Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Cartão do Cidadão em Londres

Quando estava de férias em Portugal reparei que o meu bilhete de identidade já só era válido até ao final deste mês de Setembro. Então, sendo que estava lá aproveitei logo para ir fazer a renovação. Dirigi-me aos Registos do Parque das Nações, pensando que lá seria mais rápido do que indo à Loja do Cidadão. Qual quê? Passei lá a manhã inteira, como não podia deixar de ser. Parecia até que não estavam muitas pessoas quando lá cheguei, mas com a história das prioridades de grávidas, mães com crianças pequenas e idosos, em cada 5 minutos aparecia alguém nestas circunstâncias que passava à frente. Assim sendo, ali tive que ficar mais de 3 horas plantada à espera. 

 

Como ainda não tinha cartão de cidadão não sabia bem o que levar, mas sabia que geralmente este cartão contém não só o número do BI, mas também o número do cartão de saúde, o número da segurança social e o número de eleitor. 

 

Não consegui encontrar o meu cartão de eleitor e não estou registada na segurança social em Portugal por isso até estava com medo que ao fim de todas aquelas horas de espera não me deixassem pedir o cartão por não ter todos os dados dos documentos necessários. Mas felizmente não foram precisos. Vou ficar apenas no cartão com o número do BI e o do cartão de saúde, que acabam por ser aqueles que uso mais. Preciso de pedir um cartão de eleitor cá no Reino Unido que provavelmente será diferente do meu Português de qualquer maneira por isso também não valia a pena. 

 

Quiz pedir com urgência visto que no dia seguinte voltava para Londres, mas informaram-me que podia pedir o cartão com entrega normal e que este seria entregue no Consulado Português em Londres, o que foi a situação ideal. Assim, não só não tive que pagar o cartão urgente, que segundo me recordo ficava em cerca de £35, como mo podiam enviar directamente para Londres. Para isso tive que pagar mais £5 que o preço normal, o que acho que me ficou em cerca de £20, mas mesmo assim não foi nada mau. 

 

E, o que me impressionou mesmo é que, apesar de não ter pedido urgente o cartão foi muito mais rápido a ser entregue do que esperava. Não foi na semana seguinte a ter pedido o cartão, mas no início da outra apareceu-me uma carta cá em casa a informar que o cartão já estava disponível no Consulado Britânico. Nada mau, ham? Posso não ter tido o atendimento mais rápido no dia em que o fui pedir mas ao menos a entrega foi extremamente eficiente. Só eu é que não tenho sido eficiente que ainda não tive a oportunidade de o ir lá buscar. A ver se vou esta semana que senão até tenho medo que me desapareçam com o cartão de lá. Só espero é que o tempo que vou ter que esperar para o levantar no Consulado não seja em nada equivalente àquele que tive que esperar para o pedir em Lisboa. 

Analytics

13 comentários

Comentar post