Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Casa arrombada novamente

Hoje cheguei a casa e encontrei a porta de entrada assim:

 

porta_arrombada.PNG

 

Desde o último assalto que houve cá em casa à cerca de ano e meio atrás que tenho tido o cuidado de nunca deixar o portátil à vista, mas mesmo assim, o portátil foi a primeira coisa em que pensei que poderiam ter roubado. Não só não o roubaram, como não encontrei mais nada que tenham tirado. Aparentemente um vizinho viu-os, e eles devem-se ter apercebido e não quizeram ficar muito tempo na casa. Arrombaram a porta, subiram aos quartos, acenderam as luzes, e foram-se embora. 

 

Tivemos um pouco mais sorte que outra casa aqui da rua que também foi arrombada hoje, e mais outra um pouco mais à frente que foi arrombada na semana passada. Lá devem ter verificado que estas casas têm portas relativamente fáceis de mandar abaixo, e vai de arrombar tudo. Neste momento tenho um carpinteiro a arranjar a porta actual, para ao menos termos uma porta durante a noite, mas temos que tratar de mudar para uma mais forte e segura. 

 

Impressionante como temos que estar constantemente alerta e com receio e nunca se pode estar bem relaxado em casa. Talvez o melhor seja mesmo viver num apartamento, se bem que esses também nem sempre estão seguros. 

 

 

15 comentários

Comentar post