Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Os Canadianos

Estou prestes a regressar a Londres. Neste momento no aeroporto de Québec 'a espera de embarcar. Como fiquei aqui durante o fim-de-semana tive a oportunidade de ficar a conhecer a cidade um pouco melhor, e devo dizer, que é linda! Pequena, sem dúvida. Vi todos os pontos principais da cidade (sem entrar em museus) em cerca de 5 horas entre ontem e hoje. Mas apesar de pequena, quem vier visitar o Canadá nao deve deixar de passar pela cidade de Québec. É a única cidade fortalizada da América do Norte, o que faz com que tenha características muito Europeias, mas ao mesmo tempo muito Norte Americana, em termos do aspecto das casas fora do centro da cidade e, claro está, dos hábitos das pessoas. 

 

Os Quebequianos (será que é assim que se escreve em Portugues?) sao pessoas extremamente simpáticas, mas acho que a simpatia se desfaz se tentarem comecar a falar com eles imediatamente em Ingles. Felizmente o meu nível de Frances ainda dá para manter umas conversas básicas, o que ajudou, e muito, em várias ocasioes, por exemplo no autocarro em que, o motorista ignorou totalmente quando eu me tentei explicar melhor ao dizer umas palavras em Ingles. Lá tive que continuar a explicar-me de uma forma bem mais complicada em Francotuga para me tentar fazer entender. É o que vale nas minhas tentativas de falar Frances, é mesmo o meu Portugues. Afinal, as línguas nao sao assim tao diferentes. Assim sendo, quando nao sei a palavra correspondente em Frances, digo-a em Portugues e espeto-lhe um "i" adicional ou algo que faca a palavra se assemelhar o mais possível ao sotaque Frances. Geralmente resulta {#emotions_dlg.happy}

 

Uma outra característica em particular que senti por cá, é que nao preciso de olhar para trás para verificar que ninguém com ar de que me quer ir assaltar está para vir. Aqui posso estar na rua sozinha a qualquer hora sem o mínimo de problema. Desde as ruas, 'as pessoas, parece que tudo tem bom aspecto. Muito agradável. Até ontem 'a noite, que decidi ir a um noite de danca Swing local verificar como funciona por aqui, e deixei a mala e o casaco a noite toda numa zona onde estavam todos os casacos, nao me tive que preocupar em ir lá verificar umas 5 vezes se tudo ainda estava lá (é geralmente o que faco quando vou a sitios onde deixo coisas fora do bengaleiro). Como aquilo ficava a meia hora do centro da cidade, numa zona muito residencial, onde nao há nada para alé de uma estrada e casas com grandes jardins espalhadas muito separadamente, também estava com receio de sair de lá tarde. Afinal estar sozinha 'a beira da estrada 'a espera de um autocarro num país e zona desconhecidas, onde falam uma língua que nao domino pela meia-noite, nao me pareceu que fosse uma opcao sensata. No entanto, estive a falar com uma rapariga que conheci por lá sobre o assunto e ela disse que nao havia o mínimo problema nunca. Que é super seguro andar sozinha na rua a qualquer hora e que nunca acontece nada de mal. Wow! Sem dúvida que fiquei impressionada, ja que já me tinha apercebido que a cidade era segura, mas nao pensei que fosse assim tanto. 

 

Entretanto estao a chamar para ir para a porta de embarque. Coloco fotos da cidade assim que poder. 

4 comentários

Comentar post