Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

A procura da minha 7ª casa em Londres - Parte I

Já estou mais mentalizada que vou ter mesmo que mudar de casa e este sábado tive o meu primeiro dia de procura à séria. Como é a primeira vez que tenho um raio curto relativo à zona onde retendo morar, também torna a pesquisa menos dolorosa porque evito andar por longas distancias em diferentes zonas de Londres. Então eu e o meu flatmate lá saímos de casa pelas 10h da manhã de sábado pelas ruas locais à procuras de placas com sinalização de aluguer. Telefonamos para cada agência anunciada nas placas e fomos directamente a todas as agências de imobiliária da zona e arredores para nos inscrevermos em cada uma delas.

 

Ainda chegámos a ver uma casa que seria uma boa oção, caso não fosse o facto de um dos quartos ser um "box room", ou seja, daqueles em que cabe lá uma cama que é encostada à parede por três dos lados, um roupeiro estreito e desengonçado do Argos e um armário mínimo imediatamente colado ao guarda-roupa. Ah, mas não me posso esquecer do espaço livre para andar - devia dar praí, pelo menos para dar um passo entre a porta e a cama. Enfim, acho que perceberam a ideia. É pena porque de resto o apartamento era bem giro e até tinha um bom terraço e grandes janelas. 

 

Houve uma outra agência que nos falou de um outro apartamento sobre o qual ficamos interessados apesar de ser pó carote - ou pelo menos ficámos muito curiosos assim que ouvimos a descrição da casa: - "esta casa tem 3 grandes quartos, e efectivamente são mesmo todos eles grandes, ao contrário do que é costume, tem 1 jardim, 1 boa cozinha, 2 casas de banho, 2 salas e... 2 cozinhas!!! Um apartamento com 2 cozinhas, de facto é coisa que nunca vi antes, mas não deixa de ser um facto muito curioso. Estavamos tão interessados que decidimos passar por lá à porta apesar de não podermos visitar a casa nesse dia. A rua e a casa pareceram agradáveis o suficiente (a casa é a da foto em baixo - sim, a côr-de-rosa) mas o caminho a andar desde a paragem do autocarro até à casa é que deixavam um bocadinho a desejar e, não sei se ao fim de uma noite fora, ir para casa sozinha a passar por ali seria lá muito boa ideia. De qualquer forma, a agencia telefonou e marcou para irmos lá ver a casa por dentro amanhã. Ainda estamos a ponderar se vale ou não a pena ir lá vê-la. 

 

Casa para alugar

15 comentários

Comentar post