Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Brixton está ao rubro

Na passada sexta-feira à noite fui sair para Brixton porque tinha encontrado no Facebook que o Pop-Brixton estava a organizar noites de música ao vivo gratuitas todas as sextas-feiras. Como já não ía a Brixton há algum tempo e ainda não tinha estado no Pop-Brixton achei boa ideia passar por lá. Convidei alguns amigos e lá nos encontrámos. 

 

Devo dizer que fiquei um pouco surpreendida com o que encontrei. Eu já sabia que a Brixton Village na zona do mercado era popular e já existei na altura em que eu vivia em Brixton, à cerca de 5 anos atrás. Mas não só encontrei a Brixton Village com ainda mais restaurantes giros, cafés, pessoas e animação, mas também passei por um pop-up de 'Street Food' chamado Brixton Food Court, localizado no início da Atlantic Road, para quem vem do lado da estação. É um espaço relativamente pequeno comparado com o tamanho do Street Feast mas está muito bem organizado, com vários bancos convidativos a passar lá umas horas quando as noites começarem a aquecer. 

 

brixton_food_court.PNG

Brixton Food Court

Depois lá encontrei o Pop Brixton que também estava muito animado. Quando cheguei a banda já estava a tocar e, em frente do palco encontrava-se um grande espaço coberto para os espectadores verem o concerto, que é também perfeito para dançar depois do concerto, quando começam os DJs a passar música até tarde. À semelhança do Brixton Food Court, aqui os comerciantes também vendem street food, com uma grande variedade de comida incluíndo um restaurante Ghaniano, Pizza, Ramen, Hambúrgueres Indianos, Tacos e alguns outros. Para além de música ao vivo gratuita, o Pop Brixton também organiza vários outros eventos tais como noites de cinema e afins. 

 

popbrixton.PNG

Pop Brixton

Se ainda não conhecem vale a pena passar por Brixton uma destas noites, principalmente aos fins-de-semana quando tudo está mais animado, para fazerem uma visita ao Brixton Village, o Brixton Food Court ou o Pop Brixton, para além dos habituais pubs, bares e cafés muito bons que já existem também nas ruas de Brixton.  

brixtonvillage.jpg

Brixton Village - Imagem retirada @anneskitchen.co.uk

E o Cambodja é assim

Estou de volta a Londres e estou contente por estar de volta. Sem dúvida gostei da minha primeira experiência na Ásia, mas também depois de vários dias num ambiente tão diferente a que estou habituada, sabe bem voltar a casa e ao dia-a-dia. 

 

Aprendi imenso sobre a cultura, os hábitos e o país em sim. Sendo um dos países mais pobres do Sudeste Asiático, algumas das suas características chocam um pouco. No entanto, para um país que teve que recomeçar do zero apenas à cerca de 40 anos atrás quando o Governo ditaturial do Khmer Rouge destruio o país e assassinou todas as pessoas que tinham algum nível de educação, seria difícil estar noutro tipo de situação. 

 

Algumas das coisas que me chocaram incluío ver as crianças a trabalharem em todo o lado; muitas pessoas a pedir esmola; muito lixo nas ruas, principalmente na capital Pnhom Penh; muita prostituição de adolescentes; a falta de controlo no trânsito onde era 'todos ao molho e fé em Deus' nos cruzamentos. A realidade com que os nacionais do Cambodja vivem fez-me apreciar e agradecer muito o facto de ter crescido num país desevolvido, onde, as crianças têm a oportunidade de ser educadas e poderem ter escolhas para o seu futuro. No Cambodja, a maioria das pessoas simplesmente não têm escolha. As suas decisões são motivadas pela sobrevivência e as condições locais da zona onde nasceram tendem a ditar aquilo que vão fazer para o resto da vida. 

 

Fiquei a conhecer essa parte da realidade do Cambodja, mas também fiquei a conhecer zonas muito interessantes com um tipo de beleza que nunca antes tinha visto. A zona de Siem Riep onde são localizados os principais templos do país é mais turística e agradável em termos de ambiente de rua do que a capital, e a visita aos templos, principalmente tendo a possibilidade de vê-los ao nascer do sol, é espectacular. Se bem que a minha visita favorita foi mesmo à ilha de Koh Rong, que era paradisíaca. Adorei!

 

Ficam algumas fotos da viagem:

phnom_penh_promenade.jpg

 Zona ribeirinha Phnom Penh

 

boat_trip.jpg

Passeio de barco Phnom Penh

 

insectos_venda.jpg

Venda de insectos - aranhas, larvas, e outras coisas mais

 

ankor_wat.jpg

Ankor Wat

 

koh_rong_vista.jpg

Ilha Koh Rong

 

praia_koh_rong.jpg

Praia Koh Rong