Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Meetups com estranhos

Recentemente houve duas noites em que não tinha nada planeado, mas apetecia-me sair. Então em ambas as ocasiões, tendo sido a última delas hoje mesmo, decidi ir a um Meetup. 

 

O Meetup em que fui a umas poucas semanas atrás foi organizado pelo grupo London International Meetup. Pensei que sendo um grupo internacional ía ter muitas pessoas novas em Londres, entusiasmadas por cá estar que apenas querem conhecer pessoal novo. Além do mais tinha um grande número de confirmados e era apenas para nos encontrarmos para bebidas num pub por isso achei que seria uma boa alternativa a ir para casa. Não era membra desse grupo antes mas pesquisei na listagem de todos os eventos a decorrer em Londres nessa sexta e esse pareceu-me o mais interessante.

 

Desta vez optei por ir a um encontro de Natal de um grupo, ao qual já pertenço à alguns anos, mas ao qual ainda só tinha ido a um meetup, relacionado com pessoas interessadas em ver música ao vivo

 

A comparação? Em ambos conheci pessoas completamente diferentes do meu habitual grupo de amigos. Afinal são eventos abertos a toda a qualquer pessoa, por isso é normal que se encontre uma grande variedade de pessoas. No entanto, gostei mais da experiência do grupo de hoje do que do grupo do pub de algumas semanas atrás. O facto é que ir a um meetup tão generalista como "friday night drinks" que era o caso, atraí uma variedade muito maior de pessoas. Tinha pouco em comum com a maioria das pessoas que lá estam, por isso era difícil manter uma conversa. Tentei conversar com a maior parte das pessoa presentes para me aperceber melhor do grupo, mas não conseguia encontrar um link comum entre elas, e apenas com algumas consegui manter conversas interessantes mais prolongadas. Conheci lá o médico Alemão acabado de chegar ao páis, o Espanhol também acabado de chegar que mal conseguia falar Inglês, a professora que não tem paciência nenhuma para educar as crianças dos outros, o Inglês que foi dar a volta ao mundo durante o maior tempo que pôde e, desde que voltou, não sabe o que fazer com a sua vida, e muitos mais,...

 

No meetup de hoje, no entanto, notava-se que existia um interesse em comum - música. E como tal, era mais fácil estabelecer conversas e fazê-las prolongar. Sem dúvida que ainda havia uma grande diversidade de pessoas, mas o factor diferença não era tão óbvio como no meetup anterior. Acabei até por receber a lista das "melhores músicas de 2016" de acordo com um dos organizadores do grupo (a sua selecção pessoal). Fica aqui a playlist se tiverem curiosidade para ouvir o que outras pessoas consideram o seu top 100 do ano. Eu estou a ouvi-la agora. Para já, algumas considero também boas. Outras, não tanto, mas penso que seja uma boa oportunidade para ficar a conhecer nova música de qualquer forma. 

 

Em resumo, os meetups podem ser interessantes e divertidos, mas convém ir a metups com uma temática de interesse, para que os seus participantes tenham algo em comum porque senão, os eventos generalistas são um "hit or miss", ou seja, serem bons eventos depende apenas do factor sorte. 

 

Meetup-Logo-Font.jpg

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.