ao nome do evento. Assim sendo só se via uma grande quantidade de pessoas vestidas com as suas batas brancas e óculinhos. 

 

mad_soiree1.JPG

A noite foi muito gira, ainda trouxe uma quantidade de snacks para casa e foi tudo gratuito. Agora fiquei com vontade de rever estabelecimentos no site mais frequentemente para poder ir a mais eventos semelhantes. Além disso, sengundo amigos meus que já são membros à muito tempo, eles fizeram vários amigos em Londres através dos eventos Elite do Yelp porque encontram-se muitas vezes com as mesmas pessoas e começam assim a criar amizades.

 

Para quem estiver interessado pode também ver a lista de eventos que eles têm em Londres aqui. Se morarem em Portugal, também existe uma comunidade em Lisboa que faz eventos ocasionalmente. No Porto também já andam a fazer revisões mas parece-me que ainda nāo existem eventos.

 

A semana do pequeno-almoço

Esta semana celebra-se a 'Semana do Pequeno-Almoço' ou a 'Breakfast Week' como forma de relembrar-nos da refeição mais importante do dia. Eu sou fã de pequeno-almoço e não sinto que começo bem o dia sem tomar um bom pequeno-almoço que geralmente remete-se a cereais e café durante os dias de semana e a um pequeno-almoço mais reforçado ou brunch ao fim-de-semana. Londres está cheio de óptimos locais onde tomar um bom pequeno-almoço por isso passo aqui a indicar 6 locais dos meus favoritos incluíndo dois em que, apesar de ainda não ter lá ido, tenho ouvido falar muito bem e quero ir experimentar. Se tiverem outras boas sugestões de pequeno-almoço por favor indiquem nos comentários. Quantos mais, melhor!

 

The Breakfast Club: Tem a grande desvantagem de que encontram sempre imensas filas em qualquer Breakfast Club a que vão quer seja de dia de semana ou fim-de-semana, mas se um dia tiverem tempo vale bem a pena lá ir para um brunch reforçado. A comida é realmente muito boa e os pratos vêm bem servidos. No The Breakfast Club em Liverpool Street existe também um bar secreto que acedem através do frigorífico. Onde: Angel, Liverpool Street, Hoxton Square, Soho, London Bridge, Clapham Junction.

 

brunch-breakfast-club.jpg

 

Breads Etcetera: Este café tem o conceito de "do-it-yourself". Como o nome indica é especializado em pão, e pão bom. Pagam um preço fixo para comerem a quantidade de pão que quizerem e que voçês próprios vão cortar no päo e quantidades que preferirem. Se pedirem só o pão DIY, este é acompanhado com manteiga e doce, mas têm um grande menu de diferentes opções com variados pratos de brunch também. E adoro o facto de que cada mesa tem uma torradeira para que possam torrar as variadas fatias de pão à vossa vontade. Onde: Clapham High Street.

 

breads.jpg

 

Muriel's Kitchen: para além da boa comida com ingredientes frescos, o que gosto muito neste local é a decoração. Lá dentro sentem-se como se estivessem a tomar o pequeno-almoço num banco de jardim num dia solarengo. O espaço está mesmo muito bem conseguido e vale a pena a visita. Onde: Soho, South Kensington e Leicester Square.

 

muriels2.jpg

 

The Book Club: Este café estilizado em ambiente Sueco apresenta um espaço confortável, com alguns sofás onde podem ficar confortavelmente sentados a manhã toda a ler o jornal. A comida é boa e se vos apetecer queimar as calorias após o pequeno-almoço também podem ir jogar ping pong na sala que eles têm dedicada a isso mesmo. Onde: Old Street.

 

BOOKCLUB-detail_full_for_exchange.jpg

 

Arepa & Co: Este ainda não visitei mas estou muito curiosa para experimentar já que ouvi falar muito bem. É um café e restaurante Argentino, por isso esperem um pequeno-almoço diferente do que estão habituados. Fica localizado mesmo oposto ao Regent's Canal próximo da saída de Kingsland Road. A localização não é óbvia mas se entrarem no canal em Kingsland Rd e forem na direcção de Angel (para a direita), encontram-no um pouco à frente, mesmo antes do Towpath Café junto a umas escadas. Onde: De Beauvoir Town

 

arepa.jpg

 

Cereal Killer Café: Este café tal como o nome indica, serve cereais. mas não são cereais quaisquer. Aqui encontram cereais de todos os cantos do mundo com variedades que podem nunca ter imagino. Este novo conceito de café abriu recentemente no final do ano passado e, tem sido um sucesso tão grande, que na semana passada, os seus dois fundadores anunciaram que querem levar o conceito internacionalmente e abrir mais cafés em diferentes partes do mundo. Talvez vá um para Lisboa ou Porto um dia destes. Também ainda não tive a oportunidade de lá ir mas sem dúvida que estou curiosa. Onde: Brick Lane

 

CerealKillers.jpg

 

Como ser uma 'lady of leisure'

Como esta semana estou de férias (ou desempregada - isto só depende da perspectiva com que se olha para a coisa), sou uma 'lady of leisure' durante uma semana, tal como me intitulou um amigo meu. Geralmente a expressão é utilizada em referência a mulheres que não têm responsabilidades de trabalho mas estão bem, muitas vezes a viver do fundo dos maridos ou de uma herança. Não é o meu caso, mas como estou só desempregada durante uma semana também dá para aproveitar as boas coisas da vida sem grandes stresses ou compromissos. Posso não estar a passar o meu tempo em chás e cabeleireiros como uma 'lady of leisure' de bom tom deveria fazer, mas sem dúvida que tenho aproveitado para fazer coisas de que gosto:

  • Já fui almoçar um dia com as minhas amigas freelancers (elas encontram-se de vez em quando para almoço, mas quando estou empregada não tenho tempo para estes almoços prolongados)
  • Pude ficar na minha noite semanal de dança swing até mesmo à última, quando nos mandaram dali para fora
  • Tenho tido tempo para ir dar passeios
  • Tive tempo para inscrever-me no médico de família local, tratar de seguros, mudar de ginásio e fazer essas coisas todas que demoram sempre tempo a tratar
  • Tenho tido tempo para ler sobre assuntos que me interessam a nível pessoal e profissional e estar mais informada sobre eles
  • Tenho tido tempo para estudar sobre a indústria para a qual vou trabalhar
  • E tenho tido tempo para conhecer novos locais

Os leitores mais atentos do blog sabem que adoro descobrir cafés com internet gratuita que sejam calmos e onde possa passar lá várias horas. Então, como uma boa 'lady of leisure', ontem fui visitar a última adição à rede de cafés de Londres, que segue um conceito de café completamente diferente do habitual - o Ziferblat. Ziferblat é um espaço localizado em cima do conhecido pub em Shoreditch Church "The Corner Shop", decorado como se de um apartamento se tratasse, com muitas mesas, cadeiras, sofás numa mistura de estilo entre o tradicional e art deco. Contam com um piano e leitor de discos que podem utilizar sempre que quiserem e também lá está disponível uma cozinha onde cada qual pode ir fazer o seu café, chá, torradas ou buscar umas bolachinhas tal como se estivessem em casa. O acesso é ilimitado e podem beber tantos cafés ou comer tantas torradas quantas quiserem (e houverem). Se preferirem, podem trazer comida de casa e aquecem lá no micro-ondas. O acesso à internet está disponível para todos e existem várias tomadas onde carregarem a bateria dos computadores. Para tudo isso só se paga £0.03 por minuto, ou seja, £1.80 por cada hora que lá estão a utilizar o espaço. Está aberto todos os dias das 10h às 24h e o staff é extremamente simpático. 

 

Ziferblat cafe

 

Com aquele tipo de espaço torna-se também fácil de conhecer as pessoas com quem se está a partilhar a mesa ou em conversa na cozinha. O ambiente é bom e agradável, e sem dúvida um óptimo conceito que penso que vá continuar a ter sucesso por cá. A meu ver, as duas únicas desvantagens é que estava demasiado cheio, o que torna o espaço mais barulhento e poderá não haver cadeiras disponíveis. Outra desvantagem é que a internet não estava muito estável, possivelmente pela grande quantidade de computadores ligados à mesma rede. De forma geral gostei, mas penso só utilizar o espaço nas horas mais tardias quando espero que não esteja tao cheio. 

 

Esta semana também fui ao tal almoço a que fui convidada para conhecer os meus novos colegas, e fiquei agradavelmente surpreendida. Eram muito simpáticos e também gostei do facto de ver o novo escritório que agora têm que é bastante mais agradável do que o escritório onde fui no dia da primeira entrevista. Boas perspectivas pela frente e, para já, vou continuar a aproveitar a minha semana de folga como uma boa 'lady of leisure'.

Cream Tea em Londres

Este sábado aproveitei o dia solarengo para fazer um passeio por Hyde Park com uma amiga. Atravessamos o parque de bicicleta e acabamos por nos encontrar na zona de Kensington Gardens onde se encontra a Orangery. Este café/restaurante junto ao Palácio de Kensington é conhecido pelo seu 'Cream Tea'. Para quem nao sabe, 'Cream Tea' é o nome dado ao tradicional 'chá das 5h' quando é acompanhado por scones, natas e doce. Quando é referido como 'Afternoon Tea' é porque, para além dos scones e notas, este chá inclui também sandes e outros bolos. Entramos na Orangery mas achamos caro o preço do Cream Tea que lá é servido a £27 por pessoa. Por isso procuramos um local alternativo e acabamos por descobrir um café local muito agradável, numa rua perpendicular a High Street Kensington, com uma decoração agradável, amplas janelas e um 'cream tea' delicioso por apenas £6, assim como uma boa selecção de outros bolos caseiros. Chama-se 'The Muffin Man Tea Shop' e fica localizado em Wright's Lane, muito próximo da estacão de High Street Kensington. 

 

afternoon_tea.jpg

 

 

Outros bons locais para 'Cream Tea' espalhados por Londres sao:

 

Fortnum & Mason - É uma das lojas mais reconhecidas de Londres. O tipo de local onde a Rainha poderia fazer compras de mercearia. Esta bonita loja, localizada em Picadilly conta com um elegante salao de Chá recentemente renovado. É um dos locais mais caros para se tomar um Chá das 5, mas os interessados podem ir lá tomar um pelo preco a partir das £40. 

 

Gilbert Scott no St. Pancras Renaissance Hotel em Kings Cross - este bar localizado no bonito hotel Renaissance de 5 estrelas serve sem dúvida um 'cream tea' para o lado dispendioso, mas quando é um evento especial penso que vale a pena. Eu já fui lá uma vez, e adorei todo o aparato da forma como os scones, bolinhos e sandes foram servidos. É uma experiencia que vale a pena uma vez ou outra. Precos a partir de £25 por pessoa. 

 

Tea Rooms em Stoke Newington - Uma loja de chá com ambiente familiar e que, efectivamente atrai muitos grupos maioritariamente de mães com filhotes a passarem lá as tardes na conversa. Nunca lá fui mas passo lá várias vezes e gosto bastante do aspecto do ambiente e decoração. Esta é uma loja de chá bastante conhecida e pessoas de diferentes zonas de Londres costumam ir lá tomar o Chá das 5. Como é um local popular é necessário marcar mesa com antecedência. Preços a partir de £20.

 

Orange Pekoe em Barnes - Este não conheço mas já ouvi dizer que é bom e é mais favorável para quem vive na zona do Sudoeste. O preço também é mais agradável a partir das £8 para um 'cream tea'. 

 

No website Afternoon Tea Online podem encontrar a maior listagem de locais que servem o 'cream tea' e 'afternoon tea' em Londres e outras cidades no Reino Unido, e lá podem também encontrar várias promoções especiais tipo 2 por 1, etc. 

 

 

Cafés com wifi gratuita bons para estudar em Londres

Quando me quero concentrar a fazer uma coisa específica, seja ela estudar, escrever cartas, escrever posts para o blog ou algo que tenha que fazer no portátil, gosto de sair de casa e ir para um café. Em casa já sei que me vou distrair ou com o Facebook, ou com a televisão ou com a roupa que tenho que pôr a lavar, etc. Assim, estando num café, sei que tenho um tempo limitado para lá estar e é muito mais fácil de me dedicar exclusivamente àquilo que me predispôs a fazer. Por isso, ando sempre à procura de novos cafés bons que sejam calmos, preferencialmente independentes ou parte de uma pequena rede de cafés e que tenham wi-fi gratuita e ilimitada. Já conheço uma boa selecção e passo a listar alguns dos que gosto. Se conhecerem outros semelhantes, preferencialmente cafés que estejam abertos à noite, por favor indiquem nos comentários. 

 

Sem nenhuma hora de preferência ficam aqui:

 

No centro

  • Tapped & Packed - 193 Wardour Street, Soho W1F 8ZF: Este era o café onde estava ontem quando decidi escrever este post. É o 3º de uma pequena rede de cafés com o mesmo nome. A sua especialidade é mesmo o café, e nota-se pela forma como filtram o café de forma tradicional enquanto o servem. A decoração é moderna mas incluí expostas máquinas de café tradicionais. Têm também uma selecção de bolos razoáveis. A desvantagem é que é um pouco caro (por um flat white e um muffin paguei £5) e por vezes podem-no encontrar cheio o que é desagradável se notam que outras pessoas querem-se sentar, não há mais lugar e vocês já não estão a consumir, mas apenas ali a passar umas horas ao computador. Outra desvantagem é que aos fins-de-semana estão abertos só até às 18h (durante a semana ficam abertos até às 19h). Fica uma foto que tirei ontem:
TAP Coffee Soho
 
 
The Cafe @ Foyles - Localizado no edifício da livraria Foyles, este café é muito agradável. Com mesas e cadeiras em madeira, o ambiente é bom, é espaçoso e silencioso, mesmo quando está mais cheio, talvez o facto de ser uma livraria faz com que as pessoas mantenham o nível da conversa em tom mais baixo do que num café normal. Durante a semana está aberto até às 21:30h. Localização: 113 - 119 Charing Cross Road, London WC2H 0EB
 
 
A Este:
 
Look Mum No Hands - Aqui podem tomar o pequeno-almoço, o brunch, o almoço, o jantar ou só ir para um café ou até irem lá só para arranjar a vosso bicicleta. É que este café é totalmente dedicado ao tema do ciclismo, com decoração respectiva e tem uma pequena oficina se quiserem deixar a vossa bicicleta a arranjar enquanto tomam o café. A internet é gratuita e ilimitada e existe uma longa mesa virada para a janela com cadeiras altas e tomadas de electricidade para ligarem o computador ao longo de toda a mesa, pelo que é ideal para quem vai sozinho trabalhar no computador. Adoro este sítio! E o melhor são as horas de abertura - das 7:30h às 22h durante a semana e das 9:30h às 22h ao fim-de-semana. Localização: 49 Old Street, London EC1V 9HX.
 

look_mum_no_hands.jpg 

 
Shoreditch Grind - Localizado mesmo junto à rotunda de Old Street, este café, à semelhança do Look Mum No Hands, também beneficia da longa mesa junto à janela perfeita para se estar a trabalhar no computador. O ambiente é bom e os empregados são simpáticos, mas por vezes pode também estar muito cheio já que é um ponto de encontro perfeito por estar localizado mesmo junto à estação de Old Street. E uma óptima vantagem é que está aberto até muito tarde - até às 11h durante a semana e até à 1h durante o fim-de-semana. Só no domingo encerra mais cedo às 18h. Localização: 213 Old Street, London EC1V 9NR
 
Translate - Mesmo no início de kingsland Road, onde esta se cruza com Old Street, encontra-se o Translate. É um bar/café/restaurante com boa decoraçao, um amplo espaço e muita luz natural o que faz com que, mesmo quando tem muita gente, nunca pareça tão cheio assim. Nao sei ao certo o horário de abertura, mas está aberto até tarde e, principalmente às noites de semana encontra.se sempre lá alguém ao computador. A única desvantagem deste sítio é que o staff não é dos mais prestáveis, mas se querem um sítio calmo onde estar sozinhos, este sítio é bom para isso. Localização: 12-14 Kingsland Road, London E2 8DA
 
Cafe Oto - Super amplo, muito confortável e com ambiente simpático. Gosto sempre que vou a este café, no entanto convém verificarem o site com antecedência antes de lá irem porque o café Oto é um local habitual para concertos de bandas alternativas e pouco conhecidas que têm bom potencial. Portanto, a não serem que queiram ir lá ver um concerto, verifiquem o programa antes de irem. Localização: 18-22 Ashwin Street, Dalston, London E8 3DL
 
Cafe Otot
 
 
A Sul
 
The Oval Lounge - Ainda só vim aqui acompanhada. Nunca experimentei vir sozinha mas sei que este também é um dos locais favoritos dos locais para passarem uns tempos a surfar na Internet enquanto bebem um café ou jantam. O horário também é bom até por volta das 23h durante a semana e 24h ao fim-de-semana. Localização: 24 Clapham Road, Oval, London SW9 0JG.
 
 
Na altura em que vivia no sul de Londres costumava ir aos cafés de franchising tipo Nero e Starbuck's por isso não sei muito de cafés independentes por esta zona e, ainda menos na zona oeste de Londres, por isso se tiverem boas recomendações por favor indiquem nos comentários. 
 
 
 

Os Pastéis de Nata chegam a Camden Town

Neste fim-de-semana recebi uma mensagem doutro Tuga em Londres que conhecia de vista em Portugal e que comecei a conhecer pessoalmente já em Londres. Na mensagem ele dizia que tinha iniciado novo negócio - o comércio de pastéis de nata no mercado de Camden Town. Já tinha ouvido falar recentemente da existência de tal banca no mercado mas não fazia ideia que era ele um dos fundadores.

 

O conceito é diferente e simples - trazer um dos melhores bolos da doçaria tradicional Portuguesa para o estrangeiro servido a partir de um stand que é uma réplica do eléctrico no. 28. Este eléctrico, que em Lisboa percorre há muitos anos o caminho desde o Campo de Ourique ao Martim Moniz passando pelo Chiado e pela Graça, apresenta-se agora como uma banca de venda de pastéis de nata servidos com canela e acompanhados com um café à maneira (segundo o website). Podem encontrar o eléctrico neste mercado Londrino todos os fins-de-semana.

 

Ainda não passei por lá desde que soube da novidade mas a visita não vai faltar na próxima oportunidade que tiver. Estou cheia de curiosidade para experimentar aqueles pastéis e café. 

 

O nome da banca é Nata28 e podem encontrá-los também no Facebook.

 

Fica o vídeo de entrevista dos fundadores deste negócio:

 

 

Apercebo-me de que vivo em Londres há muito tempo...

... quando olho para a tabuleta do preçario de uma cafetaria e fico espantada de quanto tão barato o café é ali... a £1.20.

Após o meu momento de espanto em como não podia acreditar de que não tenho estado a aproveitar frequentar aquela cafetaria ali tão perto do trabalho, de repente lembro-me de que já lá vai o tempo em que eu pagava 50 cêntimos por uma bica no Café do Sr. Virgílio. 

"Friends" em Londres

A série "Friends" já faz 15 anos (como o tempo passa rápido!) e para celebrar o 15o aniversário da série a Warner decidiu abrir em Londres uma réplica do café muito frequentado pelos personagens da série, o Central Perk.

 

 

A partir de hoje e durante 2 semanas apenas, até ao dia 7 de Outubro, o Central Perk, Londres, vai estar em funcionamento no Soho em Broadwick Street, muito próximo de Carnaby Street. E melhor ainda é que aqui a "Tuga em Londres" descobriu um voucher que vos oferece um café gratuito no Central Perk. Basta imprimirem e levarem convosco para trocarem pelo vosso café.

 

Entretanto aproveito este post para relembrar que o ENCONTRO DE TUGAS EM LONDRES/8a etapa de dardos vai ser já no próximo SÁBADO dia 26 de Setembro!! Já recebi várias confirmacoes, mas quem quizer aparecer que ainda nao tenha tido oportunidade de confirmar ou que esteja em dúvida, pode perfeitamente simplesmente aparecer por lá no dia. Depois tiro muitas fotos para mostrar a quem nao poder comparecer.