Terça-feira, 25 de Novembro de 2014
Fazer novos amigos por Londres

Com a vinda de novos Portugueses para Londres muitos de vocês têm-me perguntado se sei de grupos de Portugueses que possam passar a frequentar ou associações, cafés, etc. Passo aqui a dizer o que costumo dizer em resposta a esses emails - se vocês vieram para Londres, não procurem fazer amigos apenas entre a comunidade Portuguesa e deixem alargar o vosso horizonte para pessoas de outros países também. Londres é perfeita para isso e só assim se conseguem integrar melhor, para além de ajudar na aprendizagem do Inglês e das expressões Britânicas que não se aprendem na escola. Claro que não deixa de ser importante conhecer também outros Portugueses e podem, por exemplo fazê-lo ao organizar os vossos próprios eventos tais como ver um jogo de futebol no Café Estrela, ir a um restaurante Tuga para matar saudades, tomar um café como deve de ser na Patisserie Lisboa ou o que quer que seja e, podem comunicar o evento que queiram organizar no grupo que criei no Facebook intitulado Eventos Tugas em Londres. Este grupo precisa da vossa colaboração e iniciative de organização para ser mais activo.

 

No entanto se quizerem seguir o meu conselho e começar a conhecer novas pessoas das mais variadas nacionalidades, podem juntar-se a sites tais como o Internations. Existem outros de que também já aqui falei no blog tais como o Meetup.com, mas gosto do conceito do Internations porque foi criado com mente em ajudar os expatriados a fazer contactos. Ou seja, isso significa que os seus eventos atraem muitas pessoas que também são novas na cidade e que pretendem fazer novos contactos e novas amizades. Os eventos são também muito variados, desde bebidas após o trabalho para encontros de interesses de grupos, sendo que um deles é o grupo Internations London Portuguese Culture, portanto até aí conseguem também fazer amigos Portugueses se quizerem. Ao olhar agora para esse grupo parece-me até ser bastante activo já que teve um encontro no passado dia 15 de Novembro e vai ter outro 'intitulado de 'Portuguese Christmas Lunch' no dia 14 de Dezembro. 

O Internations tem eventos gratuitos e outros pagos, mas se se tornarem membros basta pagarem £4.95 ao mês e assim já não precisam de pagar por nenhum dos eventos e costumam ter uma bebida gratuita em muitos deles. Sendo que um copo de vinho costuma custar pelo menos £4 - £4.50, não parece um mau negócio. 

 

Ficam as dicas e espero que este tipo de sites venham a ser úteis para quem é novo por cá ou para quem simplesmente quer conhecer mais pessoas por Londres. 

 

internations.jpg

 

publicado por Tuga em Londres às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014
Chapéu ao ar

Este fim-de-semana estive presente na festa de graduação do Chartered Institute of Marketing por ter completado a minha pós-graduação em Marketing. Efectivamente já tinha terminado o curso durante o ano passado, mas como o mesmo curso começa em datas diferentes e só fazem uma festa de graduação uma vez por ano, isso significa que não apanhei a outra a tempo e, como tal só celebrei ontem. Parece-me um pouco estranho que a celebração decorra tanto tempo após o final do curso mas, este é um hábito normal por cá mesmo para os estudantes a tempo inteiro de universidades que terminam dentro do período normal. Ao contrário da minha graduação da licenciatura em Portugal, aqui foi necessário marcar bilhetes para visitantes e, apenas dois convidados por estudante eram permitidos. Além disso temos que pagar o aluguer da vestimenta apropriada para que todos os estudantes tenham uma apresentação idêntica e sejam facilmente reconhecidos. No nosso caso, como haviam dois níveis de cursos do CIM a serem oferecidos, os estudantes eram diferenciados pela côr da capa (para além da côr preta). 

 

A ceremónia em si decorreu no Church Hall Conference Centre em Westminster que, efectivamente, era um edifício muito bonito e apropriado à celebração. Começou com a entrada dos membros do conselho do CIM que procederam a fazer um discurso relacionado com a profissão, seguido de cerca de 1 hora passada a bater palmas enquanto todos os estudantes eram chamados a palco um a um para cumprimentarem com um aperto de mão dois dos membros do conselho do CIM. Como é óbvio, a certa altura já todos estavam um pouco cansados de bater palmas mas a certa altura as palmas batem mais forte que em qualquer outra altura antes e foi porque a rapariga que subiu ao palco nessa altura era cega, o que obviamente merece um forte aplauso visto que o curso em si já é bastante difícil e ainda mais o será para quem não consegue ler tão facilmente todos os materiais necessários para estudar, ver os esquemas apresentados na aula, etc. 

 

A ceremónia contou com mais alguns discursos e terminou com o atirar dos chapéus ao ar. Gostei da experiência. 

 

photo (2).JPG

publicado por Tuga em Londres às 09:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 18 de Novembro de 2014
Cidades e aldeias de Inglaterra a visitar neste Natal

Este fim-de-semana que passou fui passá-lo com um grupo de amigas a Arundel em West Sussex. Arundel é uma pequena vila medieval com um grande castelo, ruas simpáticas, lojinhas bonitas em que apetece comprar de tudo, rodeada de campos ideais para se ir dar longos passeios e um ambiente já muito Natalício. Vai ser no entanto, a dia 6 de Dezembro que as celebrações de Natal da vila vão decorrer nesta vila por isso achei que podia ser útil para alguns dos leitores que estejam interessados em passar um fim-de-semana fora nesta época Natalícia, ficarem com algumas ideias de onde podem ir.

 

photo (2).JPG

 

photo (3).JPG

 

 

 

Fiz uma pequena pesquisa per mercados e festejos Natalícios por localidades bonitas de Inglaterra e aqui ficam algumas ideias:

 

Arundel Oquê? Arundel by Candlelight vai contar com mercado de Natal, cortejos e celebrações a partir do final da tarde de dia 6 de Dezembro. Onde? West Sussex. Distância de Londres? 1:45h de comboio. 

 

Rye Oquê? Rye conta com vários eventos de Natal cuja lista encontram no link indicado mas o principal dia dos cortejos de Natal vai ser no Sábado 13 de Dezembro. Onde? East Sussex. Distância de Londres? 1:12h de comboio.

 

Lavenham O quê? Esta vila, considerada a mais medieval de Suffolk vai celebrar o início do seu mercado de Natal de 5 a 7 de Dezembro com vários eventos, mas o mercado irá continuar também nos dias seguintes até ao Natal. Onde? Suffolk. Distância de Londres? 1:20h até a estação mais próxima em Sudbury e daí apanhar autocarro ou taxi.

 

Castle Comb O quê? Mercado de Natal nesta aldeia que já foi nomeada como uma das mais bonitas de Inglaterra. Onde? Whiltshire. Distância de Londres? 1:20h até a estação mais próxima em Chippenham e daí apanhar táxi.

 

Lymington O quê? Evento para o acender das luzes de Natal que também conta com mercado e animação. Esta vila é tipicamente Georgiana e baseada à beira-mar. Onde? Hampshire. Distância de Londres? 1:48h

 

Lincoln O quê? Lincoln já é uma cidade, mas se procuram um sítio com um grande mercado, esta cidade-catedral conta com 250 stands e vários eventos durante o fim-de-semana de 4 a 7 de Dezembro. Onde? Lincolnshire. Distância de Londres? 2:18h.

 

Se souberem de outras localidades bonitas com bons mercados ou festividades de Natal por favor indiquem nos comentários.

publicado por Tuga em Londres às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 9 de Novembro de 2014
Queremos e precisamos de uma ponte-jardim?

Nesta próxima terça-feira dia 11 de Novembro, o concelho de Lambeth vai-se reunir para decidir relativamente à construção da nova ponte sobre o Tamisa, uma ponte pedestre com um grande jardim que irá ligar Temple à Southbank. 

ponte-jardim.jpg

O projecto de £150Milhões foi desenhado por Thomas Heatherwick, que também desenhou planos para os Jogos Olímpicos de Londres e conta com 370m de comprimento, 8 caminhos diferentes por onde as pessoas poderão passar e 5 jardins diferentes com uma grande variedade de plantas Britânicas e do norte da Europa. Para além do jardim, a ponte também irá contar com uma zona comercial.

 

Este 'jardim flutuante' tem como objectivo adicionar à riqueza e variedade de horticultura que já existe na cidade de Londres através dos seus muitos parques. Irá estar aberto ao público todos os dias das 6h às 24h, contará com passagem gratuita e já está estimado que cerca de 7milhões de pessoas irão passar pela nova ponte cada ano. 

 

A situação é que nem todos estão contentes com a contrução da planeada ponte-jardim. Mais de 650 pessoas já assinaram uma petição contra a construção da nova ponte que dizem que vai afectar negativamente a actual flora da zona da Southbank, que a sua construção irá afectar a vista da Southbank sobre St. Paul's Catedral e a northbank, e que os 7 milhões de visitantes anuais incluíndo a predição do aumento de turistas na zona vai transformar a Southbank numa zona desagradável com excesso de pessoas.  

 

A sua construção é bastante controversa, e a decisão final será só tomada na próxima terça-feira mas, com o apoio do Presidente da Câmara de Londres e com a recente oferta da Citi Bank em financiar £3milhões da construção da ponte, parece que uma decisão positiva para a sua construção seja mais provável. 

publicado por Tuga em Londres às 22:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 1 de Novembro de 2014
O que fazer em Londres em Novembro 2014

Ahh Novembro,.. o mês do início do frio em que dá vontade de ficar aconchegados em casa ou a experienciar uns eventos por Londres que envolvam aquecimento central. Ou isto seria a norma em todos os outros anos, mas não parece aplicar-se este Novembro dado que estão 18ºC em Londres! Ah, pois é! Se não fossem as folhas no chão mais parecia que estavamos a entrar no verão do que no inverno. Mas como assim está a acontecer este ano, então toca a sair de casa porque nada melhor que aproveitar Londres ao ar-livre, principalmente num mês em que temos muitos fogos de artifício com que nos entreter. Podem até experimentar passar uma noite ao relento. Vejam em baixo esta e mais outras sugestões para este mês:

 

Mexico's Day of the Dead Festival O que é? Celebração do Dia dos Mortos Mexicano com uma exibição de artistas Mexicanos, workshops para crianças e outros eventos. Quando? 1 de Novembro. Quanto? Gratuito Onde? Bargehouse, Oxo Coin Street Estação? Southwark.

 

Pista de gelo de Canary Wharf O que é? Para quem gosta de patinagem no gelo, a partir de hoje já pode ir patinar na pista de gelo de Canary Wharf, com muitas outras espalhadas pela cidade também a abrirem nos próximos dias. Quando? 1 de Novembro a 28 de Fevereiro. Quanto? £14.50 com descontos para crianças e famílias. Onde? Canada Square. Estação? Canary Wharf

 

Fogos de artifício da Bonfire Night O que é? A Bonfire Night celebra-se na noite de 5 de Novembro, mas desde 1 de Novembro até cerca de 9 de Novembro ainda se vão ouvir muitos fogos de artifício um pouco por toda a cidade. A TimeOut criou uma boa listagem dos fogos por isso vejam no link já que estão divididos pelos fogos localizados a norte, sul, este ou oeste de Londres. Quando? De 1 a 9 de Novembro. Quanto? Alguns gratuitos outros pagos. Ver no link.

 

Dormir uma noite ao relento O que é? O Sleepout é um evento organizado pelo Centrepoint, que aloja e treina jovens sem-abrigo em ofícios, com o objectivo de angariar fundos para esta caridade. O objectivo é juntar 2,000 pessoas que vão dormir ao relento na noite de 6 de Novembro de forma a angariar fundos. Qualquer pessoa pode registrar-se para participar e ajudar a angariar fundos. Apesar dos voluntários irem dormir a noite ao relento, a noite vai ser iniciada com música, comédia e comida. Quando? 6 de Novembro Quanto? A ideia para participação é ajudarem a angariar fundos para a caridade. Onde? Truman Brewery, Brick Lane. Estação? Liverpool Street. 

 

Indie Lisboa Film Sessions O que é? Sessões de visualização de filme independente Português organizado pelo grupo Portuguese Conspiracy. O evento conta também com comida e vinho Português. Filmes vão contar com "Alentejo, Alentejo" de Sérgio Trefaut, "Torres e Cometas" de Gonçalo Tocha, "Terra", de Pedro Lino, e "Varadouro" de Paulo Abreu e João da Ponte. Quando? 7 e 8 de Novembro. Quanto? £9 por cada dia ou £15 pelos dois dias. Onde? The Pill Box em bethnal Green. Estação? Bethnal Green.

 

Lord Mayor's Show O que é? Todos os anos em celebração do novo Lord Mayor de London, decorre uma parada a partir de Mansion House que passeia por vários locais da City voltando novamente a Mansion House. A parada decorre das 11h às 14:45h as celebrações do dia terminam com fogos de artifício no Tamisa às 17:15h. Quando? 8 de Novembro. Quanto? Gratuito Onde? A zona entre Westminster Bridge e London Bridge a norte e sul do rio consegue ver os fogos. Tentem lá estar pelas 16:30h porque a zona fica muito cheia rapidamente. Estação? Se quizerem ver os fogos a norte do rio (do lado onde foi a parada) saiam em Embankment ou Temple. Se preferirem ver a Sul do rio, saiam em Waterloo ou Southwark.

 

World Press Photo of the Year O que é? Exibição da melhor fotografia jornalistica do ano que conta com 143 fotos premiadas. Quando? De 7 a 26 de Novembro. Quanto? Gratuito. Onde? Southbank Centre.

 

Southbank Winter Festival O que é? O habitual mercado de Natal vai ter início este mês e como nos outros anos vão lá poder encontrar o tradicional mercado Alemão, assim como eventos de artistas, música e muitos comes e bebes. Quando? 5 de Novembro a 11 de Janeiro. Quanto? Gratuito. Onde? Na zona em frente ao Southbank Centre. Estação? Waterloo 

 

Blood Swept Lands and Seas of Red  O que é? Instalação na Torre de Londres em memória do centenário do início da 1ª Guerra Mundial, que conta com toda a zona em torno da Torre decorada com papoilas que são a flor representativa dos combatentes que morreram nas Grandes Guerras. Quando? Exibição a decorrer de momento que termina a 11 de Novembro. Quanto? Gratuito. Onde? Torre de Londres. Estação? Tower Hill.

 

 

tags:
publicado por Tuga em Londres às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 28 de Outubro de 2014
Festas de Halloween em Londres

O Halloween está novamente a chegar aí, e com ele, vêm muitas festas e eventos. Este ano calha a uma sexta-feira, por isso esperem ver muitas bruxas, fantasmas, zombies e afins pelas ruas nessa noite e na noite de sábado. Se ainda não decidiram como celebrar, aqui ficam algumas ideias:

 

Haunted House Party no Bethnal Green Working Mens Club: As festas neste local são sempre muito boas. Todos se vestem a rigor, não dúvido que os organizadores se vão aprimar nas decorações e concerteza que vai ser uma festa divertida. Bilhetes: Disponíveis na porta a £12 antes das 22h e £15 depois disso. Data: Sexta, 31 Outubro

 

Vaults Raveyard: Por baixo das arcadas da estação de London Bridge, vão encontrar o cenário perfeito para uma festa de Halloween com paredes de tijolo que mais parecem as catacumbas de um castelo. As festas de sexta e de sábado já estão esgotadas mas ainda há bilhetes disponíveis para quinta-feira a £10 em avanço ou £15 para os outros. Data: Sexta, 31 Outubro

 

Spoony's House Masquerade Ball no Jazz Cafe, vai contar com um baile de máscaras ao som do ex-DJ da BBC Radio 1 DJ Spoony-Kicks onde podem contar com UK-Garage, House e Soul. Bilhetes: £11.50. Data: Sexta, 31 Outubro

 

Wuthering Frights a decorrer no Three Compasses em Dalston é uma festa cujo tema da noite é vir vestido à Kate Bush, em referência ao seu famoso single - Wuthering Heights. A melhor máscara recebe um prémio. Entrada é gratuita. Data: Sexta, 31 Outubro

 

Halloween Party on a Boat: Celebram a noite de Halloween como piratas no Tamisa, numa destas populares festas de Halloween num barco. Bilhetes: £30 Data: Sexta, 31 Outubro e Sábado 1 de Novembro

 

A Grimm Halloween Party organizada pelos experts em mixologia Bourne & Hollingsworth vai decorrer no The Grand Hall em Kings Cross. Conta com várias zonas temáticas incluíndo uma casa feita com pão de gengibre, um salão de baile encantado, um caixão em virdo e muito mais. Considerando os organizadores, podem contar com muitos, bons e variados cocktails. Bilhetes: £25 Data: Sábado 1 de Novembro

 

halloween-london.jpg

 

publicado por Tuga em Londres às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014
Word on the Street

Uma das secções da revista TimeOut que eu nāo gosto de perder é o "Word on the Street". Aí é apresentada uma selecçāo dos comentários mais divertidos que os seguidores da TimeOut partilharam no Twitter com a #wordonthestreet relativos a comentários engraçados/ridículos que ouviram alguém dizer. 

Dou por mim muitas vezes a rir-me em sítios públicos quando estou a ler esta secção da TimeOut por isso não queria perder o lançamento do novo livro lançado pela TimeOut com o mesmo nome que vai contar com uma apresentação de stand up comedy relativa aos comentários apresentados no livro. Infelizmente não vou poder ir porque calhar exactamente numa noite em que tenho um evento de trabalho, mas aproveito para partilhar com aqueles de voçês que, tal como eu, também se divirtam com o "Word on the Street". 

O lançamento do livro vai decorrer já na próxima terça-feira dia 28 de Outubro na livraria Foyles em Charing Cross. Os bilhetes custam £12 mas no preço, para além de estarem a pagar pelo comediante, está também incluída uma cópia do livro. Já só há bilhetes disponíveis para as 18h, por isso sejam rápidos já que dúvido que durem muito mais tempo. Podem comprá-los no site da TimeOut

E para quem ainda não conhece o "Word on the Street", ficam aqui alguns comentários:

 

 

Screen Shot 2014-10-24 at 8.42.39 AM.png

 

Screen Shot 2014-10-24 at 8.43.25 AM.png

 

Screen Shot 2014-10-24 at 8.44.00 AM.png

 

Screen Shot 2014-10-24 at 8.44.27 AM.png

 

Screen Shot 2014-10-24 at 8.45.20 AM.png

 

Têm algum comentário favorito?

 

publicado por Tuga em Londres às 08:24
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014
A nossa opinião conta para o futuro de Hackney

Descobri hoje que o Hackney Council está a fazer um inquérito aos residentes e trabalhadores do Bourough de Hackney para obter a sua opinião relativamente ao futuro da área em termos de transportes. De forma geral os seus objectivos são de transformar a zona para ser mais apelativa e segura para ciclistas e peões, para que o nível de tráfego privado seja reduzido, aumentando a qualidade da oferta de transportes públicos e a qualidade do ar que respiramos. 

 

O questionário está aberto ao público até esta próxima sexta-feira dia 25, portanto para os leitores que forem residentes ou trabalharem em Hackney, respondem ao questionário se querem contribuir com a vossa opinião para o futuro da vossa área local. O questionário está disponível aqui e o plano está sintetizado neste Executive Summary.

 

Talvez um dia Hackney e Londres de forma em geral venha a ter mais ruas como estas:

 

amsterdanize.jpg

Foto da autoria do Amsterdamize

 

 

publicado por Tuga em Londres às 08:59
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 17 de Outubro de 2014
Somos responsáveis pela imagem do nosso país

No outro dia fui a uma conferência de marketing e, quando chegou à altura do público colocar questões, um homem que tinha feito uma pergunta, interrompeu a resposta do apresentador a meio, para fazer um novo comentário e terminou a dizer: "desculpe tê-lo interrompido. Eu sei que não é muito Britânico, mas é porque eu sou Português". O público riu-se, claro está. Eu é que não achei piada nenhuma ao comentário. E isto porquê? Porque ao dizer isso, ele está a indicar que o povo Português não é respeitador; que não tem o sentido de organização e de simples boa educação que o povo Britânico tem, como o básico de deixar a outra pessoa terminar de falar primeiro. 

 

Talvez até no contexto tenha tido lógica ele ter interrompido o apresentador, talvez para clarificar a sua pergunta por exemplo. Já não me lembro qual era a razão, mas independentemente da interrupção ter tido lógica ou não, foi totalmente desnecessário ele ter feito aquele comentário no final, porque é por essas e por outras que os estereótipos de um país são criados pelos estrangeiros. 

 

Nunca mais me esqueci de que uma vez o meu professor de marketing, Pedro Dionísio, nos disse numa das nossas aulas para sermos sempre profissionais nas decisões que tomamos no mundo de trabalho visto que cada um de nós iria estar a representar o ISCTE. Inevitavelmente, se algumas empresas tivessem más experiências ao contratar uma ou duas pessoas do ISCTE, muito provavelmente não iriam querer contratar outros alunos dessa universidade visto que, na sua mente, ficaria implícito que os alunos do ISCTE não tinham sido bem ensinados a actuar num ambiente de trabalho. Claro que, num país estrangeiro, e anos após ter terminado a licenciatura já não é a universidade que estou a representar, mas a lógica do que ele disse mantém-se verídica em representação do meu país. Afinal, são os comentários negativos que fazemos a Portugal ou relativamente à nossa cultura que definem a imagem que os estrangeiros têm de nós. 

 

É da responsabilidade de cada um de nós de representar o nosso país da forma como queremos que os outros nos vejam. Claro que isso está relacionado com as atitudes que tomamos no dia-a-dia, mas mais evidente será ainda se fazemos comentários que indicam que - ah, e tal, eu sei que estou a fazer algo que não é correcto, mas é porque sou Português. Com este tipo de comentários não estão a fazer favor nenhum à imagem que outros têm vossa e das pessoas que vêm do nosso país, o que obviamente não irá contribuir positivamente para a vontade que estas pessoas tenham de nos contratar ou estabelecer relações connosco de forma geral. Assim sendo, por favor pensem duas vezes antes de justificarem alguma atitude incorrecta que façam com o facto de serem Portugueses. Se fazem algo incorrecto, é por vossa culpa, não é culpa do país onde nasceram. 

 

publicado por Tuga em Londres às 08:59
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 12 de Outubro de 2014
Noite de show

Pelo quarto ano consecutivo que participo no 'Performance Ball' de que falei em 2011, 2012 e 2013. Fiquei triste quando soube que o meu grupo habitual decidiu não participar, mas como adorei a experiência das outras vezes, não queria deixar de fazê-lo. Perguntei a um amigo se queria ser meu parceiro de dança num outro grupo e lá fomos (não queria juntar-me a outro grupo sem parceiro visto que geralmente há sempre mais mulheres que homens nas aulas, e não queria ir tirar o parceiro a alguém que seja regular às aulas). A experiência voltou a ser muito boa, principalmente porque acabei por conhecer uma grande quantidade de novas pessoas. Practicar este tipo de coreografias demora bastante tempo, inclusivé fora das aulas normais, daí ser também muito social. Decorreu ontem à noite. Toda aquela preparação e tudo se passou tão rápido. Mais para o ano,...

Este ano a nossa performance foi assim (demora um bocadinho a começar):

 

tags:
publicado por Tuga em Londres às 23:18
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
.Procura de emprego no Reino Unido
.Tuga Londrina
A vida de uma Lisboeta recentemente Londrina.
.pesquisar
 
.Pesquisa Google
Google
.Links Patrocinados



.Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
26
27
28
29
30
.posts recentes

. Fazer novos amigos por Lo...

. Chapéu ao ar

. Cidades e aldeias de Ingl...

. Queremos e precisamos de ...

. O que fazer em Londres em...

. Festas de Halloween em Lo...

. Word on the Street

. A nossa opinião conta par...

. Somos responsáveis pela i...

. Noite de show

.o passado da Tuga
.tags

. todas as tags

.links
.Contador de Visitas
.Google Analytics
.subscrever feeds