Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tuga em Londres

A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.

O presente para mim própria

 

Clicar para dar mamografias

Ora e estamos aqui numa onda sucessiva de posts sobre o meu aniversário. Já passou quase uma semana e não me calo com isto, mas o facto é que esta coisa de fazer anos lá tem a sua importância para mim. É sempre um daqueles momentos do ano em que paro para pensar na vida, naquilo que já atingi, mas principalmente naquilo que ainda não alcancei. E principalmente agora que saí dos "mid twenties" e entrei nos "late twenties" em que me restam poucos anos para chegar aos tão temidos 30, tenho muito em que pensar. Há certas coisas que gostava de fazer antes dos 30, por isso a partir de agora tenho que me dedicar a tudo aquilo que quero fazer antes de chegar a essa idade. E não, claro que 30 nao é muito, e claro que depois dos 30 ainda se pode fazer imensa coisa que é aquela década em que se é jovem mas já se é totalmente adulto também. Mas é também aquela década em que convém começar a pensar mais naquelas coisas chatas como o dinheiro, a reforma, os filhos caso se queiram ter e apareça entretanto alguém com quem valha a pena te-los. É aquela década assim em que se costuma levar as coisas mais a sério. Digamos que chegar a essa fase da vida não é uma ideia muito aliciante para mim. Não estou nada preparada para isso, daí a coisa de associar os 30 a esse estilo de vida me faz querer chegar a essa idade o mais tarde possível. Mas uma coisa é verdade, acho que esta minha percepção dos 30 é a minha mentalidade Portuguesa a falar, porque olhando para todos os meus amigos de cá, estando muitos deles na casa dos 30, vivem a vida como quem tem 21 anos só que com a vantagem de quem tem mais dinheiro agora do que tinham aos 21. Acho que será mais nesse sentido que a minha vida também se irá desenrolar. Viver os 21 eternamente. Yeah! Hehe. Ou talvez não, não sei. Enfim,... logo se vê.

 

 

Mas esquecendo a década dos 30 visto que ainda tenho mais uns aninhos na casa dos 20 para desfrutar, ontem decidi fazer uma das coisas que ainda nunca fiz e que tenho um desejo enorme de fazer desde que me conheço como pessoa - ir a Nova York. E tal certa foi a minha decisão que já comprei o meu bilhete. Vou exactamente daqui a um mês!

 

OK, não foi assim uma decisão tão precipitada quanto isso. Eu já tinha tirado férias 'a uns 3 meses atrás para essa semana em Novembro a pensar ir para Nova York com uma amiga. Entretanto ela já disse que não podia ir. Fiquei naquela do "ah e tal, o que faço agora com as minhas férias? Junto essa semana 'a outra do Natal e fico mais tempo em Portugal? Vou visitar a minha amiga que vive na Suíça já que ainda nunca lá fui? Vou visitar o meu ex-namorado a São Francisco? Fico uma semana de folga em Londres a passear de um lado para o outro a tentar descobrir sítios que ainda não conheço? Vou novamente a Barcelona visitar uns quantos amigos que lá tenho?.... Não! Eu quero ir a Nova York por isso eu vou a Nova York, decisão feita. Se eu fosse ficar sempre 'a espera dos outros para irem comigo a algum lado então nunca ia mas era a lado nenhum. E tenho a sorte que ainda vou apanhar uma amiga minha e uma colega do trabalho por Nova York nos primeiros dias para que marquei a viagem. Para os restantes talvez fique sozinha ou talvez não (to be confirmed), mas mesmo que fique a passear sozinha, sinceramente não me importo mesmo nada. Aliás, até estou entusiasmada com a ideia de estar a passear pelas ruas daquela cidade, sentir o ritmo da cidade, respirar Nova York, só eu e aquela cidade. Nunca se consegue fazer tão bem isso do que quando se está sozinho. E finalmente irei descobrir se efectivamente a ideia que tenho daquela cidade é mesmo tudo aquilo que espero que seja ou se afinal não é mais do que uma cidade como tantas outras. Duvido que venha a concordar com a última opção, mas só irei mesmo saber quando lá estiver.

 

Agora só me falta é arranjar acomodação, portanto, seria uma boa oportunidade para alguém que já tenha estado em Nova York me poder ajudar com informações sobre hotéis/pousadas baratinhos e em zonas seguras onde ficar, tal como eu também me disponibilizo a dar informações sobre hotéis e boas zonas em Londres. Se alguém tivesse boas indicações/sugestões, agradecia muito.

 

Ah, e já me estava a esquecer, mas também comprei outro presente muito bom - o meu bilhete para o Glastonbury 2011!!

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/2