Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

A greve

Ontem e hoje tem havido greve do metro aqui por Londres. O nosso Presidente da Câmara, o Boris Johnson, decidiu que com as máquinas de compra de bilhetes, não existe necessidade para que as bilheteiras estejam abertas até tão tarde o que levará ao corte de mais de 960 trabalhadores. Claro que os trabalhadores não estão muito satisfeitos e, como tal, houve greve ontem e hoje e está já outra planeada para o dia 11 e 12 da próxima semana. 

 

Com mais de 3 Milhões de pessoas a viajar no metro de Londres todos os dias, sem dúvida que a greve afecta muitos. De tal forma que ontem, quando saí do trabalho pelas 18h (hora de ponta), a Oxford Street estava completamente parada até Holborn. De tal forma era rídiculo ficar à espera de um autocarro que muitas pessoas simplesmente decidiram andar até casa (ou até uma zona menos congestionada de tráfego). Eu claro que escolhi a bicicleta como o meu meio de transporte, mas desde o início do ano que a tenho usado na maioria dos dias, por isso iria nela com greve ou sem greve. Não fui a única a ter essa ideia. Já não via tanta bicicletas nas estradas de Londres desde o auge do verão. Enfim, foi uma confusão de automóveis, autocarros, pedestres e bicicletas a tentar sair do centro de Londres. 

 

A ver se as coisas são menos más para a semana que vem, ou melhor ainda, que o governo consiga entrar em resolução com o sindicato entretanto e a greve seja evitada. 

 

Greve em Londres

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.