Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

A experiência da meditação

No outro dia uma amiga adicionou-me a um grupo no What's App onde estavam a falar sobre marcar para ir a um Gong Bath. Chamava-se 'Psychadelic Gong Bath' para ser precisa, e todas elas estavam super entusiasmadas sobre a ideia de participarem. Eu nunca tinha ouvido falar num Gong Bath antes, mas dei uma breve vista de olhos ao evento no facebook que pouca informação dava a não ser que se referia a relaxamento, luzes e som. As raparigas no grupo do What's App também se referiram a quanto adoravam a ideia de ir relaxar e que estavam mesmo a precisar de ir a um Gong Bath, que rapidamente me apercebo que se tratava de um desses banhos quentes de spa que tinha luzes e música, daí lhe darem o nome de psicadélico. 

 

"OK, podem contar comigo" - disse eu sem pensar mais no assunto. 

No dia anterior à data marcada para o tal Gong Bath, encontrei-me com elas e uma relembrou-nos que tínhamos que trazer um tapete de yoga e uma manta. "Uma manta?" - digo eu. - "Mas não será melhor levar antes uma toalha?"

 

Ficámos um pouco atrapalhadas relativamente ao que a outra se estava a referir até que ela disse - "tu sabes que o Gong bath é para meditação, não sabes?" Desatei-me a rir. Não! Não fazia ideia que o Gong Bath não envolvia banho nenhum mas que era meditação ao som de gongs. Eu nem sequer faço yoga, quanto mais meditação. Nunca sequer tinha ouvido falar em tal termo. Claro que nos desatámos todas a rir da situação, que se elas não me dissessem, eu efectivamente iria aparecer lá de bikini e toalha. Mas tudo bem, eu gosto sempre de experimentar coisas novas por isso fui nessa. Vá de meditar. 

 

Além da pequena parte de meditação que fiz no final de 4 ou 5 aulas de yoga a que fui, só tinha experimentado meditação assim mais a sério uma vez, e tinha sido sentada num auditório a ouvir esta palestra, em que o orador assim do nada, pediu-nos para fecharmos os olhos e lá nos orientou por aquilo em que devíamos pensar - que estávamos sozinhos numa casa na floresta muito bonita junto a um pequeno rio, etc. etc. 

 

Ora ao chegarmos ao Gong Bath, lá fiz o que todas as pessoas fizeram (ou quase) - coloquei uma manta no chão porque não tinha tapete de yoga, e deitei-me colocando outra manta em cima de mim para não ficar com frio. Todas as pessoas estavam deitadas em torno destes dois grandes gongs localizados no centro desta igreja onde estávamos (julgo que seria uma igreja Baptista ou Presbiteriana, mas não sei bem). Éramos cerca de 100 pessoas no mesmo espaço, deitadas no chão. Fez-me ficar com a sensação de que estávamos todos a acampar num campo de férias. A maioria estava vestido ou com roupas largas estilo hippie/budista, ou com a sua roupa de ginásio, que era o meu caso, seguindo o conselho das minhas amigas.

 

 

Quando se deu início ao evento, a organizadora lá disse qualquer coisa de forma muito calma ao microfone, mas ela falava tão devagarinho e para dentro, que nem ao microfone consegui perceber o que ela estava a dizer.  - "Ora esta é que está boa! Agora nem sequer consigo ouvir o que a rapariga está a dizer, como raio é que vou conseguir seguir a meditação?!" Mas ela parou de falar, dirigiu-se a um dos gongs e começou a tocar nele. Olho para um lado, e as minhas amigas estão com os olhos fechados, olho para o outro, e o resto das pessoas também estão todas silenciosas de olhos fechados. "Bem, acho que devo fazer o mesmo que é para me começar a concentrar nisto". Os minutos começam a passar. Eu abro os olhos e a rapariga lá continua a bater num e noutro gong, enquanto que outra rapariga anda pelo meio das pessoas a distribuir uma espécie de cheiro de incenso pela igreja, que vinha de um vaso que ela carregava nas mãos. 

 

"Bem, dava jeito que uma delas dissesse alguma coisa que era para me guiar na meditação, senão como é que sei em que é que hei-de pensar?"

O tempo passa. Mais gongs e cheiro de incenso no ar.

"Mas no que é que esta gente toda está a pensar?"

 

O tempo continua a passar e eu desisto da ideia de que uma delas vá começar a dar-nos indicações sobre o que devemos pensar para a meditação. Tento ao máximo deixar-me entrar no momento e começo a pensar na vida, no dia-a-dia, depois começo a pensar no trabalho e arrependo-me de imediato porque eu sei que pensar em trabalho não é algo que me vá deixar ficar relaxada. Afinal relaxar é o principal objectivo da meditação, não é? Começo então a pensar se a ideia do Gong Bath não será associado à ideia de mindfulness, e eu sei que mindfulness refere-se a não pensar em nada. Logo, eu não devia pensar em nada.

 

"Não penses em nada, não penses em nada. Branco, transparente, vazio, atmosfera, ar, ar-do-mar, praia, sol, férias, ahh estou ansiosa para estar de férias. Não! Não! Não penses em férias. Isso são pensamentos da vida mundana. Tenho que pensar em nada. Nada, nada,.... Ahhhh, não consigo estar aqui a pensar em nada! Mas será que esta gente toda está aqui a pensar em nada? Nós estamos aqui, cento e tal pessoas desconhecidas deitadas no chão frio de uma igreja no Este de Londres, a uma segunda-feira à noite, durante uma hora e meia, a ouvir batuques de gong, quando podíamos estar em casa no conforto do nosso lar a fazer a meditação que quiséssemos com a música que quiséssemos sem mais ninguém, mas estamos antes aqui e pagámos por isto?!?! Mas esta gente está toda maluca?!

 

Quando acabámos a sessão uma das minhas amigas perguntou-me se eu achava que ía voltar? Eu respondi-lhe que achava que não, mas que gostei de ter passado pela experiência só para saber como é. Afinal claro que há pessoas, a maioria das que ali estavam provavelmente, que tiveram uma experiência totalmente diferente da minha e que devem adorar e que tudo aquilo tem muita lógica para eles. Respeito totalmente a sua opinião.  Se eu vou voltar? Não!

 

gong-bath.JPG

 

O que fazer em Londres em Dezembro 2016

fazer-12-16.jpg

Estamos quase a chegar ao último mês de 2016. Sendo o mês do Natal, é típicamente conhecido como o mês das festas, dos exageros no álcool e doces, de bons tempos com amigos e família. Ficam então algumas ideias para ajudar a planear como vão preencher os vossos dias em Londrres durante o último mês do ano. 

 

Redchurch Street Christmas Market O que é? Pela primeira vez a Redchurch Street em Shoreditch vai organizar um festival de Natal na rua, com diferentes actividades a decorrer nos dias do festival, em colaboração com diferentes comerciantes locais. Quando? De 1 a 7 de Dezembro. Quanto? Gratuito mas existem específicas actividades que t~em que ser pagas em avanço. Onde? Redchurch Street, Shoreditch.

 

East End Independent's Day O que é? Os comerciantes Independentes da zona do Este de Londres entraram em colaboração para criar um dia específico em que abrem as portas ao público providenciando especiais eventos durante esse dia incluíndo tours dos seus estabelecimentos, apresentações da história de alguns dos estabelecimentos, e vai também haver oferta de comes e bebes gratuitos em alguns dos estabelecimentos. Quando? 3 de Dezembro. Quanto? Entrada a ser marcada através do site AlternativeLDN e custam de £12 a £35. Onde? Tours em Spitafields e Shoreditch ou Bow ou Broadway Market ou Columbia Road.

 

SantaCon O que é? Uma marcha de centenas de pessoas mascaradas de Pai (ou Mãe) Natal que percorrem as ruas de Londres a cantar canções de Natal, dar presentes às crianças, conversam com estranhos e passam assim uma tarde de diversão. Quando? 10 de Dezembro. Quanto? Gratuito participarem mas têm que efectuar registo no site. Onde? Centro de Londres

 

Winter Wonderland O que é? O maior mercado de Natal de Londres que conta com comes e bebes, diversões, bandas e artesanato para as vossas compras Natalícias. Quando? Até 2 de Janeiro. Quanto? Entrada Gratuita. Onde? Hyde Park.

 

Vauxhall Winter Village O que é? nas arcadas da estação de Vauxhall vão encontrar uma lounge de ski, com decoração vinda das montanhas brancas, com música, comes e bebes relacionados com o tema do ski e inverno.  Quando? Até dia 13 de Janeiro. Quanto? Entrada gratuita.

 

Geoffrye Museum Late Christmas Special O que é? O Museu da Casa - Geoffrye Museum vai ter uma noite de abertura prolongada especial por contar com festividades Natalícias incluíndo um mercado de Natal e artesanato. Quando? 1 de Dezembro. Quanto? Entrada gratuita.

 

Passagem de Ano O que é? A principal celebração da Passagem de Ano em Londres são os fogos de artifício no Tamisa. É necessário marcar com antecedência para poderem entrar na zona onde se vêm os fogos de perto, mas existem muitas outras alternativas para passar umpassagem de ano divertida em Londres. A TimeOut London criou uma página no seu site dedicado a ideias de coisas a fazer na passagem de ano por isso aqui fica a página com variadas ideias

Como estar activo e fazer amizades em Londres

Tenho alguns amigos que se queixam da vida sedentária que levam em Londres. Culpam o seu dia-a-dia no trabalho sentados a uma secretária, as longas horas de trabalho, e a comodidade de viverem perto de transportes públicos que faz com quem não andem muito entre o caminho de casa e trabalho. Eu a esses comentários respondo-lhes - “só não levas uma vida mais activa porque não queres.”

 

E isso porque, eu também tenho um emprego onde passo a maior parte do tempo sentada, e também vivo perto de transportes que me poderiam levar ao trabalho sem quase ter que andar, mas escolho não o fazer. Todos sabemos a importância de levar uma vida activa, não só para o corpo mas também para a mente, por isso é de nossa responsabilidade fazer para que isso aconteça. No meu caso eu já troquei os transportes públicos pela bicicleta à mais de 3 anos, e fez no mês passado de Outubro exactamente 10 anos que abri a minha inscrição no ginásio e nunca o deixei de frequentar. Claro que há semanas que já falharam, mas volto sempre ao ritmo. E como sei que geralmente tenho que trabalhar até tarde, o meu horário de ginásio decorre de manhã antes do trabalho. Depois sempre que posso vou dar passeios, ando bastante e vou dançar, quer seja para fazer o meu hobby de dança swing ou simplesmente dançar numa saída à noite.

 

Essas são as formas como principalmente me vou mantendo activa, mas existem muitas mais opções, por isso, para quem viva demasiado longe do trabalho para ir de bicicleta ou que não goste do ginásio, ficam mais algumas ideias, que permitem também conhecer novas pessoas:

  • Running clubs - existem muitos grupos para correr. Alguns são gratuitos como o park run ou estes apresentados pelo Londonist e outros são pagos para ajudar a manter o clube, mas geralmente é através de grupos pagos onde os membros tendem a ser mais regulares visto que se comprometeram a ir. Existem também grupos para diferentes níveis de experiência, portanto mesmo que ainda nunca tenham feito uma corrida de 5k, existem grupos onde os outros membros também ainda nunca a fizeram, o que ajuda bastante quando se corre com pessoas que têm o mesmo nível que vocês. Encontrem aqui uma listagem dos muitos clubes de corrida em Londres.
  • Desportos de equipa - quer prefiram futebol, andebol, voleibol, basquetebol, dodgeball, hóquei ou outros desportos, existam grupos para todos esses desportos, quer sejam eles grupos masculinos, femininos ou mistos. Muitos desses grupos podem encontrar em sites como o gumtree, ou até no faceboook. Pesquisem pelo nome do desporto que pretendem e a vossa zona preferida.
  • Danças - aprender uma nova dança é não só uma boa forma de se manterem mais activos como, sem duvida oferece boas oportunidades de fazer novos amigos. É necessário ir regularmente e ficar após as aulas para praticar a dança de forma a criar um grupo de amigos dentro dos alunos, mas sem duvida que resulta bem. Existem inúmeros locais e tipos de dança a que se podem dedicar. Ficam alguns exemplos:
  • Clubes de bicicleta - costumam encontrar-se para fazer percursos de bicicleta de distância média a longa, dependendo do dia de semana e geralmente terminam o percurso num pub. Vejam London Cycling Clubs
  • Natação - nem sempre são organizados em grupos mas se forem regularmente nadar a uma piscina irão começar também a conhecer as pessoas que frequentam essa piscina regularmente
  • Patinagem em linha - para quem gosta de patinagem em linha, todas as semanas no Hyde Park encontra-se um grupo de pessoas que percorre as ruas de Londres em patins. Todas as semanas os percursos são diferentes e as ruas escolhidas são selecionadas com cuidado para evitar o trânsito principal. No final estes passeios também terminam num pub.

 

Têm outras ideias que vos permitem manter activos ou recomendacoes de bons grupos a que pertençam ou tenham pertencido? Por favor indiquem nos comentários.

 

 

midnightrunners.jpg

 Fonte - Londonist

O que fazer em Londres em Setembro 2016

fazer-09-16.jpg

 

Setembro! Está a chegar o fim do verão e bem que já se o sente com a chuvinha que começou a cair este fim-de-semana e hoje. Olhando então para o que a cidade de Londres nos oferece mas nos alegrar o desaparecimento do sol, ficam aqui algumas ideias:

 

Totally Thames O que é? Vários eventos decorrem durante todo o mês de Setembro que celebram os benefícios que o rio Tamisa traz à cidade, desde competições de fotografia a apresentações de filmes relacionados com o rio. Quando? De 1 a 30 de Setembro. Quanto? Ver eventos individuais no site para detalhes. 

 

Barbican OpenFest O que é? O Barbican oferece aos visitantes neste dia a oportunidade de visitarem todos os espaços públicos do Barbican gratuitamente, assim como aceder às suas actuais exibições e eventos a decorrer nesse dia. Quando? 8 de Setembro das 12h às 19h. Quanto? Entrada gratuita. Onde? Barbican

 

Peckham Festival O que é? O primeiro festival de Peckham celebra a comunidade artistica da área e os variados artistas da área abrem as portas às suas galerias durante este evento. Quando? 8 a 11 de Setembro.  Quanto? Gratuito. Onde? Peckham

 

Dia do Brasil O que é? O Governo brasileiro vai celebrar um dia dedicado ao Brasil em Trafalgar Square no próximo fim-de-semana com o objectivo de celebrar os jogos olímpicos, o amor do Brasil pelo desporto, e dar a conhecer elementos da cultura Brasileira como o Samba e a comida. Quando? 10 de Setembro. Quanto? Gratuito. Onde? Trafalgar Square.

 

 London Design Festival O que é? O festival celebra a arte do design com várias instalações espalhadas pela cidade e eventos em diferentes localidades.  Quando? De 17 a 25 de Setembro. Quanto? Muitas actividades gratuitas e alguns eventos requerem entrada. ver site para detalhes. 

 

Open House London O que é? O Open House está de volta. Este dia é uma oportunidade para entrar em alguns dos edifícios mais icónicos de Londres desde grandes mansões a casas residenciais de interesse arquitectónico. Já visitei algumas casas em 'Open Houses' anteriores e devo dizer que valeu muito a pena. Muito interessante. Quando? 17 e 18 de Setembro. Quanto? Gratuito mas alguns edifícios têm que ser marcados com antecedência.

 

Hackney Record Fair  O que é? Para os amantes de discos antigos, a Hackney Record Fair permite-vos comprar uma grande variedade de discos de todas as décadas.  Quando? 25 de Setembro. Quanto? Gratuito. Onde? EPIC Dalston, em Stoke Newington High Street.

 

O que fazer em Londres em Julho 2016

fazer-07-16.jpg

Ora um dos eventos importantes deste mês já sabemos qual vai ser - o jogo de Portugal contra a França na final do Europeu 2016. E para quem gosta de ténis, no mesmo dia decorre a final do torneio de Wimbledon. Mas não é só de desporto que tenho para falar neste post por isso em baixo ficam mais algumas ideias:

 

Keeping up with the Jones O que é? Pop up artístico imersivo em que o público é convidado a interagir com os vários elementos dos diferentes quartos incluíndo electrodomésticos gigantes e detergentes comestíveis. Quando? De 7 a 10 de Julho. Quanto? De £17.50-£52.50. Onde? Clerkenwell.

 

Sommerset House Summer Series O que é? Vários concertos ao ar-livre incluíndo Everything Everything, James Morrison, e Laura Mvula.  Quando? De 7 a 17 de Julho. Quanto? De £29.50-£35. Onde? Aldwich.

 

MoreinCommon PicNic contra o Brexit O que é? Uma manifestação pacífica sobre a forma de picnic para que quem está contra o Brexit se encontre, partilhe ideias, discuta possibilidades. Quando? 9 de Julho. Quanto? Gratuito. Onde? Green Park.

 

Lovebox O que é? Festival de música que conta com artistas como LCD SoundSystem, Major Lazer, Katy B, Mo e outros. Quando? 15 e 16 de Julho. Quanto? £54.50 na sexta ou £58.50 no sábado. Onde? Victoria Park.

 

Midsommarstang Pop Up Party  O que é? A marca de cidra Sueca Rekorderling está a organizar uma série de festas pop up com música, cidra, festa e ambiente Sueco de celebração ao verão em três locais ao longo do Regents Canal.  Quando? Até dia 24 de Julho. Quanto? £Gratuito. Onde? Até 14 de Julho na Paddington Basin; até 24 de Julho em Granary Square em Kings Cross; e até 24 de Julho no Queen Elizabeth Park em Stratford. Notem que não decorre todos os dias da semana. Ver o link para detalhes das datas em que o evento está a decorrer.

 

Festival de Verão de Alexandra Palace O que é? Este festival conta com música, silent disco, cinema outdoor, um escorrega insuflável de água gigantesco e muito mais num ambiente agradável para toda a família. Quando? 23 de Julho. Quanto? Entrada gratuita mas algumas actividades pagas. Onde? Alexandra Palace.

 

Hackney Wick on the Beach Contem com uma zona preenchida com areia, um mercado de produtos vintage e artesanato, DJs e muitos comes e bebes ao sol. É assim que esta festa na 'praia' de Hackney Wick promete ser um dos eventos do verão. Quando? 24 de Julho.  Quanto? Gratuito antes das 18h e £5 a partir daí. Onde? Hackney Wick.

 

O que fazer em Londres em Setembro 2015

fazer_londres_setembro15.jpg

 

Adoro Setembro. Porquê? Porque é o mês do meu aniversário. Se bem que não gosto da ideia de ficar mais velha, gosto da ideia de celebrar o aniversário. Isso também é a parte positiva que contrabalança o lado menos positivo deste mês relacionado com a redução dos dias e das temperaturas. Mas lá porque é o fim do verão não significa que tenhamos que dizer adeus aos eventos ao ar-livre. Nada como ter uma escolha de actividades ao ar-livre e entre quatro paredes, só para o caso do tempo não se aguentar. Aqui fica a minha escolha para este mês:

 

Totally Thames Festival O que é? Eventos variados, desde arte a shows the barcos, música, passeios de barco e outros em celebração ao rio Tamisa. Quando? Durante o mês de Setembro. Quanto? Maioria gratuitos mas alguns pagos. Onde? Varios locais ao longo do Tamisa.  

 

Spiegeltent at Canary Wharf O que é? Numa grande tenda vão encontrar eventos de comédia, cabaret, circo, música, dança e eventos para crianças durante 10 dias. Quando? De 10 a 20 de Setembro. Quanto? Preços variados dependendo do evento. Onde? Canary Wharf.

 

OnBlackheat O que é? Festival de música agradável para adultos e crianças que conta com a presença dos Elbow, Manic Street Preachers, Kelis e muitos outros. Quando? 12 e 13 de Setembro. Quanto? A partir de £45 para adultos e £25 para adolescentes. Crianças têm entrada gratuita. Onde? Blackheat. Estação? Lewisham ou Blackheat.

 

St. John Hill Festival O que é? Um evento para a comunidade de Clapham com venda de artesanato, comes e bebes. Quando? 13 de Setembro. Quanto? Gratuito. Onde? Clapham Junction. 

 

Rugby World Cup O que é? O Mundial de Rugby vai decorrer este ano em Inglaterra e, como tal, vão poder contar com muita animação relacionada com os jogos durante o decorrer do campeonato. Quando? de 18 de Setembro a 31 de Outubro. Quanto? Podem comprar bilhetes a preços variados para os jogos aqui mas também podem juntar-se aos muitos fãs que vão ver os jogos gratuitamente nos grandes ecrãs em pubs e bares ou nos ecrãns gigantes destinados às fanzones. Em Londres vão haver ecrãs em Wembley Park, no Queen Elizabeth Park, em Richmond e em Trafalgar Square. 

 

Open House London O que é? Londres abre as portas ao público aos edifícios mais icónicos ou arquitectonicamente espectaculares de Londres durante um fim-de-semana. Quando? 19 e 20 de Setembro. Quanto? Gratuito. Onde? Por Londres inteira. Provavelmente têm alguns desses edifícios bem perto da vossa casa.

 

Apple Music Festival O que é? Em anos anteriores conhecido com o itunes festival, este conta com 10 dias de actos de artistas reconhecidos, cujos bilhetes são gratuitos mas conseguem-se apenas por sorteio. Quando? De 19 a 28 de Setembro. Quanto? Gratuito. Onde? Roundhouse. Estação? Chalk Farm. 

 

The London Tattoo Convention O que é? Para quem gosta de tatuagens, este é um evento a não perder, que conta com a presença de alguns dos profissionais mais conceituados assim como apresentação/show de tatuagens de corpo inteiro. Quando? 25-27 de Setembro. Quanto? A partir de £20. Onde? Tobacco Dock. Estação? Shadwell.