Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

8 horas sem telemóvel

O meu telemóvel já teve melhores dias. É um iphone 5C e tenho-o há 1 ano e 9 meses, o que significa que não é assim tão velho, mas começou por falhar-lhe a bateria até chegar ao ponto de não o conseguir manter aceso sem estar a carregar. Comprei uma bateria nova há cerca de 3-4 semanas que me custou £60. Desde então o telefone tem-se aguentado mais tempo mas não o posso deixar desligar porque se isso acontece, demora cerca de 1 hora enquanto está a carregar até efectivamente estar activo e poder utilizá-lo. Ou pelo menos era isso que acontecia até ontem. Foi-se abaixo e ficou-se. Não voltou a ligar de todo. Fui à Apple Store a seguir ao trabalho para ver se o conseguiam arranjar, mas como não podia deixar de se esperar, já não havia consultas para ontem e a única hipótese seria voltar hoje de manhã, preferencialmente antes da loja abrir, para ficar na fila para conseguir uma consulta para hoje. Ou isso ou tinha que marcar uma consulta em avanço que só poderia ser marcada lá para o fim da próxima semana. 

 

Parece inacreditável como não existe outro local official onde me possam arranjar um iphone. Existem 4 lojas Apple na zona mais central de Londres (Westfield Shepperd's Bush, Regents Street, Convent Garden e Westfield Stratford) que são as lojas de acesso relativamente mais fácil para mim. Tal como eu, existem milhares de outras pessoas que também têm um produto Apple que precisa de ser arranjado e que apenas têm acesso fácil a estas 4 lojas. E a Apple apenas nos "deixa" arranjar os seus produtos em lojas oficiais para manter a garantia, mas também não nos facilita nada quando não oferece lojas suficientes para arranjos. E mesmo quando marcamos uma hora com antecedência, que foi o caso de quando mudei a bateria, ainda tive que ficar lá 45 minutos à espera antes que alguém me podesse atender. 

 

Claro que poderia ter comprado um telemóvel novo, mas se existir a possibilidade de arranjar o que eu tenho ou substituirem-me este telefone por um igual, bem que preferia essa hipótese. 

 

Resultado, saí da Apple Store ontem à noite sem um telefone a funcionar e sem forma de contactar uma amiga com quem tinha combinado encontrar-me nessa noite. O que vale é que eu sei onde ela mora e tive a atitude muito 'old-school' de ir lá tocar à campainha dela. Lembrou-me que quando era pequena e combinava encontrar-me com os meus amigos, geralmente era um de nós que ía bater à porta do outro. Assim evitava-se esperas sem saber onde a outra pessoa estava. Hoje em dia já nunca faço isso a não ser que o objectivo seja mesmo ir a casa dessa pessoa. Mas sem um telemóvel e ela sem saber a que horas eu me ía poder encontrar, a opção de lhe tocar à porta pareceu a mais sensata. 

 

Depois começo a pensar em tudo o resto. Ía-me encontrar hoje com outro amigo mas não sei onde ele mora e a única forma de contacto que tenho é mesmo o número de telemóvel. Como é que ía fazer para combinar para nos encontrarmos? E as minhas fotos? Ainda não as tinha passado para o Facebook e as últimas que tinha no iPhotos tinham sido tiradas em Junho. E todas as outras fotos que tinha tirado entretanto, da minha viagem a Edinburgo, do meu aniversário,... íam desaparecer?

 

Todas as minhas mensagens e restantes contactos íam estar na iCloud, certo? Mas será que os backups têm sido feitos recentemente? Não tinha certeza. E se não tivessem sido feitos? Bem me lembro de que nos tempos do meu Nokia 3310 eu tinha que estar constantemente a apagar mensagens porque o telefone estava constantemente cheio. Mas hoje em dia não tenho que fazer isso portanto a ideia das muitas longas conversas desaparecerem não é propriamente agradável. É stressante como o facto de estar sem telemóvel hoje em dia é tão importante. 

 

Quando cheguei a casa fiz o que a rapariga da loja da Apple tinha sugerido - ligá-lo ao computador com o itunes ligado, e carregar simultâneamente no botão de ligar e no botão home durante uns 20 segundos para forçar um reset. Quando apareceu no ecrã do computador a questão - "Ao fazer o reset, vai apagar todos os dados do seu telemóvel. Tem a certeza de que quer fazer um reset?" - Não! Claro que não tenho certeza, mas também não parece que tenha outra hipótese! :-( Carreguei que Sim.

 

O telefone voltou a funcionar e todos os meus dados, fotos e contactos estão lá. Uff!!!! Safou-me de uma longa manhã na fila da Apple Store mas vou ter que marcar consulta de qualquer maneira para me verem o telemóvel porque não é ideal estar constantemente com a possibilidade de o telefone falhar-me a qualquer momento. 

 

Yellow-iPhone-5c.jpg

 

2 comentários

Comentar post