Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Envio de dinheiro do Reino Unido Para Portugal

A minha visita a Portugal nas férias da Páscoa está para breve e, tal como é costume, quero levar comigo algum dinheiro para gastar lá. O que costumo fazer é levantar cá a quantidade de dinheiro que pretendo e, ao chegar a Portugal, deposito na minha conta. Desta vez, queria evitar ter que levar dinheiro e decidi investigar quanto ficaria se eu fizesse uma transferência de dinheiro a partir de Londres directamente para a minha conta Portuguesa.

 

Ficam os resultados que imagino que possam ser úteis também para outras pessoas que queiram enviar dinheiro para Portugal:

 

  • A minha primeira opção foi falar com o meu banco inglês, o HSBC, para saber quanto me custaria enviar dinheiro para Portugal : cobram entre £9 a £17 em taxa de serviço e ainda oferecem uma taxa de câmbio algo baixa.  Sinceramente, não me pareceu nada boa ideia dar-lhes £9 a £17!!

 

  • Olhei então para os custos das agências de transferência de dinheiro ( Moneygram, Moneyone, LCC e Western Union).  Todas elas  cobram uma taxa de serviço que varia entre 3£ a 12£ ( valores para um envio de 100£). Essa taxa ao menos é um pouco inferior ao do HSBC, mas por outro lado, o valor da taxa de câmbio era muito inferior à taxa paga pelos bancos – por exemplo, para valores do dia 20/03/2013, a média da taxa de câmbio de libras para euros das agências de envio era de  1,14€ , enquanto que a dos bancos portugueses no Reino Unido era de 1,165€ (acresce o facto de as agências ainda cobrarem a comisssão pelo serviço de envio).

 

  • Por último, fui ver os serviços de envio de dinheiro para Portugal através dos Bancos Portugueses que estão presentes no Reino Unido. Comparei os serviços de 7 bancos: Banif, BCP, BES, BPI, CGD, Montepio e Santander. Nenhum destes bancos cobra taxa de serviço para Portugal o que logo me agradou mais. A diferença está então nas taxas de câmbio e, como sei que estas costumam flutuar de dia para dia, dei-me ao trabalho de as comparar durante 5 dias. E ainda bem que o fiz porque deu para ver que um dos bancos se destaca, apresentando taxas de câmbio mais altas – o BES. Através do BES, com £100 receberia €116,96 ( taxa de câmbio de dia 20/03/2013) o que comparando com os outros bancos dava uma diferença significativa. Depois o BES ainda tem a vantagem de disponibilizar mais opções de envio de dinheiro do que os outros bancos, inclusive do que o próprio banco com o qual eu tinha conta em Portugal.

 

Uma das grandes vantagens de me ter dado ao trabalho de pesquisar esta informação é que também me abriu os olhos para umas taxas na minha conta Portuguesa que estava a pagar, das quais nem fazia ideia. Eu sou sempre cuidadosa com o dinheiro e tento poupar o máximo que consigo, por isso estar a ter imensos custos com um banco só para me guardarem lá o dinheiro é coisa que não me apetece mesmo nada!!

 

Por isso tudo acabei também por abrir conta no BES e fechar a outra. Ao menos ter uma conta com eles fica-me mais barato, a agência deles fica mesmo no centro de Londres  - junto à catedral de St.Paul’s -  o que me dá mais jeito também para lá ir do que a do meu banco anterior que ficava no “cú de judas”, e fica a situação das transferências de dinheiro para Portugal também resolvida mais facilmente.

 

Alem disso, como o pessoal da agência deles de Londres foi extremamente simpático, fica aqui o formulário para contactarem esta agência caso estejam interessados, ou então podem ir directamente ao site do BES para mais informações BES

 

 

ACTUALIZAÇÃO DO POST NO DIA 13 DE DEZEMBRO 2013 

Passaram já 9 meses desde que escrevi este post sobre "envio dinheiro para Portugal", mas visto que vou novamente a Lisboa e me vai dar jeito enviar dinheiro para Portugal, fiz nova comparação das taxas de câmbio e dos serviços de envio de dinheiro que passo a colocar em baixo. O BES continua a oferecer a taxa de câmbio mais alta para envio de dinheiro para Portugal, o que é bom já que foi com eles que abri a conta, e até porque em termos de serviço prestado nada tenho a apontar bem pelo contrário e o serviço é realmente bastante eficaz. Fica a tabela de comparação dos serviços com valores para a taxa de câmbio de 5 de Dezembro.

 

Taxa de cambio 5/12/2013 - Simulação para envio de 1,000££

Instituição Taxa Cambio Valor em Euros Comissões Envio
BES 1,2026 1.202,60€ sem custos
Santander 1,2014 1.201,40€ sem custos
BPI 1,2005 1.200,50€ sem custos
Caixa Geral 1,2005 1.200,50€ sem custos
Montepio 1,1993 1.199,30€ sem custos
BCP 1,1987 1.198,70€ sem custos
       
Transferwise 1,1995 1.199,50€ 50£
LCC 1,1700 1.170,00€
Western Union 1,1591 1.159,10€ 4,9£
       

 

 

 

Conta bancária em Londres - acessível ou pesadelo burocrático?

Temos uma rapariga nova na empresa. Começou na semana passada no mesmo dia em que eu vim de férias. Também está a trabalhar comigo no departamento de Marketing e por isso também tenho oportunidade para falar mais com ela e conhecê-la melhor desde início. Ela é Belga e está fresquinha no país. Só tinha chegado a Londres um dia mesmo antes de começar a trabalhar conosco.

 

Como é nova no país vejo-a a passar por todas aquelas situações desconfortáveis do início por que eu também tive que passar. Vale-lhe que já conhecia imensos Belgas que estão também a viver em Londres por isso, ao menos, não passa pela fase do "não ter amigos". Muito pelo contrário, aquela rapariga tem jantares e saídas todos os dias. Enfim, lá está a aproveitar a agitação do início de querer visitar tudo e aproveitar a noite Londrina e tudo mais.

 

Também teve a sorte de ter uma conhecida Belga que tem cá casa numa zona espectacular de Londres e onde a deixa ficar a viver por uns meses a preço de amigo.

 

A única coisa em que ela não teve mesmo sorte, mas isso é inevitável é a chatisse para conseguir abrir uma conta bancária em Inglaterra.

 

Pois a situação de estar em viver num apartamento só para ela que é de uma senhora amiga que, por sinal, não está sequer no país, não ajuda mesmo nada com a prova de que ela tem uma residência o que é essencial para abrir conta bancária.

 

Lembro-me que ao início eu ainda tentei ir perguntar a vários bancos os requísitos para abrir uma conta bancária, para ver se havia algum que não pedísse tanta papelada e verificações disto e daquilo. Mas não tive muita sorte. Cada banco pedia mais que o outro. O Lloyds então pareceu-me o mais exigente deles todos. Sinceramente após análises consideráveis ao sistema bancário cheguei à conclusão que o HSBC é, sem dúvida o banco onde, estrangeiros conseguem  abrir uma conta bancária mais facilmente. Mesmo assim acabei por não abrir lá porque a míuda da caixa que era uma incompetente lá me conseguiu perder formulários, enervei-me e nãopuz lá mais os pés. Mas geralmente os empregados são mais profissionais do que isso por isso, mesmo assim é o HSBC que aconselho a quem acabou de chegar ao país e não tem conta bancária. Foi também o banco que aconselhei a esta nova rapariga da empresa e ela lá vai tentar conseguir abrir conta com eles. A razão porque é tão moroso abrir conta tem a haver com a papelada que eles exigem incluíndo:

- 2 formas de identificação (geralmente BI e passaporte)

- prova de emprego ou de ser estudante

- prova que tem residência (geralmente pedem a conta tipo da água ou luz recente endereçada para a morada e com o nome da pessoa que vai abrir a conta). Geralmente isso é um problema porque quem quer abrir uma conta geralmente está há pouco tempo no país e ainda não teve tempo para receber contas para casa. Por isso o que HSBC tem bom que os outros bancos não permitem é uma prova alternativa de mudar na residência, por examplo uma carta escrita pelo senhorio a provar que mora lá juntamente com uma carta da conta do "council Tax" endereçada ao nome do senhorio para essa casa para provar que a pessoa que está a escrever a carta é, de facto, o senhorio. 

 

Portanto à que tratar desta papelada para quem quer abrir uma conta no por cá. Este é um país muito burocrático por isso, há só que ter paciência com os ingleses. A maioria das pessoas poderão pensar que, para abrir uma conta devia ser preciso apresentar BI e ter dinheiro para lá colocar dentro mas os Ingleses coitados, gostam de complicar as coisas, o que é que se há-de fazer?