Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

Aii, mas que porra de verão!

Hoje foi dia de visitar a festa das flores de Campo Maior. Já lá tinha ido uma vez mas tinha sido à tantos anos que não me lembrava bem. De qualquer forma hoje também não deu bem para relembrar como deve de ser devido aos estragos causados pela chuva. As ruas enfeitadas, em vez de presentearem os visitantes com os seus tectos de flores multi colores como era suposto, presenteou-nos com tectos de flores brancas, isto porque a chuva fez com que toda a côr tenha saído destas, uma vez bonitas, flores de papel. Algumas ruas tinham os tectos ou arranjos laterais tombados ou destruídos, e muitas outras tinham os arranjos laterais e frontais de cada rua cobertos com plásticos para que se consigam manter até ao fim-de-semana quando são esperados os maiores números de visitantes e também se espera que a chuva já não caia nesse dia. Entretanto os residentes da cidade de Campo Maior continuavam a trabalhar para fazer novas flores de papel de forma a substituir todas aquelas que ficaram destruídas ou descoloradas. Se para mim me custa, só de ver o trabalho que foi ali colocado para criar todas as estruturas em flôr presentes em cada rua a ter que ser feito novament, imagino a frustração por que as pessoas envolvidas no trabalho sentem.

 

Já a mesma coisa se passou nas festas do Redondo que decorreram mais próximo do início do mês de Agosto, em que a chuva também destruiu muitas flores que tiveram que ser reconstruídas durante a noite. É mesmo muito chato.

 

Após a visita a Campo Maior, lá dei um saltinho a Badajoz e quando lá estava choveu tanto, mas tanto, que em cerca de 15 minutos já estavam formados pequenos rios de água da chuva nas estradas da cidade. Não podia deixar de imaginar como estariam as coisas em Campo Maior. Se a chuva caiu com a mesma intensidade por lá, deve ter destruído completamente o resto dos arranjos que, durante a tarde ainda se mantinham intactos. Afinal são só cerca de 18km de distância de Badajoz por isso é perfeitamente plausível que a mesma quantidadade de chuva tenha caído por lá.

 

Aii, e o meu sol e calor que ainda não me apareceram este verão :-(

7 comentários

Comentar post