Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Os primeiros dias

Já me mudei para a nova casa. Com ajuda de amigos apenas demorou 2h30 para carregar e descarregar. Ainda nesse dia entretivemo-nos nas compras da praxe no IKEA, para voltarmos 'a nova casa já bem tarde e exaustos para fazer as primeiras arrumações.

 

Deixamos as coisas do IKEA dentro da carrinha para mudarmos no dia seguinte, e quando chegou esse momento de manha ... - onde é que estão as chaves da carrinha? - Não estão! Procuramos nas malas, nos sacos, por trás da cama, debaixo do sofá, na casa-de-banho, no lixo, perguntamos aos vizinhos, no bar lá de baixo, no offlicense 'a frente (caso tivesse caído no chão e alguém lá tivesse ido entregar), e nada!

 

Tínhamos que devolver a carrinha ao rent-a-car ao meio-dia. Já passavam das 10:30h. Telefonámos para lá para dizer o sucedido e ir buscar as chaves sobressalentes

 

"- Não há chaves sobressalentes".

 

"- Hum?? - Como é que não tem uma cópia das chaves? Uma empresa de aluguer de carros só tem uma chave por veículo? E agora?"

 

"- Agora temos que mandar fazer uma nova chave. Vai demorar pelo menos 48h e durante esse tempo vão ter que pagar pelo aluguer da carrinha, para além de terem que pagar pelas novas chaves."

 

Tendo em conta que cada dia de aluguer custava quase £100, a brincadeira não ia ficar nada barata. E ainda mais como não tinha sido eu a perder as chaves, estava mais chateada ainda. Eventualmente lá chegámos 'a conclusão de que, como tínhamos pago o seguro extra (ainda bem!!!), o máximo que iríamos pagar a mais seriam £75 - menos mal.

 

Na segunda-feira 'a noite, o meu flatmate ía passar umas camisas a ferro e sou ouço - "encontrei as chaves!" Tinham estado presas todo este tempo na tábua de engomar.

14 comentários

Comentar post