Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Malaysia Airlines MH17, uma tragédia imperdoável

Os primeiros corpos do voo MH17 regressaram para a Holanda ontem, dia em que o país declarou dia de luto nacional, o primeiro oficialmente declarado desde a morte da Rainha Wilhelmina em 1962.

 

Uma semana depois deste acidente trágico e ainda mal posso acreditar que tal aconteceu. Incrível como somos impotentes a evitar situações deste género pelas quais nāo temos qualquer controlo. Mas uma coisa é certa, após o desaparecimento do voo da Malaysia Airlines em Março deste ano; este terrível acidente que ocorreu pela Malaysia Airlines decidir tomar uma rota sobre a zona de conflito na Ucrânia, e o facto de no dia 20 de Julho, para evitarem voar sobre a Ucrânia, decidirem ter tomado uma rota sobre outra zona de conflito na Syria; deixa a concluir, que esta companhia aérea tem muita responsabilidade sobre estes acidentes e não me parece de forma alguma confiável tendo em conta o tipo de decisões que tem tomado. 

 

Tocou-me bastante quando vi a mensagem de Facebook que tinha sido postada por um dos passageiros Holandeses do voo MH17, antes de entrar para o avião, em referência ao vôo desaparecido de Março:

 


O texto em Holandês significa: "Se este desaparecer, ele era assim".

4 comentários

Comentar post