Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

O que os Ingleses vão fazer a Portugal?

Quando se começa conversa com uma pessoa estrangeira desconhecida, como todos sabem, o mesmo tipo de perguntas, de forma geral, surgem ao início:

- Como é que te chamas?

- O que é que fazes em Londres?

- Há quanto tempo estás em Londres?

- Qual o teu país de origem?

 

Ora e quando chega à parte de perguntar qual é o meu país de origem e eu respondo que sou de Portugal, eu faço sempre outra pergunta imediata, quase automaticamente que é:

- Já alguma vez foste a Portugal? 

 

E de tantas vezes que tenho feito esta pergunta, já consegui formar um padrão de resposta que me dão, principalmente se essas pessoas com quem estiver a falar forem Britânicas:

 

Padrão de resposta 1: Ainda não mas gostava muito de ir.

 

Padrão de resposta 2: Sim, já fui ao Algarve (e depois passam o resto do tempo a falar das festanças e bebedeiras que tiveram com os amigos na sua passagem pelo Algarve. Enfim, nada a que não estejamos já perfeitamente conscientes de que é muito habitual dos Ingleses).

 

Padrão de resposta 3: Sim, já fui a Lisboa e ao Porto ver monumentos. (Geralmente aos que me dizem isto informo que estou surpresa por não me dizerem que foram ao Algarve visto que é essa a resposta da larga maioria. Estas pessoas geralmente respondem que não têm interesse nenhum em ir para o Algarve porque só o povo é que vai para lá para a bebedeira e eles não gostam dessas coisas).

 

Padrão de resposta 4 (este tem sido o padrão de resposta mais surpreendente que eu tenho recebido e, sinceramente, não foram tão poucas as vezes assim que já me deram esta resposta):

Eles: Sim, já fui a Portugal em trabalho.

Eu: Ah então que tipo de trabalho é que foste lá fazer?

Eles: Fui lá visitar os centros comerciais

Pois é, aparentemente os nossos muitos centros comerciais são tão populares que até o pessoal que trabalha no ramo da construção de infraestruturas do mesmo género, vai de propósito a Portugal fazer a ronda dos centros comerciais. Das opiniões que tive lembro-me que ouve uma dessas pessoas que me disse que o seu favorito tinha sido o centro da rua de Santa Catarina no Porto, e a última pessoa com quem falei à umas semanas atrás, que também lá tinha ido pelo mesmo motivo disse que tinha gostado mais do centro Vasco da Gama. Mas uma opinião geral recebi dos nossos centros comerciais, é que é uma pena que os centros tenham uma variedade de lojas tão pequena, recheados das lojas Espanholas tipo Mango e Zara. Bem, e lá nisso têm eles razão. De facto a nossa variedade de cadeias de retalho não é assim muito grande.

 

Achei engraçado isso de efectuarem viagens de trabalho para visitar os Shoppings Portugueses. Eles podem não saber que temos o Fado, o Bacalhau e a cortiça, mas ao menos lá centros comerciais, isso sabem eles que temos, e muitos.

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/2